quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

A pobrezinha família muçulmana que foi proibida de viajar para os EUA

A CNN informa que Fulano, mais o irmão, Beltrano, a esposa deste, e mais SETE crianças, foram impedidas de embarcar para os EUA.

O Fulano já veio dizer que foram impedidos de viajar por causa da religião. E não tardará, o pop star Obama discursará, pedindo desculpas e, não se surpreendam!, oferecer a essa linda família numerosa green cards para todos...



Impressionante a narrativa que vai construindo essa imprensa esquerdista, esquerdeira e/ou com o viés.

Porra, quantas famílias filipinas, brasileiras, mexicanas, numerosas também, não conseguiram embarcar para os EUA?! Você lembra de ter visto alguma referência a essas famílias 'recusadas', por menor que fosse a referência, nos telejornais do horário nobre?

Eu não suporto muçulmanos, desde há muito, bem antes de eles começarem a degolar pessoas e filmar essas perfomances redentoras; bem antes de eles decidirem nos matar a todos, porque somos infiéis.

E continuarão nos matando enquanto o Ocidente, covarde, continuar lhes lambendo as botas, para não dizer outra coisa!

Ah, antes de me despedir, please, não me venham com a pieguice hipócrita de que nem todos são assim… que existem muitos “moderados”.  Pois, sei… que lindo!, mas eu só acreditarei em “moderados” quando os vir lutando, de fato, contra os “irmãos radicais”. Quando digo lutar, quero dizer, explicitamente, sair na porrada mesmo!

Enquanto isso, os “moderados” vão se alegrando e torcendo, no “recesso do lar”, pelas matanças causadas pelos “radicais” nos antros depravados do Ocidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-