terça-feira, 1 de setembro de 2020

Bolsonaro agradece trabalho de Abe para fortalecer parceria com Brasil

Primeiro-ministro do Japão anunciou que deixará o cargo

Andreia Verdélio

O presidente Jair Bolsonaro agradeceu hoje (1º) ao primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe [foto], pelo trabalho em fortalecer as parcerias do país com o Brasil, e desejou plena recuperação dos seus problemas de saúde. Abe anunciou no último dia 28 de agosto, que estava renunciando ao cargo devido a uma doença crônica.

Foto: Kiyoshi Ot/Reuters
"Agradeço ao Primeiro-Ministro do Japão, Shinzo Abe, grande amigo do Brasil, pelo ótimo trabalho que pudemos realizar para fortalecer ainda mais a parceria entre nossos países. Espero que vença o quanto antes os problemas de saúde que motivaram sua decisão de deixar o Governo”, escreveu Bolsonaro em publicação nas redes sociais.
É a segunda vez que o premiê deixa o cargo por causa de um problema de saúde. Em 2007, Abe renunciou devido a uma doença inflamatória intestinal, após ter permanecido somente um ano no posto. Ele reassumiu o cargo de primeiro-ministro em 2012, depois de obter vitória esmagadora em uma eleição para a Câmara Baixa do Parlamento.

Há sete anos como primeiro-ministro, Abe é o líder com mais tempo de serviço na história do Japão. Ele poderia permanecer mais um ano à frente do cargo, pois o mandato do premiê como presidente do Partido Liberal Democrático (PLD), o principal da coalizão governista, se encerraria em setembro do próximo ano.

Título e Texto: Andreia Verdélio; Edição: Fernando FragaAgência Brasil, 1-9-2020, 13h17

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-