sexta-feira, 16 de março de 2018

Marielle continua a ser assassinada por comentaristas, blogs sujos e o PT

o antagonista

A vereadora Marielle Franco continua a ser assassinada.

Assassinada pela horda que infesta as áreas de comentários dos sites de notícias, inclusive o nosso, dizendo que Marielle “merecia morrer”.

Assassinada por blogs sujos que, em busca de audiência e para fazer favor aos seus patrões, se aproveitam desses comentários abjetos para atacar os sites de notícias, inclusive o nosso, como se os jornalistas que neles trabalham dessem aval à horda.

Assassinada por PT e demais partidos de esquerda que tiram proveito político da morte de Marielle, para atacar os seus adversários.

Um nojo.
Título e Texto: o antagonista, 15-3-2018

Relacionado:

10 comentários:

  1. Imediatamente após a morte da vereadora, toda a esquerda nacional transforma a tragédia em um ato político misturando elementos de suas mais variadas pautas. No protesto realizado hoje, até o hino da Internacional Socialista foi cantado e o ato transformou-se numa ação contra o governo, coisa qual a qual não guarda NENHUMA relação direta. Agora até o Parlamento Europeu se mobiliza sobre isso.

    Sério. A dimensão, a politização absurda, e o direcionamento que os protestos têm tomado não lhe causam, assim, nem uma pequenina, umazinha só, suspeita de que haja algo MUITO estranho por trás disso?

    ResponderExcluir
  2. Hoje aos 67 anos ouvi de um garoto uma frase difícil de se entender, mas de uma razoabilidade incrível.
    Há pessoas que morrem no trânsito, por erros humanos absurdos.
    Há pessoas morrendo por latrocínios inexplicáveis.
    Há pessoas morrendo por amor e ciúmes.
    Há pedofilia entranhada na sociedade.
    Há crianças assassinadas pelos pais, e pais assassinados por filhos.
    Há execuções.
    Porém as execuções no Brasil raramente são políticas.
    As execuções são feitas por bandidos, e esses bandidos são do crime organizado ou dos milicianos.
    Quando você defende uma parte, a outra mata sem remorso.
    Eis a frase que ouvi:
    - Quando há uma execução, há um ato criminoso do executado, o executado também cometeu um crime ou foi queima de arquivo.
    Ninguém se comoveu com Celso Daniel.
    A vereadora do PSOL não foi queima de arquivo, defender criminosos atacar milicianos, ou defender milicianos e atacar o crime organizado, fazem as pazes com inferno.
    Fui...

    ResponderExcluir
  3. Quem matou a vereadora foi esquerda, oi foi direita?
    Uns dizem que foi uns outros dizem que foi outros.
    Foi nenhum destes , foram bandidos do crime organizado sem ideologias , que resolveram desafiar os militares.
    E o mundo todo esta buscando motivações ideológicas , conforme o interesse de cada um , direita ou esquerda.
    E assim como fizeram com o atentado de Paris,criam chamadas "jei suis Charles " e agora "je suis Marielle".
    Os políticos querem direcionar aos adversários, a culpa e aparecerem na midia..
    Só em portugal estão marcadas 3 passeatas. (????) O que Portugal tem a ver com o crime no Rio??
    Ninguém sabia quem era a vitima ,em vida, agora todos são defensores suas causas radicais e revolucionarias.
    Quem matou foram bandidos e como tais devem ser tratados, sem buscar razões políticas.
    São gente do Mal, sem ideologia!
    Isto é coisa para a Europa,e uns poucos intelectuais, no Brasil. Ainda não tem significado para as pessoas comuns no Brasil!
    E a intervenção ,é apenas feita na "meia boca" , não é séria!
    Se fosse intervinha no governo do Rio , e não subordinada a este!
    Foi uma estratégia política,de um governo desacreditado ,que lamentável mente incluiu, nest "fria" as forças armadas.
    paizote

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Portugal não tem nada a ver com o crime no Rio. Mas, governado pela esquerda e extrema-esquerda, não iria perder a chance de acirrar os ânimos contra as pessoas que teimam em ser... normais!

      Excluir
    2. Gostei muito desta resposta,principalmente dos "normais"!
      Eu também sou normal!
      Pelo menos até que a norma se modifique! rsrs
      Paizote

      Excluir
  4. Temer cancela ida programada ao Rio em função da repercussão da morte da vereadora. O palácio do planalto assumiu, que até que seja dada uma resposta à sociedade ,prendendo estes bandidos de forma rápida . a imagem da intervenção e do próprio governo esta arranhada, Repito, conclusão dos assessores no palácio Então parece que tudo foi planejado para arranhar a imagem dos militares. Acho que o cancelamento da viajem , vai ser um tiro no pé!
    Paizote

    ResponderExcluir
  5. Assim como Portugal, outros Países “Esquerdistas” tbm tiram proveito para se fortalecerem em suas militâncias, mas como aqui no Brasil, este crime está sendo absurdamente usado, para que Partidos e outros interessados que temem a Intervenção Militar se fortaleçam politicamente. Será que não foi um ato da própria “esquerda” ou milícias ou tráfico? Estão se beneficiando escandalosamente!

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-