quarta-feira, 31 de agosto de 2016

O Brasil tem novo presidente. E Dilma ganhou novo cargo

Desde a redemocratização do Brasil – 15 de janeiro de 1985, o governador de Minas Gerais, Tancredo Neves, foi eleito Presidente da República pelo Colégio Eleitoral, com José Sarney como vice-presidente – é o terceiro vice-presidente que assume a presidência da República: José Sarney foi o primeiro, com a morte de Tancredo; Itamar Franco, com o impeachment de Collor de Mello; e hoje, 31 de agosto de 2016, Michel Temer, com a deposição de Dilma Rousseff.

Estou satisfeito com o afastamento de Dilma? Estou. Mas nada eufórico. A luta acaba de começar. Petistas, esquerdistas e outros istas tudo farão para encher o saco dos brasileiros de bem, e o Brasil que se lixe! Tudo farão, legal e ilegalmente, para avacalhar o cotidiano dos brasileiros. Dilma Rousseff deixou bem claro essa disposição na sua falação de ‘despedida’. (Veja no Facebook da senhora). Falação que só pode surpreender os ingênuos e os inocentes úteis.

A avacalhação é modus operandi e vivendi dessa malta.

Aliás, avacalhação tem sido a constante dos defensores da afastada. Tivemos um maravilhoso exemplo disso, hoje, no fatiamento do voto conseguido pela troupe com o deferimento de Lewandovski. Até o impichado Collor de Mello tentou, por duas vezes, alertar o presidente do STF (que presidia a sessão) do absurdo desse deferimento. Em vão.

Dilma perdeu o mandato de presidente da República do Brasil. E ganhou um cargo em um dos governos estaduais do PT. De onde continuará a aparecer e botar falação.

Tem muito mais para ser dito e escrito. A vez é sua, generoso leitor.

6 comentários:

  1. Acordão impediu que a justiça fosse feita em sua plenitude!!!

    Vergonha, isso sim foi um golpe!!!
    Renan, PT e Lewandowski deram um golpe na constituição, pois o impedimento e a inabilitação por oito anos para a função pública estão associados. Veja o que diz a Constituição em seu Artigo 52...


    Compete privativamente ao Senado Federal:
    I - processar e julgar o Presidente e o Vice-Presidente da República nos crimes de responsabilidade, bem como os Ministros de Estado e os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica nos crimes da mesma natureza conexos com aqueles;
    II - processar e julgar os Ministros do Supremo Tribunal Federal, os membros do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público, o Procurador-Geral da República e o Advogado-Geral da União nos crimes de responsabilidade; (...)
    Parágrafo único. Nos casos previstos nos incisos I e II, funcionará como Presidente o do Supremo Tribunal Federal, limitando-se a condenação, que somente será proferida por dois terços dos votos do Senado Federal, à perda do cargo, com inabilitação, por oito anos, para o exercício de função pública, sem prejuízo das demais sanções judiciais cabíveis.

    ResponderExcluir
  2. É verdade!
    Tem coisas obscuras! Imaginem que eu vou jantar à noite no voo com o Cara, e ele não sabe que eu à tarde fiz algumas faltas de coerência, como votar sim e votar não, não é?
    É jantar a bordo, interessante.
    Com bom vinho! Será que não sabia? São atitudes muito estranhas.
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir
  3. Prezados, volto a me sentir intrigado, sendo passado para traz, sendo enganado. Qual meu recurso? Caramba! O povo Brasileiro não tem mais a quem recorrer! Que Merda! Que Barbaridade!
    Volto a questionar o momento antes do jantar a bordo com vinhos e coquetéis.
    Prezados, ouviram o Presidente do Congresso sussurrar ao Presidente da República: "estamos juntos"! E Viajaram! E digo o Presidente da República não sabia?
    Fatiado está sendo o povo Brasileiro em milhares de fatias!!!
    Heitor Rudolfo Volkart

    ResponderExcluir
  4. Polemizando!
    3 tipos que nunca pensam no povo>
    DEUS
    POLÍTICOS
    RELIGIOSOS
    OS 3 vendem esperanças para os IMBECIS COMPRAREM.

    ResponderExcluir
  5. E diante disto eu digo o quê?
    É o fim da Picada!
    Heitor Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-