segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Duas Dorinas e uma atitude

José Manuel

Copiado do facebook em 26-9-2015
"Só teve pq temos uma tutela antecipada, conquistada pelo Sna .o que fez nestes últimos anos... Me poupem tá.....,
Chega de oportunismo.
É livre qq manifestação mas não esqueça que durante estes anos vc nunca participou.
Vem agora com uma tutela valendo e bastando apenas a votação do congresso querer pegar carona...
Ninguém é mais bobinho . Os que são só fazem isso para não ficar queimado com o grupo ."

Este infeliz, extemporâneo e mal educado comentário como convém a este tipo de pessoa, que infelizmente nos persegue, já não bastando todas as agruras que o Aerus nos proporciona, foi colocado no facebook em meio a uma enxurrada de agradecimentos pela atitude valorosa de nossa ex-colega Varig, Dorina Martha Nowill. [Na foto abaixo com o senador Renan Calheiros]


O que não é de surpreender, é que os agradecimentos são originados dos seus ex-colegas na grande empresa que se foi.

A baixaria, foi inserida por pessoa conhecida pelos seus comentários, que jamais pertenceria aos nossos quadros, talvez aí a sua grande frustração, nunca fez parte do Aerus, e a destilação contínua de venenos a granel.

Aos eternamente desavisados não poderia deixar passar tal ignomínia, até para que aprendam a pesquisar em suas máquinas pessoais, no que hoje se realiza com um simples clique. 

Dorina Martha Nowill, foi nossa ex-colega Varig, mas acima de qualquer mais importante coisa é filha de Dorina de Gouvêa Nowill. 
Aos desavisados de plantão, esta senhora tem o seguinte currículo:

Dorina de Gouvêa Nowill  (São Paulo, 28 de maio de 1919 —  29 de agosto de 2010) foi uma educadora, filantropa e administradora brasileira.

Dorina Nowill ficou cega aos 17 anos em virtude de uma infecção ocular, que ocasionou uma hemorragia.  Mesmo assim, ela continuou os estudos e formou-se como professora primária. Nessa época, livros em Braille eram raríssimos e ela teve que cursar como estudante normal. Mais tarde especializou-se nos Estados Unidos da América. Pioneira de sua época, ocupou importantes cargos em organizações internacionais de cegos. Foi inclusive Presidente do "Conselho Mundial para o Bem-Estar dos Cegos", hoje "União Mundial dos Cegos". Foi a idealizadora e criadora da Fundação Dorina Nowill, para deficientes visuais.

Casou-se com o advogado Edward Hubert Alexander Nowill, a quem conheceu nos Estados Unidos, quando estudava na Universidade Colúmbia, como bolsista de uma fundação voltada para educação e reabilitação de cegos. Tornou-se mãe e avó de vários netos. Foi considerada pela Revista Época uma dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009. A filantropa faleceu aos 91 anos, vitimada por uma parada cardíaca.

Pois é, uma dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.

Esta é a mãe de Dorina Martha, nossa ex-colega que foi convidada junto com seus irmãos a receber no Senado Federal, em 24 de setembro de 2015, como reconhecimento pela relevante contribuição em defesa das pessoas com deficiência no Brasil a Comenda Dorina Nowill-2015. 

Em sua 167° Sessão Especial o Senado Federal comemora o Dia Nacional de Luta da Pessoa com deficiência e entrega a Comenda Dorina Nowill. Em sua primeira edição homenageia a própria Dorina (in memoriam). Na foto os filhos dela, Alexandre, Cristiano, Dorina Martha e Márcio recebem a homenagem das mãos de José Serra.
Voltando, então aproveitando aquela oportunidade única aos simples mortais, Dorina Martha escreve o seguinte sobre a sua atitude:

"Com muita luz e inspiração, eu fui ter com o Senador Renan Calheiros.
Como não consegui no plenário, fui no gabinete do Senador.
Eu disse ao Senador, que eu herdei de minha Mãe o espírito de guerreira,que eu estava em seu gabinete, para pedir em nome de todos aposentados e pensionistas do caso AERUS/VARIG, pois eu também sou parte desse todo.
Pedi ao Senador, que não prorrogue mais o nosso total estado de Flagelo.
Em nome do bem-estar e da dignidade de todos nós.
E falei muito mais…
Eu agradeço a Deus por esta oportunidade e a todos vocês pelo apoio.
O senador me disse que conhecia o nosso caso e me garantiu, dizendo: fique tranquila, vai dar tudo certo para vocês. 
Eu fiz o meu melhor...
Tenho Fé,
Grata a todos."

Parabéns, Dorina, pela sua coragem em aproveitar aquela ocasião única, e quem a guiou, quem lhe deu a luz e a inspiração para a atitude, não tenha dúvida que foi a sua mãe, que ali estava presente naquele momento.

Eu também quero lhe agradecer muito por essa atitude que, tenha a certeza, jamais será esquecida por todos nós da Varig.

Você jamais pegaria carona em nada, assim como eu jamais fincaria uma faca no peito para aparecer, segundo palavras dessa pobre criatura.
Lembre-se que os cães ladram e a caravana passa.

Obrigado, senhora Dorina pelo que realizou, obrigado Dorina pelo que fez. 
Título e Texto: José Manuel - a pesquisa clareia fatos e traz verdades, 28-9-2015

10 comentários:

  1. Simples assim!
    Ela foi lá em BSB , deu o recado, sem política.
    Ou como eu disse na oportunidade ," HOMEM OU MULHER ...PODE SE TORNAR UM EXERCITO..." Saõ os tais de "egos inflados", que não nos permitem paz...e aí tudo pode acontecer...inclusive nada!
    Parabéns!
    Paizote

    ResponderExcluir
  2. Obrigada. sua atitude foi muito lovavel. Maricy ex RG

    ResponderExcluir
  3. Outrossim, simples assim:
    Inveja e união não se dão a mão.
    Ao invés, desagrega, isto sim.
    Por que a dita cuja dissemina desunião?
    Parabéns, Dorina!...
    Valdemar

    ResponderExcluir
  4. Essa participação é, desculpem-me dizer completamente política feita sem políticas pela louvável senhora.
    Atitudes essas que deveriam ser encabeçadas, pelo diletante sindicato e sem afins.
    Dorina fez mais que o sindicato, vamos indicá-la para presidente.

    ResponderExcluir
  5. Acabo de receber um e-mail da Betina Martins, em que ela diz e reproduz também o face book o desrespeito a ela pelo mesmo personagem. Enfrentar nunca, porque o poder de fogo deste pessoal é grande graças ao conluio com o governo. Responder à altura, sempre e é isto que estamos fazendo, não permitindo que pessoas alheias à nossa seara se manifestem ou pejorativamente ou grotescamente.
    Temos que ter mais um pouco de paciência, pois não desistem facilmente, mas como disse Margaret Thatcher, o socialismo só vai até quando o dinheiro acaba.
    Então como esse governo está nas últimas, o próximo não irá com certeza mais dar o dinheiro que agora se fartam, e aí é fácil de deduzir o que irá acontecer, o que já não é sem tempo. Aleluia !
    José Manuel

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, louvável, a oportunidade faz a ocasião, Vc fez. Quanto a esta "mensageira" está com os dias contados, e jamais será reeleita ao Sindicato. Ameaças são atitudes de PTistas. Um Abraço Dorina.

    Volkart

    ResponderExcluir
  7. Parabens a colega por esta iniciativa de grande valor para todos nos Brasileiros e que possa acontecer a Justiça para o caso Aerus/Varig!!! Um grande abraço Dorina!!!

    ResponderExcluir
  8. É louvável e admirável a postura da colega e deve ser respeitada por não ter o cunho político. Porém, esse senhor chamado Renan Calheiros, está em busca de holofote e salvar-se políticamente. Esse senhor não vale nada e qualquer foto ou ligação com pessoas como esse canalha, gera uma repercussão negativa. Esse governo não trará nossos amigos de volta. Qualquer promessa ou decisão, jamais deve ser encarada como algo positivo. Todos, digo todos desse governo do PT tinham motivos suficientes para quebrar a Varig. Qualquer decisão é uma tentaviva de resgate da popularidade. Seria o mesmo que agradecer à Dilma por alguma assinatura que nos beneficie. Tiveram muito tempo e dinheiro para resolver nosso sofrimento. Holofote para nossa colega e apagão para esse RENAN CANALHA!!!

    ResponderExcluir
  9. Infeliz omente , a opinião do Claúdio -acima- é muito parecida com a minha.
    Apenas com uma pequena diferença, o sentimento dele com o Renam ,coincide com o que eu tenho com TODOS, os políticos profissionais,ou amadores.
    Infelizmente não podemos prescindir dos mesmos!
    Nem aprendendo a votar resolveria, pois "donos" dos partidos só nos "dão o direito" de votar. naqueles que eles previamente escolhidos. E dizem que temos liberdade de escolha!
    Paizote

    ResponderExcluir
  10. Aguardando movimentações

    Postado por Maia at 09:32 sob Uncategorized

    Recebemos muitas perguntas sobre os próximos passos, questão das pensionistas pós-2006 e sobre novos pagamentos das pensões.

    A decisão judicial determinando o pagamento integral das aposentadorias e pensões por parte da União continua vigente. No entanto, não houve mais pagamentos, na medida em que o valor destacado pela União, no ano passado, se esgotou.

    Assim, a União encaminhou, mais uma vez, para o Congresso Nacional, um novo Projeto de Lei requerendo a autorização para abertura de crédito a fazer frente aos pagamentos do ano de 2015.

    O Congresso Nacional, antes de votar o nosso Projeto de Lei, deve analisar alguns vetos presidenciais de extrema delicadeza, pois envolvem direitos previdenciários e reajustes, ou seja, a derrubada dos vetos impactará as contas da União. Nossa preocupação para com os vetos presidenciais reside no impedimento de qualquer votação antes dos vetos. Ou seja, temos alguns temas espinhosos emperrando a Pauta do Congresso, por isso não houve ainda a votação do Projeto de Lei que contempla o novo crédito aos beneficiários da antecipação de tutela.

    Em sendo aprovado nosso projeto, o que realmente se espera, aguardaremos a sanção presidencial. Sancionada a Lei, os repasses serão autorizados e devem ser cumpridos imediatamente, com o pagamento retroativo do meses de 2015.

    Ao que parece não enfrentaremos esse problema no ano que vem, pois o cumprimento da decisão judicial já consta da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2016. Se a Lei for aprovada pelo Congresso, no ano que vem os pagamentos serão realizados pontualmente, mês a mês.

    Quanto à questão das viúvas pós-2006, as quais nada estão recebendo, infelizmente ainda não temos um posicionamento do Poder Judiciário. Já solicitamos urgência nessa questão. Devemos aguardar.

    A definição dos próximos passos está aguardando a aprovação do Projeto de Lei e a liberação dos recursos para o ano de 2015. Vamos torcer para que o Congresso Nacional realize, definitivamente, o votos dos vetos presidenciais, a fim de ser permitida a votação de nosso projeto. Está agendada para quarta-feira a próxima reunião do Congresso Nacional. Aguardemos confiantes.
    paizote

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-