quinta-feira, 21 de julho de 2016

Alice Klausz

Seria uma terrível coincidência no aniversário fúnebre da morte da Estrela Brasileira, também dizer adeus a outra Estrela. Devo muito a ela.

Querida, voe alto, olhe por nós. Saudades eternas.

Descanse, Dona Alice Klausz!
*02/04/1926 †20/07/2016

Miriam Loureiro, 20-7-2016

14 comentários:

  1. PÊSAMES.
    Coincidência não acredito nelas, e posso até estar errado, mas num universo de cerca de 25000 trabalhadores da VARIG com certeza alguém já deve ter falecido nesta data, talvez não tão conhecido como a senhora Alice.

    ResponderExcluir
  2. Fui comissária da Varig e ela foi uma das minhas instrutoras durante o curso.
    Fiquei triste pois fez parte da minha historia.
    Que ela descanse em paz !!!
    Vitória Rodrigues

    ResponderExcluir
  3. Alice Varig Klaus depois do fundador Ernest Mayer e de Ruben Berta, a pessoa mais importante em nossa mãe VARIG.
    Valeu, dona Alice, obrigado pela sua simpatia, e ensinamentos, que nos valerão para a vida inclusive para passarmos pra frente aos nossos familiares.
    José Luiz Schommer

    ResponderExcluir
  4. Prezados, Alice Klausz, com "pulso de ferro" dirigiu e formou muitas turmas, transmitiu todas suas experiências como Comissária, e teve um êxito total.
    Sem dúvida, uma peça importantíssima no sucesso da VARIG. Amém!
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir
  5. Jorge Luiz Aparício21 de julho de 2016 23:14

    Obrigado por tudo. Chegamos a nós ver, alguns anos atrás quando ela fazia o vôo pra Antártica. Descanse ou voe mais alto ainda!!!

    ResponderExcluir
  6. PIONEIRA ALICE KLAUSZ.
    BOA VIAGEM.
    SEUS ALUNOS LHE AGUARDAM AO LADO DO PAI.
    DESCANSE EM PAZ!

    Graça Carrilho.

    ResponderExcluir
  7. Pois é Jim! A vida não é Monocorde ... nenhuma vida. Mas esta vida aí., Grande Maestra,. que viveu uma " maternidade" em um sacerdócio...Aéreo... e nos ensinou, como uma exelente Educadora, a usar todos os instrumentos para que pudessemos voar mais alto, Ela será sempre Patrimônio nosso... Sempre a lembraremos como um "monumento". Cada um de nos viveu algo intenso com ela... lembra da suas passadas ... quando caminhava em nossa direção. Do seus olhos maternais e das palavras de conforto e encorajamento quando precisávamos. Ela deixou a baguette com a qual qual dirigiu a orquestra que é a nossa. Mesmo sem o teatro de antes, continuamos a viver nossas vidas com os acordes que ela nos ensinou à tocar.. Nós somos muito sortudos...Que ela seja bem recebida por todos os pioneiros que já estão no Espaço Aéreo Superior . Ela merece descanso eterno... e a luz perpétua. Obrigada Dona Alice!

    ResponderExcluir
  8. Tia Alice foi a Diretora do nosso curso turma de 1970 me lembro quando ela colocava um pano branco na janela da sua sala como um aviso que estava receptiva,Deus que a conserve em um lugar de primeira classe !!!

    ResponderExcluir
  9. Caro Jim, gostaria que incluísses este comentário de Gilson Novo, em Alice Klaus, pois falar sobre ela, são páginas e páginas!
    Um Abraço a todos leitores deste Blog!
    Heitor Volkart

    A alguns amigos que viveram a saga da VARIG

    O último Voo de uma Guerreira

    Quarta-feira, dia 20 de julho de 2016, Alice Editha Klausz, a maior e mais longeva Comissária de Bordo no Brasil fez o seu último voo, aos 88 anos, sendo ainda a chefe de bordo deste trajeto que, com muita tristeza, é one way.

    Mentora de tantas gerações, a grande Tia Alice, Dona Alice, inspiradora, instrutora, defensora, amiga e um testemunho para todos que com ela conviveram na Varig.

    Não poderia ter escolhido outro dia. No dia do 47° aniversário do primeiro pouso na Lua. No aniversário de Santos Dumont. No 10° aniversário do fim da Varig. Mas, acima de tudo era o dia de Alice Klausz. Pais húngaros e alemães, só veio a falar o português aos 9 anos de idade e mais tarde aprendendo vários outros idiomas, para servir ainda melhor.

    Deixou muitos amigos que certamente a reverenciarão por muito tempo porque ela foi um exemplo do que a Varig representou para este país e para o mundo.

    Ela era especial e ensinou a tantos, todos os intrincados detalhes do bem servir a bordo, mas que ultrapassou as portas desta aeronave e certamente influenciou a cabine de pilotos e a cada um da administração, com o seu zelo, com o seu carisma e a sua competência, desde os idos de 1954 quando iniciou na empresa, contratada para operar nos Super Constellations, aeronave recém-comprada para operar as linhas internacionais da Varig. Participou do voo inaugural para Nova York em julho de 1955 que marcou o início das operações da Varig para os Estados Unidos. Voo que durou 21 horas, se iniciou no Rio de Janeiro - com escalas em Belém, Port of Spain, capital de Trinidad & Tobago, em Ciudad Trujillo, hoje Santo Domingo, capital da Republica Dominicana.

    Alice Klausz nunca mais parou e já aposentada continuou a ensinar e operar desde 1989, como Responsável pelo Serviço de Bordo e Atendimento aos passageiros do Programa Antártico Brasileiro (rota para o Polo SUL, coordenado pela Marinha do Brasil e apoio da FAB) Vejam o link mais abaixo, dela já com com seus 81 anos em 5 de junho de 2009.

    Oitavo voo a bordo de um Hercules (C130) da FAB para a base chilena Presidente Frey. Trinta e duas pessoas entre militares brasileiros das 3 armas, 2 Deputados, uma Juiza do Tribunal Militar e um Promotor Militar, ambos de Bagé alem de pesquisadores, empresários etc estavam a bordo. A aeromoça, Tia Alice operava nesta data o seu centésimo quinquagésimo sexto voo para a Antártida, que se iniciara no Rio de Janeiro em 1 de Junho com paradas em Pelotas e Punta Arenas. (https://www.youtube.com/watch?v=dyg6780FHd4}

    Contar fatos de sua história, precisaríamos de muitas páginas, mas ficaremos nesta singela homenagem a esta SENHORA que sempre nos encherá de orgulho, ter um dia convivido e com ela aprendido, algo especial nesta vida, Fica na lembrança muita coisa mas esta pérola, citada pela própria, bem espelhava o seu agir, que certamente era também o perfil de todos que estavam e passaram a ser líderes na "pioneira".

    "Ser exigente não era um capricho. Era um método. Melhor que nós reparássemos em cada detalhe, pois é isso que o passageiro faz. Então, melhor que nós corrigíssemos tudo ou quase tudo antes que eles o fizessem. Eu lhe digo: só assim é que a Varig poderia competir contra as gigantes Air France, Lufthansa, Panam....sic"
    Gilson Gomes Novo

    ResponderExcluir
  10. Deixou um grande legado à VARIG e aos Funcionários... vá em PAZ para o outro Plano...
    Wilson Paulo Schmeiske

    ResponderExcluir
  11. Também órfão da chamada ´mãe´....a falecida Varig, enfim. Uma ´Mãe´ de verdade não deixaria seus filhos órfãos como a Varig o fez. Um BANDO de mau caráter beneficiou-se das facilidades que esta os ofertava. Sendo este, um dos motivos de gostarem tanto dela(Varig)... Pois, deu um ´pé na bunda de todos´. Fui aluno da querida e estimada Dna Alice. Se existe 1ª Classe no Céu, este será o teu lugar. Descanse em Paz, Dna Alice! Obrigado, por tudo que fizeste por mim..
    Ronaldo Miranda

    ResponderExcluir
  12. Senti muita tristeaza ao saber que Dona Alice Klauz foi para a sua viagem final sem volta, que esta viagem a tenha levado para perto fo nosso criador, ai e o lugar dela,
    Eu tive o prazer de ser estafeta(office boy) na diretoria de encino no final fos anos 70 e de ai foi que tive o prazer de conhecer e trabalhar com Dona Alice Klauz po 2 anos e junto com ela toda a diretoria de encino incluindo Cmd Schetini, Dona Namir, prof. Clovis, querido Prof Ivan, prof Rodeck, prof Max, Dona Alice Klauz, e todos os instrutores do similador de voo, nao sabia que nesta epoca talvez tenha vivido is melhores momentos de minha vida
    Aqui deixo meus sentimentos junto co muita saudades de todos
    Sebastiao Gotelip

    ResponderExcluir
  13. Dona Alice Klaus foi minha professora na EWM Aviation School no Rio de Janeiro no ano de 2001. Um exemplo de ser humano. Muitas saudades. Que Deus conforte a todos os familiares e amigos. Descanse em paz. Muito obrigado por tudo, Dona Alice.
    Obs.:Eu guardo comigo ainda hoje um presente que ela me trouxe do Chile, um pinguim de pelúcia. Foi na época do curso na EWM. Muito carinho. Querida.
    Obrigado!
    Marcos D M Hutt

    ResponderExcluir
  14. Fui aluna da D. Alice em 1999, no curso de formação de comissárias de vôo e me lembro com saudades dos puxões de orelha que ela nos dava. Lições que nunca mais esqueci, apesar de não ter chegado a seguir a profissão.
    Fiquei triste de saber de seu falecimento.

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-