sábado, 5 de março de 2016

A Revolução Tupiniquim

Valdemar Habitzreuter

Da aventura grandiosa de Cabral,
O Brasil foi uma descoberta fatal.
Gente boa desnuda por aqui vivia,
Nada de corrupção então se sabia.

Aos poucos a civilização do além-mar
Incrustou-se neste solo sem par
Explorando os nativos em presentear
Espelhos, colares e futilidades sem cessar.

Era linda e rica a Terra de Vera Cruz,
Perdeu sua virgindade num piscar de luz
Ao ceder à ganância e avidez sem medida
De bandoleiros corruptos deixando-a ferida.

Quinhentos e tantos anos de infelicidade,
Sem esperanças de reaver sua dignidade,
Tudo parecia escuro qual sono de pesadelo,
Um povo aflito a perambular sem modelo.

Mas eis que algo inédito está a iluminar esta terra,
Uma mente brilhante a traçar o caminho da nova era,
É o nosso Moro dissolvendo os laços da corrupção.
A grande revolução tupiniquim em ação!

Quem diria um dia isto acontecer,
O fim do ronco do Gigante a estremecer,
Espreguiçando-se ainda atordoado,
Como sinal de restabelecer-se bem acordado? 
Título e Texto: Valdemar Habitzreuter, 3-3-2016

7 comentários:

  1. Sei... a culpa e a responsabilidade é dos portugueses que descobriram/acharam/colonizaram o Brasil – que só tinha ÍNDIOS, únicos e verdadeiros brasileiros.

    Brancos, negros, amarelos chegaram depois... vieram para colonizar o Brasil.
    Todos os cidadãos brasileiros, que não índios, descendem desses colonizadores.
    Mas a culpa e a responsabilidade da atual miséria do Brasil, nem é do PT, é dos portugueses!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro amigo Jim, através desse poema só quis mostrar que a corrupção no Brasil já vem desde o descobrimento do Brasil perpassando todos os governos e praticamente institucionalizada ultimamente pelo governo petista. Chegou a hora de ditar um basta, e é o que está acontecendo com o processo da Lava-jato de Moro. Nada de responsabilizar os portugueses, que tenho em alta estima - são nossos irmãos na cultura com seu preciosismo linguístico que, por sinal, aprecio muito tanto na escrita como na literatura em geral. Tenho-os em alta estima, podes crer. Um abraço fraterno brasileiro-portugues-alemão...
      Valdemar Habitzreuter

      Excluir
    2. Olá, Valdemar!
      Agradeço a consideração da resposta.
      Abração./-

      Excluir
  2. É… Só se o Sapo lula for português, Jim. Mas te digo que Corrupção tem em vários países. Até na Suisse, onde é a sede da Fifa, há Corrupção.

    Agora que temos que tirar o Chapéu para Exmo Sérgio Moro, temos!

    O sapo disse, após ser dispensado por liminar, que só iria depor, para um órgão competente e imparcial, pois bem então Sérgio Moro foi lá buscá-lo em casa, rsrsrs, e em discurso hoje, o sapo disse que "bastava mandar um ofício e ele iria" , mas é muito cínico.

    Como Habitz em um texto relatou, ele é o próprio "Malandro", porém, tropeçou em sua própria malandragem.

    Espero que o Brasil Acorde e vá às ruas dia 13/03, com garra e não só passear na Paulista ou nas Praias. Um Abs,
    H Volkart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Heitor!
      Eu irei, com certeza, lá para o largo Camões!...
      Abraços./-

      Excluir
  3. Caro Habitz, muito bom seu esclarecimento sobre o Texto, penso da mesma forma, valeu!
    Jim, para ilustrar um pouco a genética do nosso país: meu exemplo, sou Brasileiro até de baixo, como dizemos, meu Pai de origem Suíça, Mãe Alemã, Filha carioca de Mãe Portuguesa de 1ª geração, Filha, Paulistana de Mãe Francesa 3ª geração, então assim é o nosso País, que ainda espero voltar a me orgulhar, pois quando Aeronauta da VARIG me orgulhava muito dele.
    Vamos em frente Brasil!!!
    Abraços,
    H. Volkart

    ResponderExcluir
  4. Permitam-me discordar...
    Não podemos afirmar que havia corrupção no Brasil COLÔNIA.
    Para fazer isso, devemos analisar e balizar a linha temporal.
    Naquela época não havia esse negócio de direitos humanos, os índios eram escravizados e as riquezas da colônia enviadas ao colonizador.
    A escravidão negra era legítima na época, e os próprios negros invadiam tribos de minorias, para vendê-los.
    Podemos analisar a corrupção à partir do IMPÉRIO, aí, nessa linha temporal poderemos dizer que havia corrupção.
    Tanto é verdade que em 1835, houve a revolução Farroupilha.
    O império importava charque do Uruguai e Argentina, e cobrava taxas escrachantes dos fazendeiros gaúchos, obrigando-os a fazer criação de gado paralela no Uruguai, sendo proibida a passagem de gado para aquele país, tinham as reses, muitas vezes surrupiadas pela força imperial.
    A dívida da guerra contra a província cisplatina nunca havia sido paga aos gaúchos.
    O governo imperial investia o saldo das contas gaúchas em outros estados, como santa Catarina e São Paulo.
    Na minha opinião sem análise das linhas temporais e das relações humanas de sociais da época torna-se difícil fazer conexão da pilhagem nas nações colonizadas com corrupção.
    Devemos agradecer nossa imensidão territorial aos portugueses, porque a colonização espanhola sempre foi desagregadora, como se v~e até hoje, na Catalunha e país Basco. Creio que há cerca de 7 regiões espanholas com intuitos separatistas(?).
    Dom Pedro II é o maior dos brasileiros, foi expulso do país, pelos corruptos republicanos.
    Não houve um governo republicano no Brasil que não fosse corrupto.
    Com pesar afirmo que a ditadura militar foi o governo mais honesto que o Brasil teve.
    Roeu a corda, não conseguiu ser firme, e as forças republicanas voltaram.
    Salve os portugueses...
    fui...

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-