sábado, 29 de junho de 2013

Para que servem os partidos e seus políticos corruptos?

Geraldo Almendra
Em uma palestra para estudantes de uma universidade em Brasilia o Ministro Joaquim Barbosa classificou, com coragem, patriotismo e maestria intelectual, o que representa para a sociedade o Parlamento subornado pelo mensalão.
Algumas frases do ministro conforme vídeo amplamente divulgado na Internet:

- nós temos partidos de mentirinha,
- esses políticos e seus partidos não tem interesse em ter consistência programática ou ideológica,
- querem o poder pelo poder e
- o Congresso é inteiramente dominado pelo poder Executivo.

Acreditamos que o ministro somente não chamou o Congresso de Covil de Bandidos porque seu cargo não permitiria essa declaração e isso criaria uma gravíssima crise institucional no país.
A reação dos incomodados da política prostituída foi imediata.
Depois que a maior cúmplice midiática marrom daquilo que chamamos de Covil de Bandidos, e servil ao poder Executivo e ao PT - a TV Globo - levou ao ar uma edição rirosamente preparada para somente enfatizar as palavras de Joaquim Barbosa sem avaliar no mesmo contexto jornalístico as atitudes do Congresso para garantir a de forma sistemática a impunidade de canalhas da corrupção.

Em nenhuma parte de seu noticiário fez qualquer referência aos condenados da gang dos 40, estando seu verdadeiro chefe, denunciado por um dos condenados, nesse momento, liderando um movimento fascista para enfrentar com as suas milícias das periferias das cidades, as manifestações, além de estar sendo denunciado por inúmeros crimes.
Estamos aguardando ainda que o poder Judiciário e o Ministério Público parem de retardar o cumprimento de suas responsabilidaddes com a sociedade, que é de julgar e prender esses cúmplices hediondos de um histórico genocídio no país decorrente da falência dos servições públicos como consequência do bilionário roubo do dinheiro dos contribuintes durante os mais de vinte anos de Fraude da Abertura Democrática.

Muito idiotas e imbecis, os políticos calhordas que foram à tribuna ou deram entrevistas atacando o Ministro, presidente do STF, pois acabaram sendo totalmente desqualificados pelas vozes de mais de um milhão de manifestantes nas ruas que exigem o fim da corrupção, um protesto nacional de forma apartidária, deixando absolutamente claro que este Congresso espúrio não representa mais a sociedade.
Essa realidade foi absolutamente enfatizada pelo discurso do Senador Buarque, amplamente divulgado na Internet e que confirmou com riqueza de detalhes que os políticos perderam toda a credibilidade com os eleitores e que o Congresso não mais os representam.
Se esses políticos tivessem um mínimo de vergonha na cara pediriam desculpas à sociedade e nunca mais iriam concorrer a cargos eletivos.
Título e Texto: Geraldo Almendra, 29-06-2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-