sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Que luta inglória!... Velhinhos e velhinhas do aerus...

Valdemar Habitzreuter

Tudo a nosso favor e, ao mesmo tempo, tudo contra. Temos a nosso favor a justiça que decretou bilhões de indenização à falida Varig que perdeu seu rumo com os desmandos e incompetência dos governantes pelas políticas econômicas desastradas e tendo pouco caso com empresas nacionais de potencial enorme para o progresso do Brasil; isto aconteceu desde Sarney, passando por Color, FHC até a era petista, esta mais incisiva e prejudicial que eliminou definitivamente a Varig dos céus brasileiros e do mundo afora; e, lamentavelmente, tem-se a dizer também que concorreu a imperícia administrativa dos próprios dirigentes da Varig.

Milhares de trabalhadores jogados de uma hora para outra na rua da amargura, sem emprego, e outros tantos aposentados, que tinham como garantia um complemento salarial pelo Fundo de Previdência Complementar Aerus, também prejudicados com a intervenção do governo e, paulatinamente, o Fundo sendo extinguindo, uma vez que não há mais fonte de recursos.

Aos aposentados do Aerus a Justiça decretou uma tutela antecipada pela demora que o processo indenizatório levaria para beneficiar os credores da extinta aérea. Mais uma vez a Justiça esteve a nosso favor. Mas com tudo isso a nosso favor, por que o contra prevalece?

O PLC31/14, depois de muita luta para que fosse aprovado no Congresso, virou lei 13.062, garantindo-nos a tutela. No entanto, esta lei não está sendo cumprida por não contemplar também pessoas (como viúvas e herdeiros...) que a ela têm direito. Mais uma vez na estaca zero.

Atualmente, está em pauta no Congresso o PL02 para votação que ratificaria a lei. Das inúmeras sessões mistas em que o projeto de lei foi pautado, nenhuma teve quórum para que fosse apreciado. Quais são os ‘contra’ que ainda persistem e que afogam os ‘a favor’?

Vários... O governo poderia muito bem ter resolvido o impasse com uma simples MP e não através de PL que necessita tramitar no Congresso e não se sabe quando acontecerá a votação. Agora são os vetos da Dilma que são priorizados nas pautas - com grande polêmica entre os congressistas - que atrapalham que o PL02 seja votado.

Não bastasse isso, Cunha e Renan estão num conflito aberto, cada qual apostando em seu poder de fogo para se impor como o homem forte da República, face à fraca liderança da ‘presidenta’ Dilma. Vimos isso nitidamente na última convocação para a sessão mista do Congresso que não aconteceu por capricho de Cunha de convocar uma sessão simultânea na Câmara dos Deputados e assim impedir a realização da sessão mista. Motivo: simplesmente ser contra Renan que não quis incluir na votação dos vetos o veto de Dilma à contribuição das empresas para as campanhas eleitorais.

E o nosso PL02 mais uma vez empurrado para pautas futuras no Congresso. Não se sabe se ‘o tudo a nosso favor’ um dia prevalecerá e enterre ‘o tudo contra’...
Que luta inglória, amigos velhinhos e velhinhas do aerus... Que inimigo é este que mesmo derrotado ostenta vitória? 
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 2-10-2015

4 comentários:

  1. É claro que estão curtindo com a nossa cara.
    Já são doze ou mais cancelamentos em cima da hora de julgar o nosso
    Isso tá na cara que é conluio da moça do alvorada com o moço das alagoas
    Essa mistura não pode dar coisa boa e para adiar com a barriga o nosso pagamento ela vai fazer o diabo como já disse de outras coisas.
    Eu espero de coração estar enganado, mas mais uma, tem que se botar um bloco na rua
    E forte, porque a justiça está conosco, afinal é uma ordem dela não é ?
    Então é só executar
    José Manuel

    ResponderExcluir

  2. VOLTO A COMENTAR A HISTÓRIA.
    AS BATALHAS MÉDICAS
    Xerxes era de um sindicato de uma coletividade. Esse sindicato junto com outros formavam um imenso exército de luta e queriam a todo custo destruir o rei Leônidas e seus aliados, Aerusianos, transbrasilianos e vaspianos.
    Xerxes havia perdido a batalha da Varig.
    A batalha das termópilas dizimou alguns pensionistas, Leônidas a todo custo defendia o desfiladeiro, mas houveram traidores.
    E muitos morreram na defesa de seus ideais.
    Foi quando se uniram aguns aliados que regiam os tribunais, finalmente os derrotou na batalha de Salamina.
    A batalha das termópilas dizimou alguns pensionistas, Leônidas a todo custo defendia o desfiladeiro, mas houveram traidores.
    E muitos morreram na defesa de seus ideais.

    Xerxes fugiu dizem que foi para Cuba, ou China.
    Um ano depois a Vitória completa seria na batalha de Plateia.
    Amigo Valdemar, parodiei a história, nenhuma luta é inglória, nós perdemos nossos 300 espartanos, 400 tebanos e 700 Tésbios, mas continuamos defendendo nosso desfiladeiro.
    Estamos esperando a batalha de plateias para encarar nossa vitória.
    Aqui somos o Leônidas de Esparta.
    Escolhi esse texto justamente porque no momento somos PLATEIA, esperando o desfecho, para usar os louros da glória.
    Toda luta tem seus valor.
    Inglória e se acovardar e não querer defender Esparta.
    Sorria Valdemar...

    ResponderExcluir
  3. Corrigido!
    VOLTO A COMENTAR A HISTÓRIA.
    AS BATALHAS MÉDICAS
    Xerxes era de um sindicato de uma coletividade. Esse sindicato junto com outros formavam um imenso exército de luta e queriam a todo custo destruir o rei Leônidas e seus aliados, Aerusianos, transbrasilianos e vaspianos.
    Xerxes havia perdido a batalha da Varig.
    A batalha das termópilas dizimou alguns pensionistas, Leônidas a todo custo defendia o desfiladeiro, mas houveram traidores.
    E muitos morreram na defesa de seus ideais.
    Foi quando se uniram alguns aliados que regiam os tribunais, finalmente os derrotou na batalha de Salamina.

    Xerxes fugiu dizem que foi para Cuba, ou China.
    Um ano depois a Vitória completa seria na batalha de Plateia.
    Amigo Valdemar, parodiei a história, nenhuma luta é inglória, nós perdemos nossos 300 espartanos, 400 tebanos e 700 Tésbios, mas continuamos defendendo nosso desfiladeiro.
    Estamos esperando a batalha de plateias para encarar nossa vitória.
    Aqui somos o Leônidas de Esparta.
    Escolhi esse texto justamente porque no momento somos PLATEIA, esperando o desfecho, para usar os louros da glória.
    Toda luta tem seu valor.
    Inglória É se acovardar e não querer defender Esparta.
    Sorria Valdemar...

    ResponderExcluir
  4. Caros Habitz e Comentaristas deste texto, lutas e vitórias, ainda hão de vir, pois esta Tutela Antecipada, para que possamos ter mais alguns suspiros, a vitória está prestes, mas o que nos Devem, é muito e muito mais, são quase dez anos, e não me contentarei com esta mixaria de Tutela, que pode até ser derrubada, então temos muita Luta, não Inglória, pela frente. Aí Sim, vou sorrir Habitz. Um Abraço a Todos.

    Heitor Rudolfo Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-