sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Obama vem ao Rio, base da identidade e da unidade nacionais, ou a um parque temático?

Foto oficial de Barack Hussein Obama

Cesar Maia              
1. Os governantes festeiros do Rio vão transformar a visita do Presidente dos Estados Unidos numa visita a um parque temático, para conhecer as belezas da cidade e tirar fotos em favela. Um roteiro exatamente igual ao das centenas de turistas que circulam de jipão todos os dias pela zona sul do Rio.               
2. Em Brasília, terá reuniões de trabalho com a Presidente Dilma, onde assinará convênios e entendimentos. Usará da palavra nos pódios dos Presidentes. Em S. Paulo seria uma conversa com o empresariado local. No Rio, uma visita turística. O que pensam esses governantes daqui? Certamente estarão na frente de Obama no Abre-Alas do passeio. E quem sabe, fantasiados.               
3. Por que Obama não recebe o título de Doutor Honoris Causa numa Universidade do Rio onde falaria sobre a cultura afroamericana na formação das Américas? Ou sobre a crise no mundo árabe? Ou a economia pós-crise?               
4. Por que não participa de uma reunião fechada com intelectuais e artistas do Rio? E uma reunião como empresários nossos para tratar da questão do Petróleo e da Tecnologia da Informação, cuja centralidade está no Rio?               
5. Não é possível que uma visita dessa importância seja usada como passeio de turista. E uma foto emblemática. Espera-se que o juízo volte à cabeça dos governantes e que a diplomacia brasileira seja acionada para mudar o roteiro. No voo de helicóptero em direção ao aeroporto, Obama poderia ver todas as maravilhas naturais do Rio. E alguns de nossos problemas.
Título e Texto: Ex-Blog do Cesar Maia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-