terça-feira, 5 de dezembro de 2017

A lenda viva de Papai Noel

Almir Papalardo



Dizem que PAPAI NOEL não é uma simples lenda e sim um mito real do Natal.
É um velhinho de barbas brancas que às crianças de todo o mundo presenteia.
Com seu trenó roda a Terra, deixando em cada sapatinho um presente pessoal.
A petizada sonhadora deixa transparecer na face uma alegria que se incendeia.

Contam os Escritos que Papai Noel na verdade existiu e durante todo o correr do ano,
Construía brinquedos para no Natal, numa só noite, distribuí-los entre as crianças.
O adorado velhinho presenteador não deixa nenhum infante perder as esperanças.
Acordam, depois de dormir toda noite, correm para ver o que ganhou após o sono.

Sendo verdade ou não a existência de Papai Noel, o fato já virou uma tradição chique.
Impossível existir Natal sem o Papai Noel, nem pode existir Papai Noel sem o Natal.
E assim, passarão séculos e mais séculos, sem que este protocolo se modifique.

Pedindo benção e graças ao nosso bom, simpático, amado e eterno velhinho,
Em devaneio, viraremos de novo crianças na esperança de ganhar presentes e tal...
Seguindo o mesmo ritual, na janela, deixaremos também o nosso sapatinho!


Queridos Amigos:
Dizem os filósofos da vida que os adultos quando se tornam velhos voltam a ser crianças! Como estou na outra ponta da "Linha da Vida", quero me transportar através da "Ilha da Fantasia" ou dos "Sonhos", voltando a ser uma inocente e pura criança!

Quero receber também de Papai Noel um presente neste Natal, que velozmente se aproxima!

Aproveitando o ensejo, antecipo um "Feliz Natal" para todos e um menos carregado de maldades "Ano Novo"... 
Título e Texto: Almir Papalardo, 5-12-2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-