segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Só o eleitor segura o PT

o antagonista

Interessante: o plano de governo do PT não só acusava a Justiça pela prisão de Lula, como previa formalmente uma Assembleia Constituinte, com “soberania popular”, e o “controle” dos tribunais superiores e do Ministério Público.

E tudo bem para os indignados de Brasília e alhures.

O PT pode tudo. Só o eleitor o segura.

“Tentar me equiparar a esse cidadão é jogada manjada”, diz Damous

Diego Amorim

O deputado federal petista Wadih Damous [foto], que em abril deste ano defendeu que “tem que fechar” o Supremo Tribunal Federal, disse a O Antagonista que não pode ser comparado a Eduardo Bolsonaro.


“São coisas diferentes, contextos diferentes. Eu falei que tem que substituir o Supremo, convocar uma Assembleia Constituinte. Não falei em botar soldado, nada disso.”

Relembramos ao parlamentar que ele falou, sim, em “fechar o Supremo” — veja aqui o vídeo.

A reação:
“Tentar me equiparar a esse cidadão é jogada manjada.”
Textos: o antagonista, 22-10-2018

Um comentário:

  1. Felipe Moura Brasil

    @BlogDoPim

    Assim como em 2016 nos Estados Unidos, o New York Times está muito decepcionado com o povo em 2018 no Brasil. O povo não tem escutado os grandes jornais. Talvez fosse o caso, repito, de os grandes jornais conhecerem melhor o povo.

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-