sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

De quem é culpa pelos atrasos na Educação? É dos portugueses, diz Lula

Foto: Álvaro Isidoro/Global Imagens
"Eu sei que isto não agrada aos portugueses", afirma o ex-presidente do Brasil
O ex-presidente do Brasil Lula da Silva culpabilizou hoje a colonização portuguesa pelos atrasos na educação brasileira, afirmando que Álvares Cabral descobriu o país em 1500 e a primeira universidade brasileira apenas foi criada em 1922.
()

Acho perfeito!
Não deram o título de doutor honoris causa a esse imbecil?
Agora têm que engolir esse vômito.
Eu morro de rir.
Um abraço, 
José Manuel, 11-12-2015

Meu amigo José,
Vou ultrapassar essa mania brasileira de responsabilizar os portugueses pelas merdas do Brasil. Patético! Qualquer brasileiro de calças recusa essa transferência! 

Agora, têm os brasileiros muita razão em criticar os portugueses atuais, os que concederam essa 'honraria' ao boçal. Mas, perceba, José, foram "alguns portugueses" que, criados num tal de 'Centro de Estudos Sociais", eufemismo para 'Viveiro de Esquerdistas Portugueses contra o Capitalismo, o Ocidente, a Europa", liderados (não oficialmente) pelo famoso oráculo Boaventura Santos, acompanhado pelo comunista Carvalho Silva, pelo bloquista (do Bloco Esquerda), um tal de Beleza, o que esperar desse antro? Ah! Detalhe importante: sustentado pelos pagadores de impostos.
Por essas e por outras, meu caríssimo José Manuel, talvez não vejamos, em nossas vidas, a verdadeira prosperidade do povo português: é muito comunismo para pouca produção.

7 comentários:

  1. How about spend some money in education instead of soccer/World Cup?

    ResponderExcluir
  2. Como sempre a mula empaca e mente.
    As escolas médicas na Bahia e no Rio de Janeiro foram criadas em 1808: o Colégio Médico-Cirúrgico da Bahia e em abril do mesmo ano a cadeira de Anatomia é criada no Hospital Militar do Rio de Janeiro.
    Em 1810, o Príncipe Regente assinou a carta de Lei de 4 de dezembro, criando a Academia Real Militar da Corte, que anos mais tarde se converteria na Escola Politécnica; o Decreto de 23/2/1808, que instituiu uma cadeira de Ciência Econômica; e o Decreto de 12/10/1820, que organizou a Real Academia de Desenho, Pintura, Escultura e Arquitetura Civil, depois convertida em Academia das Artes.
    O ensino brasileiro na época do império era isolado e profissionalizante, atendendo as necessidades da colônia.O ensino superior se firmou com um modelo de institutos isolados e de natureza profissionalizante.
    A primeira universidade da república é de 1912, não 1922, no estado do Paraná, a segunda em 1920 no Rio de Janeiro.
    Se alguém acha que isso mudou, está redondamente enganado.
    Todas as faculdades brasileiras agregam a política de reitoria e conselho de estudantes, e seus curso não passam de academias profissionalizantes.
    A única universidade com cursos integrados e não agregados é a USP de 1932.
    Com ideias inovadoras da revolução constitucionalista.
    Construindo um conceito novo de administração, que hoje a esquerda transformou em merda.
    O modelo retrógrado universitário brasileiro continua até hoje, são academias profissionalizantes sem a integração do saber entre todos os cursos.
    São Institutos isolados via suas reitorias.
    O ensino superior que muitos querem, não deve ser democraticamente acessível. É um ensino para uma minorias.
    Minorias capacitadas intelectual e culturalmente e não no sentido trivial de pessoas ricas ou de classe média economicamente.
    Dar acesso a todos, inclusive aos intelectualmente desfavorecidos, é achincalhar o processo cultural.
    Para melhorar o nível intelectual das periferias tem-se de mudar os modelos de ensinos inferiores, e pra criar grandes conhecimentos tem-se de integrar os cursos das universidades.
    Senão as mulas continuarão ganhando prêmios absurdos.

    ResponderExcluir
  3. Ah, e só podia ser o Esquerdista El País a querer "ouvir" esse cara. Repare quem está ao lado dele...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CERTA VEZ FIZ UM TRABALHO SOBRE A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
      Primeiro ela foi declarada em 22/01/1808, quando o Dom João VI transformou o Brasil em reino aliado, porque perderia sua coroa por abandono se tivesse fugido para uma colônia.
      Os Estados Unido em 1776.
      A diferença é de 32 anos.
      Como não havia revolução industrial convenhamos que não é uma diferença muito grande.
      Diferente dos portugueses que mandavam para cá gente que não queria vir ou exploradores, os ingleses mandavam para a América, irlandeses, escoceses perseguido pela coroa, que queriam um país só deles. Durante a guerra com a Espanha os ingleses praticamente abandonaram a colônia. E daí eles juntaram-se a espanhóis, franceses, alemães e italianos construíram comunidades. Daí surge a história ou lenda de Pocahontas.
      A guerra da secessão matou mais de 1 milhão e obrigou os americanos a importarem imigrantes homens para casar com suas mulheres.
      Lutaram para adquirir sua independência contra ingleses e depois franceses.
      A nossa foi feita via celular da Tim ou da OI, que não funcionava direito então deu-se por carta.
      Temos que acabar com universidades públicas. Gratuita apenas por merecimento catedrático.
      E quem faz gratuitamente tem que pagar com serviços públicos.
      A independência americana inicia-se realmente em 1868, 60 anos depois da brasileira.
      Eles construíram um país, nós continuamos sendo colônia, agropecuarista sem anseios tecnológicos.
      Sem economia secundária e terciária.
      Escravo das importações chinesas.
      Enquanto todo mundo usa windows, apple ou android interfaces, as escolas brasileiras usam Linux.
      Digam-me uma carro inteiramente nacional?
      As grandes empresas são multinacionais e empreiteiras corruptas.
      Eu teria que escrever muito pra terminar meu raciocínio.
      Esse mundinho jovial brasileiro não passa de vendilhões da
      pátria. Até parece que o império por aqui nunca acabou.
      A mula imperador e seus vassalos.
      A maçonaria no poder brasileiro é corrupta.
      Parei, fui, senão acabo ofendendo...

      Excluir
  4. Ah, como eu não pensei que ele poderia culpar os portugueses? Ele culpa todo mundo antes dele.! Eu subestimei a audácia dele de ir a um passado tão distante pra justificar a propria incompetencia.
    Hahahahahaha.
    Nem agradecido soube ser pelo Titulo recebido pelos Portugueses de doutor honoris causa. É muito ogro! Kkkkkkkkkkkk. Isto tbém deve ser culpa dos Portugueses, hahahahahaha
    Circe

    ResponderExcluir
  5. Prezados,
    Caro Rochinha, Vc mostra claramente em seus dois comunicados, no primeiro, onde Portugal deu seu primeiro passo à cultura, o Brasil não soube evoluir, Martim Afonso em 1532 fundou a Vila de São Vicente, onde moro, e lhes digo, continua sendo uma Vila, o que salva é estar a beira mar, por que de resto é um caos!

    Em seu segundo comunicado, creio mais abrangente, se nossos jovens, não tem condições de fazer um curso médio, ou técnico, como vão ter aptidões para um curso superior. A grande massa da população de crianças, adolescentes e jovens, moradores em favelas, mal são alfabetizados, e até desnutridos, seus cérebros pouco alimentados de cultura mediana, e querem fazer faculdade gratuita, vejam a OAB, reprova anualmente 82%, se nós tivéssemos os Cieps do Brizola, espalhados em todos os bairros e favelas, com período integral, esporte, alimentos, aí sim, mas o PDT se juntou a este governo que quer enganar dizendo "pátria educadora" sinceramente! E a mídia, como a Globo por exemplo propaga as favelas com o Funk, com o "vo fala pra tu" e todo mundo aplaude, e cada vez mais, a cada escola que deixamos de construir, será construído um presídio, pois são alvos fáceis para a marginalidade.

    Rochinha, como Vc disse, vou parar por aqui, se não vou começar a ofender.
    Só mais esta! Este Sapo e sua Laranja, hão de ser pegos!!!! Até mais!
    Socorro STF!!
    Abraços,
    Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-