sexta-feira, 25 de setembro de 2020

[Aparecido rasga o verbo] Como buracos na parede

Aparecido Raimundo de Souza 

CONVERSA ENTRE DOIS HOMENS de profissões distintas. O primeiro é um taxista. O segundo, professor de medicina veterinária, com a diferença que não exerce mais a profissão,  é aposentado. E, como tal, todo começo de mês se desloca com o mesmo táxi de um ponto perto de sua residência até o banco para receber seu pagamento. O profissional do volante o transporta há mais de três anos, o que gerou uma amizade entre ambos. Entretanto, nunca trocaram nomes, endereços ou telefones. Apenas um bate papo informal que dura entre a ida e a volta, coisa de uma hora e meia, às vezes um pouco mais, outras, menos, dependendo do trânsito. Neste início de mês, o taxista, assim que o professor se acomodou no banco de trás, entabulou conversa: 

TAXISTA:
— Meu amigo, posso lhe fazer uma pergunta um tanto indiscreta? Não é de hoje, tenho vontade chegar para o senhor e questionar, mas na hora agá, me bate uma vergonha danada e a gente acaba falando de tudo e eu não entro na questão que, no fundo, me intriga... 

PROFESSOR DE MEDICINA VETERINÁRIA: 
— Qual o quê! Fique à vontade. Embora não saiba seu nome, e nunca passamos do bom dia, seguido de um papo sobre coisas triviais, tipo futebol, mulheres, situação do país, em quem votaremos ou deixaremos de votar, culminando no tradicional ‘quanto lhe devo’, eu o considero da família. Afinal, embarco em seu táxi, acredito que há mais de três anos, quase beirando quatro, visto que todo começo de mês uso seus serviços para me dirigir ao banco receber meu pagamento. Fique a vontade. Não vou me ofender, de forma alguma. 

TAXISTA: 
— Agradeço duplamente ao amigo. Primeiro por me dar a preferência no meu taxi durante todos esses anos e, segundo, por me deixar matar, finalmente, uma curiosidade que me acompanha desde a primeira vez que me solicitou lá no ponto. O senhor foi professor de medicina veterinária por mais de quarenta anos —, me disse outro dia, um vizinho seu —, ou seja, o senhor além de ensinar e capacitar novos médicos para esta área, cuidava de animais doentes e abandonados. Mas não é isto o que me incomoda. O que me tira o sono é o seguinte: o senhor tem um carro, não é mesmo? Já o vi várias vezes no posto lá perto da avenida onde o senhor mora e onde, aliás, eu e meus colegas da praça abastecemos. 

PROFESSOR DE MEDICINA VETERINÁRIA: 
— Sim, é verdade. Tenho um Aircross da Citroën. Quero dizer, tenho ‘mais ou menos...’. 



TAXISTA: 
— ‘Mais ou menos...?’ — Como assim? — O senhor tem ou não? 

PROFESSOR DE MEDICINA VETERINÁRIA: 
— Deixa tentar explicar. Na minha casa, somos eu, a minha mulher, oito filhos, quatro noras, dois genros e cinco netos. 

TAXISTA: 
— Que isso! Família grande e de peso. Mais de vinte cabeças! 

PROFESSOR DE MEDICINA VETERINÁRIA: 
— Para ser exato, vinte e uma. Por isto possuir uma mansão monstruosa que o senhor mesmo sabe onde fica. 

TAXISTA: 
— Tudo bem. E onde entra esta história de ter um carro na modalidade ‘mais ou menos?’. 

PROFESSOR DE MEDICINA VETERINÁRIA: 
— Seguinte: o carro é da minha mulher, quando ela vai ao supermercado fazer às compras do mês. 

TAXISTA: 
— Ummmmmm!... 

PROFESSOR DE MEDICINA VETERINÁRIA: 
— É do meu filho Paulo e da esposa Flavia, quando eles vão à academia. Do Luiz, quando precisa levar a esposa Beth ao dentista. É do Juarez e da Bárbara, quando saem com os amigos para farrear. Do Adalberto, que é oficial de justiça junto com a minha nora Catarina, que pegam emprestado para cumprirem seus mandados. Da Lídia, mais meu genro Eustáquio que precisam correr constantemente para o hospital... 

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

[Viagens & Destinos] Caminhos da História - Aljubarrota - A Batalha e o Mosteiro II


Anteriores:
"O Mosteiro de Santa Maria da Vitória é um dos mais significativos monumentos do nosso país"
Mosteiro de Santa Maria da Vitória
Mosteiro da Batalha
Batalha e Alcobaça
Rio de Janeiro: duas cidades
Caminhos da História - 24 de agosto de 1820: o nascer de Portugal Contemporâneo
Caminhos da História – Sinédrio (Porto)
Arcos de Valdevez – onde Portugal se fez
Porto, junho de 2020
Cabeças de São João

Van + Ian + Noel + Nick

Telmo Azevedo Fernandes

Van Morrison, Nick Cave, Noel Gallagher e Ian Brown são referidos na minha participação de hoje no programa “Ao Final do Dia”.

Falo sobre como a paranoia sanitária em torno da covid19 fere a liberdade de expressão, anima novos censores, recria delitos de opinião, motiva sociopatas, instala consensos totalitários e alimenta um mundo distópico. 

O vídeo completo aqui:

Título, Texto e Vídeo: Telmo Azevedo Fernandes, Blasfémias, 23-9-2020

Não deu! Vasco empata com o Botafogo e é eliminado da Copa do Brasil

Empate por 0x0 na noite desta quarta (23) não foi suficiente para levar o Vasco da Gama às oitavas de final da Copa do Brasil 

Raphael Fernandes 

O Vasco da Gama está eliminado da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (23), o Cruzmaltino empatou em 0x0 com o Botafogo, em São Januário, e deu adeus à competição. No jogo de ida, realizado no última quinta (17), no Estádio Nilton Santos, o Alvinegro venceu por 1×0, o que o credenciou a jogar pelo empate na partida de volta. 

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama

E não tem como deixar de bater na tecla que já vem sendo falada aqui no Vasco Notícias em outras análises: mais uma vez, o Gigante da Colina não teve boa atuação. No primeiro tempo, talvez tentando garantir o 0x0 momentâneo para partir pro tudo ou nada na segunda etapa, atuação bastante pragmática, sem brilho. 

Com Martín Benítez muito apagado em comparação a outros jogos, além de um Ribamar improvisado e perdido na ponta-direita, o Vasco só assustou Gatito Fernández aos 37 minutos, com chute de Andrey de longa distância que iria para fora, mas o goleiro botafoguense preferiu espalmar para escanteio. É isso mesmo: uma chance (que nem foi lá tão clara assim) em 45 minutos, para um time que precisava da vitória. 

No segundo tempo, com Marcos Júnior no lugar de Fellipe Bastos e Vinícius na vaga de Ribamar já na volta do intervalo, o Vasco apresentou uma leve melhora, com maior ímpeto ofensivo. E isso foi exemplificado em mais um chute de Andrey, logo aos 2 minutos, no qual Gatito defendeu em dois tempos, e em bonita finalização de Benítez, aos 10, que passou por cima da baliza do goleiro alvinegro.

Ministério Público denuncia Alexandre Frota por falsidade ideológica

Promotor afirma que deputado alterou de forma irregular os comandos de duas empresas 

Anderson Scardoelli 

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) [foto] está na mira do Ministério Público de São Paulo. Conforme divulgado nesta quarta-feira, 23, o órgão denunciou o parlamentar tucano por falsidade ideológica.

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

De acordo com a denúncia apresentada à Justiça pelo promotor Marcelo Mendroni, do Grupo Especial de Repressão a Delitos Econômicos (Gedec), Frota “inseriu ou fez inserir declaração falsa em documentos apresentados à Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp)”. Nesse sentido, o integrante do Ministério Público afirma que o hoje parlamentar tucano teve o “objetivo de prejudicar” a “verdade”. Por isso, a denúncia por falsidade ideológica.

Falsidade ideológica que, conforme garante promotor, ocorreu em duas empresas de Frota. Fato que, no entanto, mudou em julho de 2017 e março de 2018. Nas ocasiões, Frota colocou um de seus funcionários como dono das corporações. Mas Mendroni afirma que essa mudança foi apenas formal. Para ele, o denunciado seguiu como “proprietário de fato” da DP Publicidade Propaganda & Eventos e da F. R. Publicidade & Atividades Artísticas & de Espetáculos. 

Avaliação judicial

Caberá à Justiça analisar o caso. Se aceitar a denúncia apresentada pelo Ministério Público, o Poder Judiciário terá de acionar Alexandre Frota. O deputado federal do PSDB paulista responderá, assim, pelo crime que prevê prisão de um a cinco anos. Além disso, ele pagará multa em caso de condenação. 

Até o momento, Frota não se pronunciou a respeito da denúncia. 

Deputado pobre

Sócio proprietário até março de 2018 de ao menos uma empresa, Alexandre Frota se lançou candidato a deputado federal pelo PSL de São Paulo há dois anos. Na ocasião, ele não declarou nenhum bem à Justiça Eleitoral. Eleito, acabou expulso do partido, mas se abrigou no PSDB do governador João Doria.

Título e Texto: Anderson Scardoelli, revista Oeste, 23-9-2020, 23h07

Já já, vai aparecer dizendo que é perseguição política de… (adivinhou!)

Wilson Witzel: a síntese do político abandonado

Processo do ‘impeachment’ é caminho praticamente sem volta após decisão da Alerj 

Silvio Navarro 

Wilson Witzel (PSC), já quase ex-governador do Rio de Janeiro, é o símbolo de um político abandonado. Desconhecido pelo eleitorado fluminense até a campanha de 2018, elegeu-se nas costas da popularidade do presidente Jair Bolsonaro como um nome que salvaria o Estado de um pesadelo sem fim: seus antecessores, além de uma dúzia de políticos, acabaram encarcerados. Mas Witzel decidiu entrar em rota de colisão com o presidente, cuja popularidade cresceu durante a pandemia do coronavírus. 

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Foi na pandemia, aliás, que o governador foi acusado pelo Ministério Público de crime de responsabilidade por esquemas de desvios na área de saúde. Poucas ilicitudes são tão bem assimiladas pelos cidadãos que pagam altos impostos e sofrem com o desemprego como assaltar hospitais ou roubar merenda escolar, por exemplo. 

É fato que uma Casa Legislativa presidida por André Ceciliano (PT) não pode ser séria. Mas os 69 votos a 0 pela continuidade do processo de impeachment indicam um caminho praticamente irreversível. Afastado por 180 dias, Witzel tem como próximo passo enfrentar uma comissão mista, composta dos mesmos deputados que o encaminharam para fora do Palácio Guanabara e desembargadores do Tribunal de Justiça — serão dez votos decisivos. 

Isolado politicamente, restou a ele recorrer a um discurso até conhecido — um ex-presidente presidiário já usou esse artifício — ao se comparar a Tiradentes e Jesus. A mudança que o eleitor fluminense tanto esperava não veio. Aliás, por falar em traídos e traidores, é o eleitor do Estado quem deve sentir na pele o peso da injustiça cada vez que vai às urnas. 

Título e Texto: Silvio Navarro, revista Oeste, 23-9-2020, 22h13 

Relacionados:
Alerj aprova impeachment de Wilson Witzel por unanimidade
Votação do impeachment de Witzel tem início nesta quarta-feira
Comissão da Alerj vota a favor da continuidade do impeachment de Wilson Witzel

PF faz operação contra desvio de verbas do SUS no Rio

Suspeitos teriam desviado R$ 9 milhões do SUS

Vitor Abdala 

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (24) dois mandados de prisão temporária e sete mandados de busca e apreensão contra suspeitos de desviar R$ 9 milhões em recursos públicos do Sistema Único de Saúde (SUS) no Rio de Janeiro. 

De acordo com a PF, investigações iniciadas em junho deste ano encontraram indícios de fraudes na contratação de um laboratório no município de Magé, na região metropolitana do Rio. 

Ainda segundo a Polícia Federal, foram identificadas irregularidades no processo de contratação do laboratório, como o direcionamento da escolha de empresa específica, fraudes no processo de chamamento público e na execução do contrato. 

A investigação encontrou indícios da participação de pessoas ligadas à Secretaria Municipal de Saúde de Magé e de um vereador do município, que seria o proprietário do laboratório beneficiado no esquema. 

Título e Texto: Vitor Abdala; Edição: Kleber SampaioAgência Brasil, 24-9-2020, 7h25

Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena vai a R$ 50 milhões

Números sorteados no Concurso 2.302 foram 18, 22, 25, 27, 43, 44. 

Agência Brasil 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas nesta quarta-feira (23) à noite no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. Os números sorteados no Concurso 2.302 foram 18, 22, 25, 27, 43, 44.

A quina teve 126 acertadores e cada um vai receber o prêmio de R$ 27.380,62. Os 6.684 ganhadores da quadra terão o prêmio individual de R$ 737,35. A estimativa de prêmio do próximo concurso, no sábado (26), é de R$ 50 milhões.  

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50. A probabilidade de ganhar o prêmio milionário, com a aposta simples, é de 1 em 50.063.860, de acordo com a Caixa. 

Título e Texto: Agência Brasil; Edição: Aline LealAgência Brasil, 23-9-2020, 21h37

Alerj aprova impeachment de Wilson Witzel por unanimidade

Governador é acusado de fraudes no sistema de saúde do Rio

Vladimir Platonow

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou de forma unânime, por 69 votos a favor e nenhum contra o relatório que pede o impeachment do governador afastado Wilson Witzel [foto]. A sessão, realizada nesta quarta-feira (23), reuniu 69 deputados, presencialmente ou de forma remota. Um deputado está afastado por problema de saúde. 

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O projeto precisava de um mínimo de 47 votos para ser aprovado. A resolução será publicada em Diário Oficial nesta quinta-feira (24) e o Tribunal de Justiça (TJ) será comunicado para dar início à formação do Tribunal Misto. O tribunal é formado por cinco deputados eleitos pela Alerj e cinco desembargadores eleitos por sorteio pelo TJ. A partir da formação do tribunal, o governador é afastado por até 180 dias enquanto os seus membros analisam a questão. 

Witzel, que desistiu de comparecer presencialmente à Alerj, falou por videoconferência ao final dos discursos de 28 deputados, todos com críticas a ele. O governador afastado falou por cerca de 60 minutos. Ele se defendeu, dizendo que foi um julgamento injusto: “Estou sendo linchado moral e politicamente, sem direito de defesa. A tirania escolhe suas vítimas. Felizmente a história mostra que mártires nunca morrem”. Citou o Sermão da Montanha, “bem-aventurados os que têm fome e sede de Justiça, porque eles serão fartos”. 

Witzel também falou sobre a democracia, criticando a forma como ele foi afastado pela Justiça: “Estamos matando a nossa democracia. O bem maior é o voto. O respeito e a força do voto estão sendo solapados. Eu fui afastado sem o direito de falar, sem inquérito prévio. Estou sendo afastado por 180 dias, em pleno exercício do mandato, outorgado pela população. Não pude exercer o meu amplo direito de defesa”. 

Witzel adotou um tom forte, por vezes com ataques ao Legislativo: “Eu jamais fui omisso em ouvir e procurar corrigir. Quantos deputados foram investigar as OSs [organizações sociais]? Se tinha pagamento irregular, os senhores e as senhoras também foram omissos. Muitos aqui jamais me procuraram. Só falam da tribuna, só reclamam, mas não trazem solução nenhuma. Só fazem projetos autorizativos, atos politiqueiros”. 

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Generoso leitor, você ainda acha que a Folha de S. Paulo é um jornal?!


Se solidarizar com esses FDP descrevendo-os como "Coletivo" é um chute no saco de qualquer pessoa normal!

A matéria original aqui.

Ensemble, défendons la liberté, lettre ouverte à nos concitoyens

Tribune collective
Liste des signataires disponible à la fin du texte
 

Cinq ans après le massacre de la rédaction de "Charlie Hebdo", alors que l'étau se resserre sur la liberté d'expression, "Marianne" s'associe à ce texte en forme d'appel solennel. 


Qu’est-ce qu’un droit dont on n’use pas pour ne pas risquer de choquer qui que ce soit ? Qu’est-ce qu’une liberté réduite par les injonctions à « respecter » chaque susceptibilité, celle des bigots, celle des dictateurs ou celle des justiciers de réseaux sociaux ? Cinq ans après le massacre de la rédaction de "Charlie Hebdo", l’étau se resserre sur cette liberté qui n’est pas seulement celle de la presse mais qui définit nos sociétés et fait de nous des citoyens. D’où ce texte, en forme d’appel solennel, auquel "Marianne" s’associe. Pour nos libertés. 

Il n’est jamais arrivé que des médias, qui défendent souvent des points de vue divergents et dont le manifeste n’est pas la forme usuelle d’expression, décident ensemble de s’adresser à leurs publics et à leurs concitoyens d’une manière aussi solennelle. 

Si nous le faisons, c’est parce qu’il nous a paru crucial de vous alerter au sujet d’une des valeurs les plus fondamentales de notre démocratie : votre liberté d’expression. 

Aujourd’hui, en 2020, certains d’entre vous sont menacés de mort sur les réseaux sociaux quand ils exposent des opinions singulières. Des médias sont ouvertement désignés comme cibles par des organisations terroristes internationales. Des États exercent des pressions sur des journalistes français « coupables » d’avoir publié des articles critiques.

 La violence des mots s’est peu à peu transformée en violence physique. 

Ces cinq dernières années, des femmes et des hommes de notre pays ont été assassinés par des fanatiques, en raison de leurs origines ou de leurs opinions. Des journalistes et des dessinateurs ont été exécutés pour qu’ils cessent à tout jamais d’écrire et de dessiner librement.

Pingos nos Is – Análise: Discurso de Bolsonaro na ONU

Título e Vídeo: Os Pingos nos Is, 23-9-2020

Relacionados: 

Japão fica perto de regulamentar remédio contra covid-19

Avigan, da Fujifilm Toyama Chemical, tem mesmo composto usado nos medicamentos já aprovados na Rússia e na Índia


Roberta Ramos 

O antiviral Avigan, objeto de estudo da Fujifilm Toyama Chemical, subsidiária da Fujifilm Holdings Corp, obteve bons resultados no tratamento de casos leves de coronavírus em testes da terceira fase no Japão. Isso significa que o medicamento além de seguro para uso em humanos, é eficaz. 

Com isso, o remédio deve obter em breve a regulamentação do governo japonês para ser vendido ao público. 

Durante as últimas testagens, em que metade dos 156 voluntários receberam o Avigan e a outra metade receberam um placebo (pílula sem efeito), os pacientes tratados com o medicamento melhoraram em 11,9 dias contra 14,7 do outro grupo. 

O Avigan foi produzido pela primeira vez no Japão para combater gripes, mas testes são realizados com ele contra a covid-19 desde o início da pandemia. A aprovação para uso geral ainda só não foi alcançada no país porque faltaram voluntários, isto é, doentes, para que o estudo pudesse ser concluído. 

A medicação tem o mesmo princípio ativo, o favipiravir, que remédios já regulamentados pelos governos da Rússia e da Índia. 

Título e Texto: Roberta Ramos, revista Oeste, 23-9-2020, 15h23 

Relacionados:
Vacina da Johnson & Johnson entra na fase final de testes, inclusive no Brasil
Engajamento contra pandemia depende de dados confiáveis, diz OCDE
Estudo da FGV aponta que pandemia provocou queda de renda de 20,1%
Bolsonaro anuncia adesão ao programa global de vacinas contra a covid-19
Brasil terá maior fábrica de vacinas da América Latina
Médica que acusou a China de criar a covid-19 reitera denúncia
Médico explica por que não faz sentido fechar escolas por causa da covid-19

Vacina da Johnson & Johnson entra na fase final de testes, inclusive no Brasil

Esta é a quarta vacina a obter autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária para a realização de testes no país 

Afonso Marangoni 

A Johnson & Johnson anunciou nesta quarta-feira, 23, que vai começar os testes de fase 3 da sua candidata a vacina para a covid-19, inclusive no Brasil. 

Esta etapa é a última para se descobrir a eficácia do imunizante e deverá incluir até 60 mil voluntários em 8 países e aceitará participantes acima dos 60 anos e com doenças preexistentes. A idade mínima para participar é de 18 anos. 

A companhia espera ter resultados dos testes já no começo de 2021 e, se forem positivos, conseguir autorização para distribuição das vacinas. 

Ao contrário de outras vacinas em desenvolvimento contra o novo coronavírus, esta terá apenas uma dose. Esta é a quarta vacina a obter autorização de testes no país. 

Em agosto, a Anvisa já havia autorizado os testes de fase 3 da vacina desenvolvida pela Janssen Pharmaceuticals, do grupo Johnson & Johnson. 

Título e Texto: Afonso Marangoni, revista Oeste, 23-9-2020, 13h12

Alexandre Garcia analisa fala de Bolsonaro na ONU

Título e Vídeo: CNN Brasil, 23-9-2020

Relacionado:
Íntegra do pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, 22 de setembro de 2020

Brasil tem superávit de US$ 3,7 bilhões puxado por comércio exterior

Diminuição de gastos dos brasileiros no exterior e de remessas de juros, lucros e dividendos também devem levar país a ter menor déficit nas contas externas em 13 anos

Foto: Gerd Altman/Pixabay

 Roberta Ramos

Em agosto, o superávit do Brasil — formado pela balança comercial (comércio entre o Brasil e outros países), pelos serviços (compra dos brasileiros lá fora) e pelas rendas (remessas de juros, lucros e dividendos do Brasil para o exterior) — ficou em R$ 3,7 bilhões. 

Foi o quinto mês seguido de resultados positivos para as contas externas brasileiras. Desta vez, elas foram puxadas pela balança comercial, que viu as importações diminuírem bastante por causa da pandemia e as exportações serem retomadas a partir de maio. 

Os gastos dos brasileiros no exterior, ou seja, a parte de serviços, também foi o menor em 16 anos, porque a maior parte das fronteiras estão fechadas devido à crise do coronavírus. Bem como o desaquecimento da economia mundial trouxe déficit em renda. 

Assim, no total do ano até agora, as contas externas brasileiras estão deficitárias em US$ 8,5 bilhões, 75% a menos do que no mesmo período do ano passado. 

O Banco Central (BC) espera que 2020 termine com um déficit de US$ 13,9 bilhões, o melhor resultado das contas externas em 13 anos. 

Mudanças na CNH seguem para sanção de Bolsonaro

Entre outros pontos, o projeto aumenta para até dez anos o prazo máximo de validade da Carteira Nacional de Habilitação 

Foto: Andre Borges/Agência Brasil
Wesley Oliveira 

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (22) parte das modificações feitas pelo Senado no projeto que altera trechos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Com isso, as novas regras vão à sanção do presidente Jair Bolsonaro. 

Uma das mudanças aumenta para até dez anos o prazo máximo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O texto foi enviado ao Congresso Nacional pelo governo Jair Bolsonaro, mas nem todos os pontos defendidos pelo presidente foram aprovados. 

Câmara já tinha aprovado a matéria no fim de junho, mas teve de analisá-la novamente já que o Senado fez alterações na proposta. 

Veja algumas das mudanças

·       aumento do número de pontos para suspensão, em razão de multas, da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);

·       obrigatoriedade do uso de cadeirinha para o transporte de crianças de até 10 anos que ainda não tenham atingido 1,45 metro;

·       regras para a circulação de motocicletas entre os veículos quando o trânsito estiver parado ou lento.

Entre outros pontos, a Câmara acatou a proposta dos senadores que prevê que em casos de lesão corporal e homicídio causados por motorista embriagado, mesmo que sem intenção, a pena de reclusão não pode ser substituída por outra mais branda, que restringe direitos. 

Atualmente, a legislação diz que a prisão pode ser substituída por penas restritivas de direitos se o crime for culposo (sem intenção). 

Título e Texto: Wesley Oliveira, revista Oeste, 22-9-2020, 17h32

Engajamento contra pandemia depende de dados confiáveis, diz OCDE

Menos de 20% dos brasileiros dizem confiar no sistema de saúde

Felipe Pontes

Foto: Marcello Casal JR/Agência Brasil

O nível de engajamento dos cidadãos em ações de combate à pandemia de covid-19 está diretamente relacionado ao nível de confiança que possuem nas informações prestadas pelo governo sobre a crise sanitária, afirmou hoje (23) Frédéric Boehm, analista de Integridade Pública da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Boehm abriu nesta quarta-feira um seminário voltado a agentes públicos brasileiros, promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU), sobre como aumentar a confiança nas instituições brasileiras. 

“Falando da crise que estamos vivendo, se os cidadãos desconfiam das informações prestadas sobre a covid-19, não estarão dispostos a fazer sua parte para conter a pandemia”, avaliou o analista. “Sabemos que a confiança é essencial para a vida social, para a política, e para as políticas públicas”, disse. 

A OCDE promove estudos sobre como melhorar o funcionamento do setor público. De acordo com dados mais recentes da entidade, referentes a levantamento de 2018, menos de 20% dos brasileiros dizem confiar no governo, menor índice da América Latina e segundo menor entre 41 países pesquisados, atrás apenas da Grécia. 

Chuva no Rio de Janeiro em um dia supera média do mês

Solo está encharcado em diversas encostas e cuidado deve ser mantido

Akemi Nitahara 

O acumulado de chuva na cidade do Rio de Janeiro, das 18h de segunda-feira (21) às 6h de hoje (23), chegou a 114,3 milímetros (mm), 57% a mais do que a média para todo o mês de setembro, que é de 72,5 mm. 

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

De acordo com o sistema Alerta Rio, os maiores índices pluviométricos foram registrados no Recreio dos Bandeirantes, na Grota Funda, na Avenida Brasil/Mendanha, na Barra/Barrinha e no Alto da Boa Vista. 

Segundo a prefeitura, a cidade recuou do Estágio de Atenção para o de Mobilização às 8h e as sirenes do sistema Alerta Rio, ligadas em 17 comunidades, foram desligadas. A prefeitura alerta, entretanto, que o solo ainda está encharcado em diversas encostas e os cuidados devem ser mantidos. 

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informa que não há previsão de chuva forte para hoje, mas a cidade ainda registra algumas ocorrências relacionadas ao temporal de ontem. 

Há alagamentos no Jardim Maravilha, em Campo Grande, na Estrada do Rio Morto, em Vargem Grande, e no Muzema, em Rio das Pedras; queda de árvore na Estrada da Pedra Bonita e deslizamento na Estrada da Gávea Pequena. 

Votação do impeachment de Witzel tem início nesta quarta-feira

Sessão terá início a partir das 15h na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) 

Altair Alves 

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vota na tarde desta quarta-feira (23/09) a resolução que autoriza ou não a abertura do processo de crime de responsabilidade contra o governador afastado Wilson Witzel [foto], suspeito de corrupção na área da Saúde. 

O andamento do processo depende de 47 votos para ser aprovado, ou seja, dois terços do total dos 70 deputados. 

Cada um dos 25 partidos terá uma hora para se manifestar, bem como a defesa do governador, em função do tempo, a votação pode se estender por mais de um dia. Witzel, inclusive é esperado na sessão para se defender pessoalmente. 

Caso essa etapa do impeachment seja aprovada pelo plenário da Alerj, o processo segue para um tribunal misto formado por cinco deputados e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ). 

O TJRJl tem até 120 dias para concluir se houve crime de responsabilidade, a partir da instalação.

Se o caso for aceito, Witzel seria afastado do cargo definidamente. Ele já não está exercendo suas funções como chefe de estado em caráter provisório por outra decisão, do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). 

O ministro diz que o Ministério Público Federal (MPF) descobriu uma “sofisticada organização criminosa, composta por pelo menos três grupos de poder, encabeçada pelo governador Wilson Witzel”. 

Veja como será a votação

INSS otimiza atendimento pelo telefone 135

Segurados terão reagendamento automático e serão avisados pelo órgão

O INSS informa que está em processo de contratação de mais uma central de atendimento para que seja otimizado o atendimento pelo telefone 135. Após a contratação, será aumentado em 30% a capacidade de atendimento através do canal. 

Além disso, informamos, devido ao excesso de demanda provocado pelos acontecimentos da última semana, que gerou busca imediata por agenda e informações, o INSS fará reagendamentos automáticos e avisará ao segurado através de ligações. O INSS ligará para todos os segurados que possuam o cadastro correto até sexta-feira, informando sobre o novo reagendamento. 

Fique atento: nessas ligações o INSS não solicita dados bancários ou de benefício. 

O segurado que não receber a ligação até a próxima sexta (25) é poque não tinha o cadastro com o telefone válido, sendo assim, esses devem remarcar o horário ligando para o 135 e, a partir da semana que vem, também disponível pelo Meu INSS. Dessa forma, só precisará entrar em contato pelo 135 se não puder comparecer na data e hora marcadas, para proceder com o reagendamento mais adequado. 

Por fim, informamos, o INSS acaba de contratar uma plataforma centralizada de comutação. Essa tecnologia, para as centrais que atendem o 135, otimizará o tempo de espera, transferindo automaticamente a ligação para a central que esteja menos sobrecarregada, fazendo com que o atendimento seja mais rápido e eficiente.

Título e Texto: INSS, 23-9-2020

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Barra da Tijuca, um dos bairros mais completos para se morar no Rio

A Barra, além de todo o charme residencial já conhecido, ganhou vida própria profissionalmente falando, com diversas opções comerciais

Raphael Fernandes

A Barra da Tijuca, situada na Zona Oeste do Rio de Janeiro, é, certamente, um dos bairros mais famosos e procurados para se morar na cidade. 

Além do ”carro-chefe” da região, isto é, toda a exuberante extensão da orla, com as respectivas praias, o bairro também dispõe de outras belezas naturais, como, por exemplo, o Parque Municipal de Marapendi – que vai até o Recreio dos Bandeirantes -, o Bosque da Barra e a bucólica Ilha da Gigóia, ideal para um dia ensolarado.

 Em relação ao cotidiano, a Barra da Tijuca tem atmosfera tanto residencial quanto empresarial. Isso porque, além dos inúmeros – e charmosos – condomínios para se morar, o bairro também tem vida própria profissionalmente falando, com diversas empresas sediadas por lá. Isso sem falar nos prédios/centros comerciais e nos diversos shoppings centers, como o BarraShopping, New York City Center, VillageMall e Via Parque, que dão opções variadas de compras e passeios à população local. 

E para o morador que, mesmo assim, precisa se deslocar a outros pontos da cidade, a Barra ganhou, de alguns anos para cá, uma importante alternativa em relação a evitar o transtorno dos engarrafamentos. No Terminal Alvorada, o BRT, com pista exclusiva para circulação – ou seja, sem trânsito –, leva as pessoas a outros bairros da própria Zona Oeste e também da Zona Norte. Já na região do Jardim Oceânico, o metrô, pertencente à Linha 4, permite chegar ao Centro do Rio, por exemplo, em cerca de 30 minutos.

Chuva castiga o Rio e causa transtornos para os cariocas nesta terça-feira

Diversas regiões da cidade registraram alagamentos e bolsões d'água; trânsito segue lento nas principais vias da capital fluminense 

Altair Alves 

A forte chuva e os ventos que atingem diversas regiões do Rio de Janeiro desde as primeiras horas desta terça-feira (22/9), provocando estragos e gerando transtornos para os cariocas, fizeram a cidade entrar em estágio de atenção. Em muitos bairros há registros de bolsões d’água nas pistas, como na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, e na Praça da Bandeira, na Zona Norte. Na Avenida Brasil, uma das mais importantes via expressas da cidade, os motoristas também enfrentam problemas com o acúmulo de água na via.

Foto: Ricardo Moraes/Reuters

De acordo com o Centro de Operações da prefeitura do Rio (COR), por conta do volume de água observado nas últimas 24h, sirenes na favela da Rocinha, na Zona Sul, foram acionadas para alertar os moradores do risco de deslizamentos. Segundo o sistema Alerta Rio, neste momento, o núcleo de chuva permanece estacionário no Maciço da Tijuca, mas começa a perder intensidade gradualmente. 

Ao longo desta terça-feira (22/9), ainda há previsão de chuva moderada a forte, com ventos que podem chegar a 60Km/h em pontos isolados. A Marinha informou que a ressaca no litoral do Rio vai permanecer, e as ondas podem chegar a três metros. Por isso, a recomendação é não entrar no mar. 

De acordo com o Centro de Operações, o estágio de atenção é o terceiro nível em uma escala de cinco e significa que uma ou mais ocorrências já impactam a cidade, afetando a rotina de parte da população. 

Recomendações

A prefeitura pede que a população evite o deslocamento entre a tarde de hoje e madrugada de amanhã, não vá pelas regiões mais atingidas pela chuva, evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos e não force a passagem de veículos em áreas aparentemente alagadas. 

Mais um crime hediondo descoberto pela Bela Megale, d’O Globo

Íntegra do pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, 22 de setembro de 2020

Balança comercial registra superávit de US$ 41 bilhões

Dados se referem à parcial do ano; evento ocorre quando as exportações superam as importações 

Foto: Divulgação/Agência Brasil
Cristyan Costa 

No acumulado deste ano, a balança comercial teve superávit de US$ 41,075 bilhões, conforme anunciou o Ministério da Economia, na segunda-feira 21. O resultado é 20,5% maior que o saldo de US$ 34,097 bilhões registrado no mesmo período do ano passado. 

O excedente comercial positivo de 2020 está relacionado à queda das importações, que recuaram mais que as vendas externas. No acumulado, as exportações somaram US$ 150,717 bilhões (houve recuo de 6,2%, se comparado com o mesmo período de 2019), segundo o governo Bolsonaro. 

Já as importações resultaram em US$ 109,642 bilhões na parcial deste ano, com recuo de 13,7% em relação ao mesmo período de 2019. 

Título e Texto: Cristyan Costa, revistaOeste, 22-9-2020, 6h40

Justiça manda Twitter apagar post de Bolsonaro

Presidente divulgou trecho de filme sobre o PT

Anderson Scardoelli 

O Twitter terá de apagar postagem feita pelo presidente Jair Bolsonaro em julho de 2019. Na ocasião, o mandatário do país divulgou vídeo em que o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência do primeiro mandato de Dilma Rousseff, Gilberto Carvalho, aparece lamentando o fato de o PT não ter enfrentado os “poderosos” da mídia no período em que esteve no poder. A decisão contra a rede social foi divulgada nesta segunda-feira, 21.

De acordo com a Justiça do Rio de Janeiro, Bolsonaro cometeu infração relacionada a direitos autorais. Isso porque o vídeo em questão é trecho de dois minutos de O Processo, filme dirigido por Maria Augusta Ramos e lançado em 2018. Conforme reclamação ao Poder Judiciário, o presidente não tinha autorização para divulgar imagens da produção, que chama Dilma de “presidenta” e se propõe a contar a história do impeachment a partir da perspectiva do Partido dos Trabalhadores. 

Na postagem, que ainda segue no ar, Bolsonaro garante que o vídeo escancara a “vitimização” do PT. Ainda de acordo com a mensagem do presidente divulgada no Twitter, a fala de Gilberto Carvalho teria sido feita em reunião do Foro de São Paulo, evento que reúne partidos políticos de esquerda do Brasil e de outros países da América Latina. Conforme afirma o site Congresso em Foco, a reunião foi com a bancada do PT em Brasília.

Pelo segundo ano, Amazônia será tema de Bolsonaro em discurso na ONU

Assembleia Geral das Nações Unidas será realizada de forma virtual 

Pedro Rafael Vilela 

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a 75ª edição da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) será realizada este ano de forma virtual. 

Nesta terça-feira (22), em Nova Iorque, começa o debate com a participação de líderes mundiais. Tradicionalmente, o Brasil é o primeiro país a fazer um pronunciamento. O presidente Jair Bolsonaro enviou uma declaração gravada.  

Assim como em 2019, quando discursou pela primeira vez na ONU, Bolsonaro deve falar sobre a Amazônia e as políticas ambientais do seu governo.   

Jair Bolsonaro, Assembleia Geral da ONU, 24-9-2019, foto: Lucas Jackson/Reuters

“O presidente vai tocar na Amazônia. A princípio vai mostrar aquilo que estamos fazendo. Temos ainda a criação do Conselho [da Amazônia], a criação da operação Verde Brasil 2, um esforço do governo em combater as ilegalidades, o que não é simples, não é fácil e elas continuam a ocorrer, infelizmente”, afirmou a jornalistas, nesta segunda-feira (21), em Brasília, o vice-presidente Hamilton Mourão. Ele coordena as ações do governo brasileiro no combate ao desmatamento e às queimadas na Amazônia.  

Transmissão pela TV Brasil 

A abertura oficial da Assembleia Geral será transmitida pela ONU, e pode ser acompanhada no link, a partir das 10h. O discurso do presidente Bolsonaro será transmitido pela TV Brasil, emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Pela ordem dos pronunciamentos informados pelo Palácio do Planalto, a primeira declaração será do Presidente da Assembleia Geral da ONU, Volkan Bozkir. 

Hamilton Mourão será o entrevistado da estreia do novo programa da Jovem Pan

Comandado pelo jornalista Augusto Nunes, o ‘Direto ao Ponto’ terá a primeira exibição no dia 28; programa receberá um convidado por semana, que será sabatinado durante uma hora e meia

Jovem Pan 

Os telespectadores e os internautas da Jovem Pan já tem uma nova opção de entretenimento para as noites de segunda-feira. No dia 28, o grupo vai estrear o programa “Direto ao Ponto“, comandado por Augusto Nunes, um dos mais prestigiados jornalistas brasileiros. 

O lançamento faz parte da campanha “Em Setembro Tem” que está no ar desde o começo do mês destacando as novidade na programação.  

O “Direto ao Ponto” é um programa de entrevistas e contará com mais quatro jornalistas na bancada. Ao vivo, com uma hora e meia de duração, ele irá promover debates sobre temas relevantes, com tom jornalístico, sem perder a imparcialidade e a credibilidade. A atração vai ao ar todas as segundas-feiras, às 21h30, veiculada no Panflix e, simultaneamente, transmitida para mais de cem canais de rádio. 

Vidas que não contam

Helena Matos

Uma portuguesa de 63 anos foi violentamente agredida num assalto à mão armada à sua residência no norte do KwaZulu-Natal, África do Sul, acabando por morrer no hospital, disse hoje o cônsul honorário de Portugal em Durban. Segundo Elias de Sousa, “vários indivíduos assaltaram a casa” da mulher, que foi violada, tendo sido transportada ainda com vida para o hospital, onde acabou por morrer.  

Policial sul-africano

A “portuguesa de 63 anos” chamava-se Filomena Santos. As agressões de que foi vítima e a sua morte não interessam a ninguém. 

Título e Texto: Helena Matos, Blasfémias, 22-9-2020

Ser feliz

Nelson Teixeira 

Feliz daquele que se emociona sem restrições, que consegue ver beleza nos lugares mais insuspeitos, que agradece pelas pequenas coisas.

Não estou falando em debulhar em lágrimas enquanto ouve uma balada, mas de saber fechar os olhos e apreciar o calor do sol, o barulho da chuva ou das ondas, o cheiro da terra molhada, ou o riso de alguém que se ama. 

Feliz daquele que olha o mundo e enxerga cores, luz, dádivas e oportunidades. Porque sentir é um dom, e aquele que não sente, vive em vão e, portanto, já está morto. 

Título e Texto: Nelson Teixeira, Gotas de Paz, 22-9-2020

[Aparecido rasga o verbo] Um ‘pato’ entre os espinhos da morgaça

Aparecido Raimundo de Souza 

DUAS VIATURAS DA POLÍCIA CIVIL estão estacionadas estrategicamente na Avenida Sousa Lima. Uma delas, quase em frente ao restaurante Bardana Cozinha Natural, colado na portaria do Condomínio do Edifício Tebas. A outra, na esquina sobre a calçada da Sousa Lima com a Avenida Nossa Senhora de Copacabana. No Edifício Tebas, em face de um telefonema anônimo, alguém informou que estaria escondido um dos maiores traficantes da Baixada Fluminense. Um policial disfarçado de gari, se posiciona em ‘campana’, encostado ao murinho do buffet Bardana. 

Outros quatro, vestidos com as roupas dos Correios, circulam no curto espaço entre a avenida Nossa Senhora de Copacabana, o Bar Bunda de Fora e a Avenida Atlântica. O delegado Chicago, chefe da operação ‘Êxtase invisível’, finge ler as noticias dos jornais dependuradas numa banca de revistas. Na verdade, ele espreita toda a movimentação do quarteirão, enquanto chupa um picolé que acabou de comprar de um vendedor ambulante que cruzou em direção à praia. 

Num dado momento, ainda com o sorvete nas mãos, o sisudo homem da lei atravessa a rua e se dirige ao policial gari: 
— E ai, ele entrou? 
— Se for o da foto que tenho aqui no bolso, positivo. 
— Droga! Quanto tempo? 
— Dois minutos, senhor. 
O delegado se irrita: 
— Dois minutos? Por que não me avisou? 
O policial gari confirma o que disse e acrescenta: 
— Achei que o senhor também tivesse visto o mesmo que eu, senhor. Evitei o rádio para não... 

O delegado se enfurece: 
— Para não o quê? Não é possível. O suspeito adentra no prédio e você come mosca? 
— Eu, chefe? Quero dizer, positivo. Comi. Foi no momento em que o senhor cruzou indo para o outro lado. 
— Inadmissível! Sequer pisquei. 
— O senhor se descuidou... 

O delegado franze o cenho: 
— Que foi que disse? Me descuidei? Está me chamando de relapso? 
— Sim, perdão, senhor, de forma alguma doutor. Que isso! 

O delegado joga o sorvete no chão, toca o interfone, se identifica ao porteiro e, após a passagem ser aberta, caminha em direção ao sujeito que lhe concede acesso. 
Renova a exibição da sua função metendo o distintivo na fuça do infeliz. Puxa do bolso uma fotografia: 
— Viu este homem? 
O porteiro prontamente responde: 
— Acabou de subir. 
— Tem certeza? 
— Absoluta. 
— Qual o andar do meliante? 
— De quem, doutor? 
— Deste vagabundo que acabou de passar debaixo de seu nariz. 
— Décimo, senhor...

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Novo Embaixador do Turismo do Brasil promete ‘trabalhar pelo país mais lindo do mundo’

Álvaro Garnero foi nomeado na última semana

Anderson Scardoelli 

O Brasil conta com um novo Embaixador do Turismo desde a última semana. Nomeado ao cargo vinculado à Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) em cerimônia realizada em Brasília, Álvaro Garnero [foto] comemorou a sua mais nova “missão”. Pelas redes sociais, ele demonstrou entusiasmo em colaborar com a retomada do setor no país. 

Garnero aproveitou para elogiar o potencial turístico do Brasil. “A Embratur oficializou o que eu vinha fazendo de coração: virei Embaixador do Turismo do Brasil. A alegria de ver meu trabalho sendo reconhecido se mistura com a ciência da responsabilidade do trabalho que a gente tem pela frente: ajudar na retomada do nosso turismo. Mas trabalhar pelo país mais lindo do mundo não é sacrifício. É sempre uma honra e um prazer.” 

No governo e na TV

O novo Embaixador do Turismo brasileiro destacou que seguirá com o seu trabalho na televisão. Atualmente, Álvaro Garnero é colaborador do Domingo Espetacular, da Record TV. Ele é o responsável pelo quadro 50 por 1, onde apresenta dicas de turismo. Em sintonia com o cargo que passa a ocupar no governo federal, ele avisa que está dedicado a materiais especiais sobre turismo no Brasil. 

“Há quase 15 anos minha vida tem sido de embaixador informal do Turismo do Brasil. Onde quer que eu vá, convido as pessoas para virem para cá conhecerem as belezas inacreditáveis que temos no Brasil. Agora estou gravando uma temporada que vai incentivar o brasileiro a conhecer o próprio país”, publicou Garnero em seu perfil no LinkedIn. 

Título e Texto: Anderson Scardoelli, revistaOeste, 21-9-2020, 13h45

Quem será o 59º presidente dos EUA?

eleição presidencial nos Estados Unidos em 2020 será realizada em 3 de novembro, uma terça-feira. Será a 59ª eleição presidencial do país. 

Os eleitores escolherão os integrantes do Colégio eleitoral, que se reunirá em 14 de dezembro para eleger oficialmente o presidente e o vice-presidente. 

Entre fevereiro e agosto de 2020 os partidos realizaram as primárias nos estados e territórios. Após, cada agremiação designou seus candidatos através das convenções partidárias. A eleição presidencial ocorrerá simultaneamente com as eleições para a Câmara dos Representantes e o Senado, além de várias disputas estaduais e locais. 

Eleito na última eleição, Donald Trump candidatou-se à reeleição e em março de 2020 atingiu a quantidade de delegados necessária para ser nomeado o candidato republicano para a presidência. 

Na oposição democrata, as primárias contaram com dezenas de candidatos relevantes e, em abril de 2020, o ex-vice-presidente Joe Biden se tornou o presumível candidato do partido com a desistência do senador Bernie Sanders. 

Outros partidos menores, como o Libertário e o Verde, também escolheram seus candidatos presidenciais. 

Biden e Trump são os candidatos presidenciais mais idosos já designados pelos maiores partidos dos EUA; se Biden for eleito e tomar posse, também se tornará o presidente mais idoso a ocupar o cargo. 

Os tiranos fofinhos

Foto: Josh Edelson/AFP/Getty Images

Helena Matos

Vale a pena ler este artigo sobre os incêndios na Califórnia

Antes de começar a ler chamo a atenção para a nota final:

This article was published under a pseudonym as the author didn’t want to risk his job.  

O que diz o artigo? Que os ditos amantes da natureza a estão a destruir: «This didn’t have to happen. Once upon a time, forests in California were logged,grazed, and competently managed. It wasn’t always perfect, but generally it worked. Fires, which are a natural part of that ecosystem, were generally small— not just benign but beneficial. Land management focused on keeping the forest healthy for all involved, whether they were loggers, ranchers, fishermen, hunters, homeowners, or backpackers But then things started to change. Groups such as the Sierra Club and National Resources Defense Council began to drive a myopic agenda of protecting environmental interests at all costs. Logging was shut down. Grazing was banned. Controlled burning and undergrowth clearance were challenged and subjected to draconian regulations. Fires were put out as quickly as possible. » 

Título: Helena Matos, Blasfémias, 21-9-2020