quarta-feira, 8 de março de 2017

[Comer e beber fora] Solar dos Amigos: simplesmente maravilhoso. A pouco mais de uma hora de Lisboa

O restaurante Solar dos Amigos, em Guisado, freguesia de Salir de Matos, nasceu há quarenta anos, época em que eram servidos apenas petiscos acompanhados do som do fado.


Da pequena sala com bancos e mesas em madeira, o restaurante foi se alargando. Atualmente conta com cinco salas: do Cavaleiro, do Cavalo, do Forcado, do Campino e do Toureiro.

Luisa Nunes é hoje a proprietária. Sempre trabalhou no restaurante, que pertencia a seu pai.
“Desde os 13 anos que trabalho aqui e nunca tive férias”, conta. O gosto pelo trabalho vai ao ponto de afirmar que “quando folgo à quarta-feira, ao fim do dia já estou cheia de saudades de trabalhar.”

O restaurante fecha às quartas-feiras, desde que não seja feriado. Se for, o restaurante estará aberto, como frisou Luisa Nunes.

A decoração do restaurante foi da autoria de Luisa, aproveitando o fato de o seu marido ter uma criação de cavalos. Assim, introduziu vários itens ligados à atividade equestre.  

Éramos “em doze”. As porções (doses) são gigantescas. Mas não se preocupe, a atendente (meninas bonitas, diga-se) recomendará a porção (dose) certa consoante o número de pessoas que querem o mesmo prato.

Pois bem, era segunda-feira de carnaval, ninguém mascarado, tampouco disfarçado, pedimos três pratos: Polvo no forno, Secretos de porco preto e Maminha grelhada.

Enquanto isso, as entradas: 


Este ‘crítico gastronómico’ estava no rol dos pedintes do polvo: ‘excessivamente’ macio. Batatas a mais, polvo a menos. Muito bom! Como concluímos entre nós, as chances de encontrar um restaurante que sirva polvo com a mesma qualidade não é pequena. Nota 8.

Os Secretos de porco preto, nota 10 e ponto final parágrafo.

Agora, a maminha. A maminha, a maminha… gente, como descrever?
Sou meio arredio a pedir carne de boi (ou de vaca, tanto faz) nos restaurantes de Portugal. Mas, contudo, todavia, experimentei, provei a maminha que foi trazida para um grupinho de quatro alegres jovens. My god! Gente, estou falando de maminha, não de picanha (imagino como deve ser), fiquei basbaque com a maciez e sabor dessa maminha. Até a gordura era saborosa, como salientou o jovem adulto VG, que também provou a maminha. Tão boa quanto a que comemos no ótimo (e caro) Mocellin Steak, no Rio de Janeiro, no início da Avenida Armando Lombardi.


Vou voltar, com toda a certeza, se Deus quiser. Pedirei maminha grelhada.

COMO CHEGAR:
Rua Principal, 49, Guisado
Salir de Matos
Caldas da Rainha
39º26'28''N 9º6'8''O
Telefone: 262877135
Gerente Luisa Nunes
(não se aceitam reservas por email)
Não existe multibanco no estabelecimento.
(Quer dizer, pagamento só em dinheiro)


Anteriores:

2 comentários:

  1. Onde fica esse restaurante?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica em Caldas da Rainha.
      No site do restaurante tem o mapa do google.

      Excluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-