quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Macri dá nova lição ao Brasil ao propor revisão de lei para proteger policiais em combate


Roger Roberto

Primeiramente, vamos ao que foi noticiado pela Folha:

AS IMAGENS DO QUE FICOU CONHECIDO COMO “CASO CHOCOBAR” (NOME DO POLICIAL), CAPTADAS POR CÂMERAS DE SEGURANÇA, VÊM SENDO REPETIDAS CONSTANTEMENTE NOS NOTICIÁRIOS ARGENTINOS. O LADRÃO, PABLO KUKOC, 18, FERIU GRAVEMENTE O TURISTA NO BAIRRO DA BOCA, BUENOS AIRES, E SAIU CORRENDO. ALERTADO POR TESTEMUNHAS DA TENTATIVA DE ROUBO, LUIS CHOCOBAR, O POLICIAL, VIU KUKOC CORRER E DISPAROU. DOIS TIROS O ACERTARAM PELAS COSTAS E O MATARAM. O JUIZ RESPONSÁVEL PELO CASO CONSIDEROU QUE O POLICIAL ABUSOU DE SUA AUTORIDADE E QUE A ALEGAÇÃO DE LEGÍTIMA DEFESA NÃO SE APLICAVA, POIS O LADRÃO SAÍRA CORRENDO. DETERMINOU QUE CHOCOBAR FOSSE JULGADO POR ASSASSINATO E, ENQUANTO O PROCESSO TRAMITA, AFASTADO DA POLÍCIA.

A imprensa e parte do poder público, em sua maioria ocupado por militantes esquerdistas, querem colocar o policial contra a parede. Macri, no entanto, não cedeu a esta pressão. Além de ter recebido o policial na Casa Rosada, sede do governo argentino, ele também ofereceu pagar as custas do processo e agora pretende mudar a legislação para proteger agentes de segurança em exercício.

A Ministra de Segurança, Patrícia Bullrich, disse o seguinte:

“É PRECISO PRESUMIR SEMPRE QUE ELE É INOCENTE. É PRECISO ADOTAR UMA NOVA DOUTRINA, SENÃO O SINAL QUE ESTAREMOS DANDO PARA OS OFICIAIS É QUE, AO VER UM CRIME, OLHEM PARA OUTRO LADO E NÃO FAÇAM NADA, PARA NÃO SEREM DEPOIS RESPONSABILIZADOS. E SE FIZERMOS ISSO, QUEM CUIDARÁ DA POPULAÇÃO?”, AFIRMA.

Ela está certa, e essa atuação do governo argentino bem que poderia ser uma lição para o Brasil.
Título, Imagem e Texto: Roger Roberto, Ceticismo Político, 12-2-2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-