quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Consequências? Qual quê?

Rui Albuquerque

Tudo na vida e na política são consequências.

Mas é preciso ter em atenção que... o "mensalão" nunca aconteceu; a Petrobrás não faliu;

Marcelo Odebrecht não existe; e Emílio Odebrecht não é seu pai;

que Alberto Youssef é um homem sério; e Lula da Silva também (não há nenhuma, mas nenhuma prova contra ele!!!);

que José Dirceu é o guerreiro do povo brasileiro;

Moro é corrupto; a Lava-Jato é uma trama da CIA;

a Camargo Corrêa é nome de uma empresa de pastéis de Belém; que Haddad não é Lula e Lula não é Haddad;

que a violência está controlada e nos serviços públicos não falta nada;

e o Ciro é um democrata; e o Lulinha não é rico;

que o Palocci é um mentiroso compulsivo; que a «presidenta» é amada pelo povo;

que o Eike Batista é um empresário próspero; que a Máfia dos Vampiros é o nome de um romance gótico;

que a Varig foi bem vendida pelo Teixeira;

que nunca saiu dinheiro do BNDES para políticos amigos; que a Erenice Guerra é uma querida;

que o Pixuleco foi apenas uma operação de marketing do Vaccari.

Enfim, tudo está bem, correu tudo bem, e, quando está tudo bem, só pode acabar ainda melhor.
Título e Texto: Rui Albuquerque, Blasfémias, 25-10-2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-