sexta-feira, 11 de setembro de 2015

As intenções do islâmico que vive na Suécia

Islâmico telefona para um programa de televisão sobre o islamismo, cujo apresentador é um ex-islâmico que no final afirma que aquilo que se ouviu é o verdadeiro islão, que as pessoas não sejam enganadas.

Aquele que liga representa o verdadeiro Islão e é isto que o islâmico afirma: "vamos lutar até ao fim. Vamos conquistar a Suécia e a Europa. Não temos vergonha da nossa religião e o que está escrito no Corão é verdade. Vamos lutar até que todos afirmem que Alá é o único Deus ".

À pergunta se ali vive com o dinheiro dos infiéis, ele responde "vivo aqui, como aqui, mas o dinheiro não é deles, é de Alá".

À pergunta, então por que não volta para Meca, a terra do profeta:"estamos aqui com uma missão religiosa, para conquistar. Todo o mundo é a terra do islão. Todo o mundo pertence a Alá".

Quando o jornalista lhe fala das mortes que o profeta levou a cabo por difamações, dizendo que é contraditório com o discurso de misericórdia que os islâmicos tentam passar, ele afirma que a misericórdia é com todas as outras pessoas. Mata-se para que sirvam de exemplo e isso é ser misericordioso com todos os outros."... entre outras coisas, vão ver. Ou continuem a ignorar e a dizer que "é uma excepção (mais uma).
Texto: Sara Jofre, Facebook, 10-9-2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-