quinta-feira, 10 de setembro de 2020

[Atualidade em xeque] A reincidência

Como arrasar um país - a saga contínua dos meliantes

José Manuel

Quarta-feira, nove de setembro de 2020, uma notícia em toda a mídia escrita, falada e virtual, mas poderia ser em algum dia do passado em 2006 dentro da sala da presidência da VARIG.
Os atores são os mesmos. O " modus operandi " o mesmo!

Uma foto conhecida por sofridos milhares de partícipes em uma tragédia social sem limites no Estado brasileiro, mostra uma quadrilha em pleno saque à quinta maior empresa aérea mundial e orgulho nacional.

A foto tirada nas vísceras da VARIG e autografada por um vagabundo cachaceiro mostra como cometer uma tragédia social sem pesar, sem a preocupação do porvir.

Todos na foto sorriem, sem medo, sem preocupação alguma, afinal os US $ 300 milhões estavam acordados e uma polpuda comissão, mais que garantida!

O saque premeditado havia alcançado 100% de sucesso sem a menor reação dos milhares de pobres coitados funcionários e suas famílias. Só que o " porvir " demorou, mas acabou chegando.

A impunidade oficializada de um ato criminoso contra a VARIG, forjou a têmpera dos meliantes que se julgaram acima do bem e do mal para continuar cometendo crimes contra a Nação.


Agora, em 9 de setembro quase por coincidência 11, as torres gêmeas do crime oficial organizado começam a ruir com a descoberta por meio de uma delação de um membro do staff e do próprio nosso velho conhecido. " Seu " Cabral, em mais uma fraude gigante, desta vez nas vísceras da União.

O sistema "S"

E o "modus operandi" sempre o mesmo, ou seja, tráfico de influência, estelionato, peculato, exploração de prestígio, corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e sonegação fiscal.

Desta vez como o Ministério público os definiu "os Comandantes do Crime" desviaram apenas R$ 151 milhões da Fecomércio RJ, e do sistema "S”.

Ironicamente esses meliantes depois de tripudiar à vontade da Varig, sem nunca terem sido punidos, foram promovidos pela justiça a COMANDANTES DO CRIME. Aliás, diga-se de passagem, uma promoção tardia, mas muito justa. Só falta o uniforme as birimbelas e o quepe.

Título e Texto: José Manuel - na Torre de controle, só observando. 9-9-2020

Relacionado:

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-