domingo, 20 de dezembro de 2015

Caminhos que se cruzam


José Manuel
A todos aqueles que participaram junto conosco, como atores principais nesta peça de pura tragédia grega e que ficou em cartaz por mais de dez anos, o nosso muito obrigado por saberem contracenar em todos os atos com altivez, hombridade e determinação.

Não estamos felizes, estamos serenos, pois dez anos não são dez qualquer coisa. São cargas enormes de perdas, sacrifícios, dívidas e humilhações.

Agora, estamos recebendo uma parte ínfima dos nossos salários atrasados. Não há o que comemorar. Estamos serenos, mas não felizes, pois falta muito ainda para que a justiça seja feita.

A todos aqueles, que da plateia nos acompanharam com aplausos, incensos, ajuda espiritual e, muitas vezes, ajuda material sem os quais não teríamos sobrevivido, o nosso especial obrigado.

Nesta época em que comemoramos mais um aniversário do menino Jesus, com o qual falamos tantas vezes em nossas noites insones ao longo destes dez anos, a nossa mesa de comemoração pelo seu nascimento, este ano estará um pouco mais farta. Mas não nos esqueçamos nesta data dos que aqui não mais estão, dos viúvos que ainda não receberam e dos ativos que se encontram injustiçados.

Nesta data comemorativa pelo seu nascimento, agradeçamos tudo o que conseguimos e que a experiência triste por que passamos nos tenha transformado em seres melhores, nos mostrando o caminho.
Isso é o que Ele espera de nós.

Desejamos a todos uma festa de Natal tranquila, uma festa de união e sonhos com melhores dias, que certamente virão. 
José Manuel e Maria Irene, 20-12-2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-