quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Mais uma data que se aproxima: 22-9-2015... velhinhos e velhinhas do Aerus... quantas mais?...

Valdemar Habitzreuter
Infelizmente é isto, datas e mais datas. O que será do PL02, afinal? A decisão virá ou não no dia 22 próximo? Creio estarmos todos céticos por um resultado feliz com tantos desencontros políticos e com a crise econômica do país se aprofundando cada vez mais.

O tarifaço fiscal de ontem, arquitetado pelo governo com seus ministros e alguns governadores no gélido ambiente do palácio da Alvorada, sem prévio debate político, é um prenúncio do que nos aguarda: o Parlamento estará envolvido em analisar mais este ato insano de Dilma de sobrecarregar com impostos o tão já sofrido povo brasileiro, e o nosso PL02 sendo passado para trás.

Esta dama não tem vergonha na cara... O correto que ela poderia fazer é dizer ‘mea culpa’ e afastar-se do governo por incompetência administrativa, ocorrida já desde seu primeiro mandato. Mas não... teima em responsabilizar forças e fatores externos pelo caos econômico em que o Brasil se encontra. Ela age tão estapafurdiamente como se fosse uma débil mental, não querendo admitir que é ela, junto com toda ‘PTralhada’, a causa do desastre econômico no qual o país mergulhou.  

E, com isso, o tempo passa... a velhice pronunciando-se cada vez mais sobre o nosso físico, embora possamos e devamos conservar um espírito jovem, porquanto a vida é o bem mais precioso que possuímos. Velhinho(a) acabrunhado e pessimista não curte a vida com jovialidade. O otimismo é o grande aliado para se aproveitar a vida com alegria.

Direis: é bonito falar em otimismo, mas estamos sendo tripudiados, sacaneados e marginalizados por ‘poderosos’ que não ligam ou não querem que vivamos a vida com alegria, com otimismo. Realmente, é isso o que nos está acontecendo desde quando nosso provento do aerus foi restringido a uma percentagem ínfima do que de direito, e ainda não conseguimos reverter a situação, mesmo com sentenças judiciais a nosso favor.

Mas, por mais difícil e sofrido que seja admitir a injustiça que paira sobre nós, isso não deve nos atrapalhar na nossa decisão de viver com otimismo. A vida prazerosa coloca-se acima desse infortúnio que insiste em nos perseguir. Não vale a pena deixar que nos alcance, queremos ainda viver felizes os restantes de nossos dias, mesmo com o parco provento do INSS. 

Concordo que é insuportável tanto desprezo de quem tem nas mãos o poder de decisão e que com um simples gesto de boa vontade poderia acabar de vez com nosso tormento de tantos anos, e termos uma vida mais digna. Sabemos que tudo tem sido muito bem analisado e revisado pela Justiça de que houve uma tremenda injustiça e, no entanto, estamos à mercê do cumprimento decisório.

Por que, perguntamo-nos, depois de tantas idas e vindas de processos judiciários ao longo de quase 10 anos, ainda estamos a ver navios, ninguém querendo seriamente sanar esta injustiça? Não há uma resposta lógica. Será que nos julgam idosos descartáveis e fúteis, que não merecemos mais nossa inserção na sociedade? O que produzimos na vida ativa e contribuindo com impostos não tem relevância alguma?

Apesar dos pesares, amigos, não percamos nosso otimismo e ‘bola pra frente’, como se diz; a vida é um jogo. Só é vitorioso quem joga...

P.S. Talvez haja alguém com alguma intuição fértil de como exercer pressão sobre nossos congressistas no dia 22 quando o PL02 deverá estar em pauta no Congresso...  Opiniões serão bem-vindas...
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 16-9-2015 

Relacionados:

3 comentários:

  1. Heitor Rudolfo Volkart16 de setembro de 2015 23:40

    Caro Habitz, a Sessão Conjunta, dia 22/9, creio que nem ocorrerá, se acaso ocorra, os inúmeros Vetos, nos trancarão, serão no mínimo mais algumas Sessões, para apreciarem o nosso PL.

    A dama "sem vergonha" nunca dirá "mea culpa". Obrigado pelas palavras de otimismo e tenho a certeza, que não viveremos só com o parco INSS, e nos julgam sim, idosos descartáveis, mas Provaremos que não somos. Quanto a pressão aos congressistas, infelizmente estamos na mão deles, que só pensam em seus interesses. Mas "bola pra frente" um Abraço à Vc.
    Volkart

    ResponderExcluir
  2. A VOTAÇÃO DE VETOS SERÁ POR CÉDULAS, NOVA DIRETIVA DO PLENÁRIO.
    ENTÃO HAVERÃO CÉDULAS COM TODOS OS VETOS, E DEPOIS A APURAÇÃO.
    O QUE VAI DEMORAR É APENAS A DISCUSSÃO E ENCAMINHAMENTO.

    ResponderExcluir
  3. Heitor Rudolfo Volkart17 de setembro de 2015 15:51

    Caro Rochinha, boa novidade,
    Pois se fosse um a um os votos dos vetos....mas te garanto que as discussões vão longe, mas uma pequena esperança a mais. Abraço ,

    Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-