domingo, 3 de janeiro de 2016

Charada (159)

Sou ave, mas não voo.
Tenho , mas não sou ovelha.
Nestas duas palavras,
disse o meu nome inteiro. 
O que sou?

3 comentários:

  1. ...uma avelã !

    S.G.Pinheiro

    ResponderExcluir
  2. Muitos confundem a semente da aveleira com um fruto, e AS chamam de AVELÃS.
    As aveleiras não dão frutos, assim como os famosos pinhões do sul do Brasil, são sementes de replantio.
    Tirado de um site sobre língua portuguesa.

    É bom de ver que o topónimo "Avelã" não tem qualquer relação com árvores ou arbustos fruteiros.
    De facto o topónimo “Avelã” ou as suas variantes – “Avelão”, “Avelãs”, “Abelã” – deve ter nascido da existência de um poço, que em fenício se diz “Ab” ou “Av” junto do qual se parava em viajem para descansar ou pernoitar – em fenício “ln”. Assim, de “Av lan” ou “Ab lan” se formou o topónimo “Avelã” e suas variantes com o significado genérico de “paragem do poço” ou “dormida do poço”. Deve portanto tratar-se de locais por onde passavam antigos caminhos com alguma importância. Não é por acaso que existe o topónimo “Avelãs de Caminho”, nem como o “Castro de Avelãs” e o “Castelo de Avelãs”.
    fui...

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-