quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Se o Carnaval “traz milhões de reais em retorno”, por que precisa de dinheiro público?

Roger Roberto


Sempre que alguém critica o Carnaval por causa do dinheiro público que é gasto com ele, surgem os espertinhos tentando enrolar com a velha conversa de que o evento traz muito retorno, o que justificaria o “investimento”.

Isso já foi comprovado como mentira há muito tempo. Alguns setores até lucram com o evento, outros têm prejuízo. Mas de fato o que vale mesmo é perguntar: se traz tanto lucro, por que precisa de dinheiro público para ser financiado?

Uma empresa que promove um evento de forma privada geralmente gasta menos do que arrecada, por isso obtém lucro. Eventos de grande porte geram muito custo e mesmo assim grandes empresas fazem porque sabem que vai dar um bom dinheiro. Se o evento, no entanto, não é muito lucrativo, ou se os riscos são altos demais, é bem mais provável que a empresa não invista na ideia.

Se o Carnaval fosse mesmo tão rentável quanto dizem, é óbvio que empresas competiriam entre si para ver qual ia conseguir o negócio. Nenhuma grande empresa quer perder dinheiro, se o Carnaval precisa de verbas públicas isso claramente mostra que o lucro não é dos melhores.


Claro que, no caso do Carnaval, são as escolas de samba as reais beneficiadas. Para elas o lucro é válido, já que parte do que gastam é pago com dinheiro do povo. Assim fica bem mais fácil reduzir perdas. 
Título, Imagem e Texto: Roger Roberto, Ceticismo Político, 13-2-2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-