sexta-feira, 31 de março de 2017

Defasagem Tarifária da Varig: Audiência de julgamento dos embargos é novamente adiada (e a CUT/FENTAC tira foto)

A FENTAC e as Comissões de Estados do Aerus lamentam profundamente o descaso do STF com a ação

Vanessa Barboza

Mais uma vez, o julgamento dos embargos da Defasagem Tarifária da Varig foi adiado.

Na noite de quinta (30), dirigentes da  FENTAC e representantes das Comissões dos Estados do Aerus (Fundo de Pensão) estiveram em Brasília para acompanhar o julgamento da ação no Supremo Tribunal Federal (STF).


No entanto, após 50 minutos de sessão, o ministro Gilmar Mendes, que colocaria seu voto-vista para julgamento dos embargos, teve que se ausentar por conta de uma outra agenda. Diante disso, o julgamento foi adiado e não há previsão de nova audiência. 

A FENTAC e as Comissões de Estados do Aerus lamentam profundamente esse descaso e reforçam que continuarão na luta para que a ação contra a União seja executada. 
Título e Texto: Vanessa Barbosa, FENTAC, 31-3-2017 

Contei dezesseis pessoas, aparentemente 'representantes' da CUT/Fentac. O que lá foram fazer? Com que propósito? (Se a manifestação do público é proibida no plenário do STF?). E quem pagou?

Resposta: foram para aparecer. Isto é, se o resultado do Julgamento fosse favorável à Varig, a fotinha apareceria junto à sentença favorável. E gente muito boa, de muita boa-fé, deixar-se-ia embalar (e convencer) pela imagem dos 'guerreiros' que lá estavam e estiveram, e foi tanta a pressão que os ministros do STF, sensíveis a essa inigualável e emocionante pressão, votaram a favor da Varig.
Ninguém se lembraria de perguntar: o quê que a CUT/Fentac e outros papagaios têm a ver com este processo impetrado por advogados designados pela empresa VARIG??

7 comentários:

  1. QUEM FALTAVA VOTAR NÃO ESTAVA NO TEATRO MONTADO.
    MUDEI DE CANAL.

    ResponderExcluir
  2. É lamentável que este ministro, que comparou a VARIG a uma "birosca”, estivesse ausente, impossibilitando a votação final.
    Muito pertinente a observação do Editor, ao texto: Estes "papagaios".
    E esta mensageira da Fentac não perdem uma, para tirar proveitos, e os gastos? Sim, os sindicatos bancam, pois é dinheiro do trabalhador.
    A Fentac não tem mérito algum na DT, e sim os Advogados da VARIG, que já há muitos anos estão nesta causa.
    Será que os "ingênuos" não percebem isto, digo ingênuos para não usar outro adjetivo.
    Mas vamos em frente, creio que a DT voltará à Pauta em breve, só falta os papagaios da mensageira dizerem que foi conquista deles.
    Reflitam!
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir
  3. calma Heitor todos meus amigos... somos apenas d igrejas diferentes.
    kkkkkkfui...kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Transpareceu premeditação da parte do ministro Gilmar Mendes , sobrestando mais uma vez o desiderato final . Cena muito parecida ocorreu no plenário do Supremo há uns quatro anos aproximadamente , quando o então ministro Joaquim Barbosa pediu vistas do processo no último instante , adiando por mais tempo a antecipação de tutela.

    Parece até que os ministros do Supremo vem tomando aulas intensivas com os magistrados da Corte venezuelana ...

    Por enquanto é o Brasil que nós temos; mas tudo pode mudar ; nada é para sempre .

    Bom final de semana a todos.

    Sidnei Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se a ausência desse ministro foi fator decisivo. Se bem percebi, a presidente do Supremo encerrou a sessão devido ao... adiantado da hora...

      Excluir
    2. Faltava o voto dele, do próprio, do exmo.

      Excluir
  5. A mártir do sofrimento alheio posta foto com cara de coitada. Não engana 100% q-u-e-r-i-d-a!

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-