terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Donald Trump quer proibir entrada de muçulmanos nos EUA

Candidato quer suspensão 'total e completa' a imigrantes e turistas.

Foto: Mark J. Terril/AP
Diretor de conselho islâmico diz que comunicado é fascista e perturbador.
Do G1

2 comentários:

  1. É isso aí!
    Quanto ao comentário do "conselho islâmico" que vive nos EUA e muito provavelmente SUSTENTADO pelos pagadores de impostos norte-americanos, foi muito interessante, porque instropeção das suas próprias crenças.
    E entre a "perturbação" de Donald Trump, e o "terror" de islamitas, voto no primeiro! Sempre e enquanto os segundos não conseguirem mandar no meu país!

    ResponderExcluir
  2. Quantas pessoas norte-americanas emprega o senhor Donald Trump?
    E quantas pessoas norte-americanas emprega o "diretor do conselho islâmico"?

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-