domingo, 27 de setembro de 2020

Mulheres brigam no Leblon, e uma das agredidas se explica

O WhatsApp carioca bombou com cenas de uma briga de mulheres no Leblon na noite de sexta-feira, 25 de setembro

Quintino Gomes Freire 

Estourou no WhatsApp dos cariocas neste sábado, 26/9, uma briga, ou melhor, um princípio de briga na Dias Ferreira, no Leblon. Na filmagem, feita por celular, duas mulheres e um homem se beijam em um carro conversível, enquanto populares gritam e batem palmas. 

Até aí, mais um dia no Rio de Janeiro, até que alguém em um bar joga copos em uma das mulheres. A agredida se levanta, vai ao bar e estapeia a agressora Aline Araújo, que usou seu Instagram @amearquitetura para se defender. 

Aline diz que era atentado ao pudor, um filme pornô às 20h da noite na Dias Ferreira. E que ela realmente jogou a água, afinal estava com crianças e família no restaurante. Ainda diz que elas seriam prostitutas. 

De acordo com a coluna de Leo Dias no jornal Metrópoles, uma das mulheres é Sheila, empresária do ramo de estética e que possui clínicas no Rio e em Curitiba, e estava com um amigo e uma amiga. De acordo com o sócio dela, Rafael, não é crime os três se beijarem, que estavam de roupas de banho por estarem saindo da praia, o que não é crime. E o que Sheila fez foi defender sua honra após ser xingada. E ainda negou as insinuações que ela seria garota de programa. 

Quem tem razão? As pessoas dentro do carro que se beijavam? Quem jogou um copo por não estar gostando? Ou ninguém tinha razão? 

Título e Texto: Quintino Gomes Freire, Diário do Rio, 26-9-2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-