sábado, 30 de dezembro de 2017

Aposentados, como atrair bons fluidos para 2018

Almir Papalardo

Amigos aposentados que há vinte e um anos servem de cobaia para os governos centrais, compenetramo-nos. O momento é oportuno. Tudo indica que teremos obrigatoriamente uma Reforma da Previdência precisando da proteção divina! Limpemos então nossas mentes desse rancor que em nada nos ajuda, ao contrário, só emperra cada vez mais a nossa tão sonhada “Carta de Alforria". Esqueçamos a raiva que nutrimos contra os governos tucanos, petistas, peemedebistas e outros mais, literalmente contrários aos sagrados direitos previdenciários dos velhos e indefesos aposentados da iniciativa privada (RGPS).

Daqui a poucas horas, o ano de 2017 estará se despedindo, dando passagem para o Ano Novo de 2018. E é justamente nesse momento da virada, no tradicional e mágico “Réveillon”, que milhões de brasileiros unidos, esperançosos, contritos, vestindo indumentária branca propícia para atrair bons fluídos e sorte pessoal, fazendo toda a espécie de simpatia para conquistar graças e milagres, fazem orações fervorosas por um novo ano melhor, pedindo que Papai do Céu seja mais receptivo no atendimento as nossas súplicas.

Somos mais de nove milhões de aposentados impiedosamente perseguidos e massacrados. Unamo-nos com fé, solicitando que pelo menos um dos nossos três projetos que jazem nos fundos das gavetas da Câmara dos Deputados, seja finalmente discutido e votado. Ou, quem sabe, na última hora inseridos nessa Reforma da Previdência tão propalada! Serão milhões de almas ao mesmo tempo fazendo o mesmo pedido e acima de tudo justo e procedente, assim, teremos chances de sermos ouvidos, até porque nossos corações estarão livres de sentimentos negativos e raivosos, o que agrada a Deus. O aposentado precisa urgentemente da aprovação de um projeto favorável, antes que seja de vez pregado na cruz da maldade e insensatez!!

Que os líderes partidários do governo e seus apoiadores regressem em fevereiro mais sensíveis do recesso parlamentar, liberando os projetos do senador Paim, fazendo justiça à nossa débil categoria de brasileiros que está há muito tempo tendo os seus direitos negados e obstruídos. Que o Congresso Nacional cumpra agora em 2018 a sua obrigação legislativa, reconhecendo que os aposentados têm o direito também a uma digna cidadania. É o prêmio final pela conclusão da sua missão no mercado de trabalho, o que não pode e nem é justo, ser desconsiderado. Portanto, uma Previdência Social mais equilibrada, mais funcional, mais humana e principalmente mais amiga de aposentados e pensionistas.

“Onde estiverem reunidas pessoas em torno do meu nome, ali estarei entre elas”-, prometeu-nos Jesus. Oremos, pois, todos com humildade e fé, e ao mesmo tempo, com o coração livre de rancores, porque somente com a ajuda dos céus poderemos nos livrar dessa maldição jogada contra os aposentados da iniciativa privada, que ainda recebem aposentadorias acima do irrisório salário mínimo, o mixuruco piso pago pela Previdência! Vamos fazer parte do rebanho das doces ovelhas que reconhecem Jesus Cristo como o seu único Pastor...

Um FELIZ ANO NOVO para todos os brasileiros com desejos para que todos consigam realizar a maioria dos seus sonhos. Que 2018 seja também o ano em que os aposentados consigam a sua almejada recuperação de direitos, abusivamente surrupiados e que os parlamentares responsáveis por tamanha maldade e ingratidão, tenham a mente mais iluminada para restaurarem a necessária isonomia (percentual único para correção de todas as aposentadorias) que deveria existir entre todos os previdenciários do INSS... 

Boas Entradas para todos imbuídos nas festas radiosas da transição do Ano Velho com o Ano Novo.
Título e Texto: Almir Papalardo, 30-12-2017

Relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-