quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Marco Aurélio confessa: ‘Toffoli deu conotação política ao STF’

Ministro afirmou que a posse de Luiz Fux será uma “mudança substancial” na Corte

Cristyan Costa

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, admitiu que a presidência da Corte sob Dias Toffoli teve conotação política. “Temos que reconhecer: ele deu uma conotação política muito grande à presidência, o que não havia em minha época. Fui presidente de 2001 a 2003, e a austeridade prevalecia muito mais. O ministro Fux será mais cerimonioso no contato com os chefes dos Poderes”, afirmou Mello em entrevista à rádio Band News, na terça-feira 8, ao mencionar que a posse de Fux será uma “modificação substancial” no STF.

Dias Toffoli e Marco Aurélio, foto: Agência Brasil
Além disso, Mello condenou declarações de ministros do Supremo que já se pronunciaram fazendo críticas ao presidente Jair Bolsonaro. “Ele foi eleito com quase 58 milhões de votos. E é hoje o presidente dos 211 milhões de brasileiros. Ele tem um mandato que tem de ser cumprido”.

Título e Texto: Cristyan Costa, revista Oeste, 9-9-2020, 7h10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-