quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Obama tudo pode. Onde estão, agora, Bob Woodward e Carl Bernstein?

Indignações seletivas
Rui A.

Em 1974, por causa de um sistema de escutas que o Partido Republicano de Richard Nixon tentou plantar no interior da sede do Partido Democrata em Washington, o presidente republicano foi obrigado a renunciar ao seu mandato, para evitar uma mais do que certa aprovação de um impeachment, que seria certamente aprovado no Congresso poucos dias depois. Na altura, reza a lenda, o seu homólogo chinês, Mao Tsé-Tung, com quem Nixon e Kissinger tinham conseguido estabelecer uma forte relação política, terá manifestado o seu espanto por uma, para si, tão inusitada demissão, perguntando para que serviam, afinal, os gravadores senão para gravar. Não obstante esta amabilidade do Grande Timoneiro, o caso Watergate e Richard Nixon passaram a simbolizar o máximo a que a ignomínia política pode chegar num país democrático, e a esquerda nunca se cala em protestos de horror quando o assunto vem à baila.

Curiosamente, anda a esquerda muito caladinha com as inúmeras malfeitorias que o presidente Obama tem feito em situações muito semelhantes, embora muito mais graves em número (parece que são às centenas) e em espécie (pondo sobre escuta, inclusivamente, diversos chefes de estado de países democráticos) do que aquilo que Nixon fez. A última “grampeada” que se conhece terá sido Angela Merkel, embora seja quase certo que foram também “monitorizados” (o novo termo técnico, segundo a assessoria da Casa Branca, para as escutas ilegais) muitos outros chefes de estado, a camarada Dilma incluída.

Nada de muito surpreendente, porque, em regra, as indignações da esquerda são selectivas. E aposto que, daqui por uns anos, Nixon e o Watergate hão-de permanecer como exemplos de indignidade política, enquanto que Obama continuará em lugar destacado no panteão dos grandes líderes democráticos.
Texto: Rui A., Blasfémias, 24-10-2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-