quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Dilma quer ficar no berro e na canelada. O país que se dane!

Pantomima truculenta na Câmara prova que eles não têm limites; Renan Calheiros propõe manobra sórdida

Reinaldo Azevedo

A baixaria a que se assistiu nesta terça na Câmara dos Deputados, promovida por petistas e esquerdistas ainda mais rombudos, evidencia o ADN dessa gente. Dado o risco de perderem as mamatas, dado o risco de serem derrotados pelo Estado de Direito; dado o risco de terem de se defrontar com a verdade, eles podem, sim, partir para o tudo ou nada.

Muita gente tem dúvida se petistas e comunistas associados tentarão promover a desordem no país caso sejam derrotados no processo de impeachment ou percam as eleições. A resposta, obviamente, é “sim”.

E o fariam por vários motivos:
1) porque não respeitam a democracia e não a têm como um valor inegociável;
2) porque acreditam na função redentora da violência;
3) porque se consideram monopolistas da virtude;
4) porque querem esconder seus crimes;
5) porque o crime se tornou seu meio de vida. 

A truculência da base governista na Câmara nesta terça — e olhem que estamos falando de parlamentares que estão submetidos ao decoro — é a evidência de sua falta de limites. Aliás, suas franjas nas ruas, como MST e MTST, o demonstram à farta, não é mesmo?
Título e Texto: Reinaldo Azevedo, VEJA, 9-12-2015


Relacionados:

Um comentário:

  1. Meus Prezados!Caros Amigos e Colegas!
    Vejo Luz no fim do Túnel, e nele não adianta gritar, Nem "espernear"!!
    O Temer está com o "baralho" é ele que dará as Cartas, agora!
    Está com Dilma sob seus Pés!!!
    Vejamos!!!!!!!
    Abraços Natalinos!
    Saúde!
    Volkart

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-