sábado, 12 de setembro de 2020

Brasil e Estados Unidos entram em acordo sobre etanol

Governo brasileiro comprará 187 milhões de litros do produto. Em contrapartida, aumentarão importação de açúcar

Roberta Ramos

Brasil e Estados Unidos chegaram a um acordo sobre as questões comerciais que envolvem o etanol, o açúcar e o milho.

Foto: Alan Santos/PR
De acordo com nota conjunta liberada neste sábado pelo Ministério das Relações Exteriores de ambos os países, o governo brasileiro se comprometeu a comprar 187 milhões de litros de etanol americano.

Em contrapartida, o país liderado por Donald Trump aumentará a importação de açúcar brasileiro.

Os dois países também vão considerar um aumento mútuo no acesso ao mercado de milho. O produto é o principal insumo para a produção do etanol nos Estados Unidos.

Para o Itamaraty, o documento é uma oficialização das negociações de um acordo comercial que envolve os três produtos. Eles devem durar três meses, período no qual o Brasil isentará o etanol americano de tarifas.

“Os dois países também discutirão maneiras de garantir que haja um acesso justo ao mercado paralelamente a qualquer aumento no consumo de etanol, bem como de coordenar-se e garantir que as indústrias de etanol em ambos os países sejam tratadas de maneira justa e se beneficiem de mudanças regulatórias futuras em produtos de biocombustíveis no Brasil e nos Estados Unidos”, aponta o comunicado.

No início do mês, depois do acordo anterior sobre o etanol entre Brasil e Estados Unidos vencer, o produto americano passou a pagar tarifa de 20% para ser vendido no país.

Título e Texto: Roberta Ramos, revista Oeste, 12-9-2020, 13h18

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-