sábado, 19 de setembro de 2020

Ricardo Salles dispara contra ‘esquerda caviar’ e ‘militontos’

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles reclama de quem critica o Brasil no exterior

 Anderson Scardoelli 

A questão ambiental brasileira tem tudo para ser mais bem-vista fora do país. Para isso, basta ignorar a “esquerda caviar” e os “militontos”. É assim que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles [foto], define a situação do setor que está sob sua gestão. 

De acordo com Salles, artistas internacionais e nacionais reclamam sem base das políticas ambientais do atual governo federal. Entretanto, não fazem nada para ajudar a resolver o que, segundo eles, não está correto. Nesse sentido, o ministro citou o ator norte-americano Leonardo Di Caprio

“É a esquerda caviar”, enfatizou o aliado do presidente Jair Bolsonaro ao conceder entrevista à rádio Jovem Pan. “Ficam em seus iates e jatinhos, mas não ajudam”, lamentou Salles. Ele esteve em Os Pingos nos Isprograma da emissora que conta com a participação de Ana Paula Henkel e Guilherme Fiuza. Os dois são colunistas da Revista Oeste

Imprensa

Ricardo Salles destacou outro ponto. Afinal, agentes da imprensa estrangeira revelaram a “culpa” nacional. Isso porque brasileiros “plantam” o noticiário negativo no exterior. “Plantação” feita por personagens como jornalistas, artistas e acadêmicos — uma turma chamada de “militontos” pelo ministro. 

Título e Texto: Anderson Scardoelli, revista Oeste, 18-9-2020, 19h13

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-