sexta-feira, 11 de março de 2016

Aubiérgio, o Liquidante, responde



Relacionados:

8 comentários:

  1. Não é o Thomaz Raposo "responsável pelo blog 'O cão que fuma'".
    Este detalhe comprova o que eu disse em post anterior: o que mais incomodou Aubiérgio Barros foi o título do post.

    Até porque, repito, grupos no Facebook divulgaram o e-mail de Thomaz Raposo... e, ao que parece, não incomodaram o Liquidante/Interventor...

    ResponderExcluir
  2. E tem mais:
    Thomaz, fique tranquilo, não conte com muitos APOIOS.
    Lamentável, mas é o que eu julgo que vai acontecer.

    ResponderExcluir
  3. Prezados, como Associado da Aprus, confio em seu Presidente e na Entidade, caso contrário não seria Associado.
    Sr. Thomaz, espero que estas divergências sejam solucionadas, em bons termos, até porque a Aprus está para proteger os Beneficiários do Aerus associados, e tudo que puder ser feito para proteger nosso Aerus, sim nosso, porque é a nós que ele pertence, eu Apoio.
    Um Abraço a Todos!
    H Volkart

    ResponderExcluir
  4. thomaz Raposo APRUS12 de março de 2016 10:34

    As atribuições da APRUS estão sendo cumpridas na integra não tenho dúvidas e exatamente por isto e com certa satisfação recebemos mais de cinquenta e-mails de pilotos e comissários da ATIVA do AERUS me incentivando, agradecendo e solicitando posicionamento, pois também não entendem, não aceitam e me pedem para representa-los em BRASÍLIA pois muitos fatos vão passar a ocorrer agora, vejam por exemplo o processo de tarifária está nas mãos d Ministra Carmen Lucia para o despacho final, no STF julgamento da responsabilidade dos administradores do AERUS e finalmente movimentação na primeira vara para pagamento de ativos e neste instante que tudo estava sendo visto e administrado com perfeição e segurança, mudam o INTERVENTOR e exatamente aquele que a APRUS havia no passado tido problema hoje e por isto solicitado sua saída do AERUS muito estranhamos tal mudança.
    mas atentem pois na segunda feira a APRUS na pessoa do seu Presidente e seu assessor Leandro Terra Seca estará em reunião com aquela superintendência para esclarecimentos e solução final dos nossos problemas.

    ResponderExcluir
  5. Ficar sempre de alerta.... e apoio o trabalho de Thomás...

    ResponderExcluir
  6. thomaz Raposo APRUS15 de março de 2016 21:57

    Mensagem da Presidência da APRUS
    Não poderia deixar de posicionar a todos que acompanhando minhas colocações, aguardam o resultado da reunião da APRUS com a PREVIC no dia 14/03 passado, onde foram externadas nossas preocupações e transmitidas pelo novo Superintendente seus métodos de trabalho e tipo de ações que a APRUS viria a perceber no futuro próximo.



    A APRUS entendeu que a postura do novo Superintendente era séria e que estava acreditando nas informações que recebia de suas Diretorias e buscava ante aos fatos apresentados pela APRUS, uma maior profundidade nas informações ali constantes, para que pudesse tomar um posicionamento que lhe deixasse seguro do ato a ser tomado se houvesse.



    Não deixamos por isto de deixar claro que em 2011 a APRUS solicitou à PREVIC a retirada do Sr. Aubiérgio do AERUS pelo prejuízos causados com a saída da VEM que em sua saída levou seu patrimônio líquido sem levar no entanto as dívidas que também lhe cabiam, fato ignorado pela PREVIC que em seu despacho vinculou as alegações do Sr. Aubiérgio o que foi atendido pelo antigo Superintendente.



    Outros comentários foram feitos pela APRUS quanto a situação das viúvas e esclarecidas as razões da colocação do problema para o desembargador, visto que na época a PREVIC não quis se envolver na matéria, não restando assim outra alternativa ao liquidante tendo o Superintendente informado que estava em outra estratégia para atender o assunto.



    Foram expostas as preocupações com fatos e decisões que possam vir a ocorrer nesta gestão do Sr. Aubiérgio, visto decisões sobre nossa ação tarifária sozinha não atender a nossas demandas e embora pudessem servir de paliativo não viriam jamais atender aos ativos do AERUS que anseiam pelos recursos lá existentes desde 2006 e retidos após a liquidação, pois devemos considerar inaceitável qualquer decisão final que não venha a contemplar os ATIVOS nossos colegas da nossa VARIG.



    Entendo assim que todas as colocações foram compreendidas pelo Superintendente, tendo sido ainda externado pelo Presidente da APRUS que este estava sem contato com o AERUS visto a pessoa do Sr. Aubiérgio lá existir e que agradeceria a volta do contato com os funcionários lá existentes, tendo o Superintendente esclarecido que não via problemas nesta continuidade.



    A resposta do Superintendente foi clara quanto a posicionamentos estratégicos, me posicionando que este contato passaria a ser direto com ele me passando assim seu telefone particular, assim sendo e atendendo ao Superintendente aguardaremos que os levantamentos a serem feitos clareiem e lhe deem a segurança da decisão a ser tomada aos nossos pleitos, lembrando ainda que muitos fatos estão para ocorrer e não nos sentimos confortáveis com tal presença em nosso AERUS.

    Informo também que qualquer colocação a ser feita sobre todos os nossos assuntos passarão a ser do conhecimento do Superintendente para que possa vir a conhecer e a participar dos nossos problemas.



    Thomaz Raposo APRUS


    ResponderExcluir
  7. A saída da VEM levando seus ativos, e deixando seus passivos autorizada pela PREVIC, nos trouxe prejuízos, exatamente igual e tal e qual, quando da autorização da SPC para o funcionamento do PLANO II do AERUS.
    Tal plano levou consigo ativos do plano I deixando para trás passivos, pois a patrocinadora já não repassava ativos ao plano I.
    Independente de estudos contratados, pela PREVIC, essas atitudes nos trouxeram prejuízos.
    Qualquer auditoria pode comprovar isso.
    Afora as portabilidades que ocorreram antes de 2006, que também sugaram ativos e aumentaram os passivos dos planos.
    A PREVIC além de ser o órgão fiscalizador e protetor da entidade, é paga por nós, nos meandros da lei, é por nós empregada, e qualquer atitude que nos prejudique está sujeita aos meandros e melindres da lei.
    Quando não estamos contentes com a administração forçada pela lei, podemos, devemos exigir a troca de gestor junto ao órgão responsável.
    Isso se chama direito de defender nosso patrimônio.
    Por isso temos vários diletantes que se auto denominam representantes, quando a única representatividade do AERUS seria por óbvio uma associação que congregasse seus participantes.
    A legitimidade do sindicato dos aeronautas é a mesma do sindicato dos aeroviários, da AMVVAR, da ACVAR, da APVAR e do GEFUVAR. A CUT e a FENTAC não possuem legitimidade jurídica para nos representar.
    Creio que a APRUS, a AmVVAr, a ACVAR, a APVAR e o GEFUVAR se ainda existe congregam o universo quase total dos pensionistas do AERUS.
    Se senhor Aubiérgio não é bem vindo à gestão, sendo um profissional de alto gabarito, e aceitou o cargo como um desafio profissional, deveria atender os anseios dos pensionistas do AERUS e renunciar ao cargo onde não é bem-vindo, essa elegante atutude em nada desmoralizaria sua pessoa e interferiria em seu soberbo e ilibado caminho profissional dentro da PREVIC.
    bom dia...

    ResponderExcluir
  8. Caro Ex-Colega e Hoje meu Amigo Virtual, Rochinha, muito bem descrito, e completamente correto em seu pensamento é meu modo de pensar. A Aprus e a Amvvar, precisam ter uma Atitude, em relação à representatividade que possuem.

    Já solicito isto neste Blog, em diversos comentários, não tenho nenhuma resposta e nem Apoio de Colegas.
    Porque? Será que sou eu o Errado? Aonde estão os F/Es ? onde tenho vários Amigos no grupo, associados à Amvvar e calados. Onde estão meus Colegas Cmros? também calados. Onde estão os Cmtes? a quem tanta confiança dedicamos, também calados. Onde estão os Aeroviários? também calados. Será que o assunto Representatividade não é Importante? Vamos ficar permitindo Petistas nos representar, será que não há nada obscuro por trás disto?

    Qual o interesse da Fentac-Cut PT, que não tem vínculo algum com Aerus, bancar despesas de uma mensageira, com lobby no Governo, para usurpar a nossa Representatividade, onde tem o apoio de "Comissões" , que Comissões são estas? junto à ingênuos Beneficiários carentes de qualquer informação, mesmo que esta, seja totalmente de interesse pessoal á mensageira. Sinceramente, esta aceitação para mim é uma grande decepção, de uma Categoria, a de Aeronautas, que sempre me orgulhei à pertencer. Reflitam!!!
    Quem pode fazer alguma coisa à respeito ? Nós podemos!
    Abraços,
    H Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-