terça-feira, 18 de agosto de 2020

Massa de ar polar derruba temperaturas no Rio a partir desta quinta

Onda de frio vinda da Argentina irá provocar queda brusca de temperatura na cidade. O tempo gelado deve permanecer até o início da próxima semana


Diário do Rio

Uma massa de ar polar vinda da Argentina pode atingir o Rio nesta semana, prometendo quedas bruscas de temperatura em toda cidade. A bolha de ar frio ainda pode provocar chuvas fracas a moderadas em pontos isolados do município. O ápice do clima gelado deve ser sentido pelos cariocas no próximo sábado (22/8), quando a máxima deve chegar a impressionantes 19°C, com a mínima podendo bater os 15°C. As informações são do Alerta Rio.

Nesta terça (18/8) e quarta-feira (19/8), o clima na Capital Fluminense ainda será influenciado pela a passagem de uma frente fria no oceano.

O predomínio será de céu nublado e há previsão de chuva fraca isolada. Os ventos estarão fracos a moderados e as temperaturas permanecerão estáveis em relação ao dia anterior, com mínima de 17°C e máxima de 30°C.

Já na quinta-feira (20/8) o tempo começa a mudar no Rio com a aproximação da massa de ar polar, com ventos moderados e queda na temperatura. A máxima não passa de 24°C e a mínima de 17°C.

Na sexta-feira (21/8), a temperatura cai ainda mais, com máxima de 21°C e mínima de 15°.

E no sábado (22/8), o tempo frio se instala de vez, com a máxima atingindo ‘apenas’ 19°C com mínima de 15°C.

O clima frio deve permanecer na cidade até o início da semana que vem. Diante da previsão, a Marinha também emitiu alerta de ressaca no mar.

Segundo a Climatempo, temperaturas abaixo de 0°C devem ocorrer em áreas de grande altitude do sul do Rio de Janeiro, como Parque Nacional do Itatiaia.

Massas de ar frio fortes ocorrem virtualmente quase todos os anos no Sul do Brasil, mas esta será excepcionalmente forte e abrangente, informou a Metsul Meteorologia, um dos principais geradores de conteúdo de informação meteorológica do Conesul.

Título, Imagem e Texto: Redação Diário do Rio, 18-8-2020

Um comentário:

  1. Nas primeiras semanas de agosto a temperatura esteve nota 10! Sol durante o dia e um ligeiro frescor à noitinha.

    A disponibilidade de testes de Covid-19 é bastante ampla através de Drives-Thru (o teste rápido, da picada na ponta do dedo); o outro, RT-PCR (o do cotonete) é mais ‘burocrático’, mas o resultado sai em até 72 horas. Eu fiz os dois. O resultado: Fuck Covid!

    Álcool em gel a dar com o pau! Todo estabelecimento comercial, pequeno, pequenino, grande, enorme, ostenta à entrada recipientes com o álcool e também no interior. Alguns supermercados e restaurantes medem a temperatura corporal à entrada.

    No hotel, além de recipientes espalhados pelo lobby, acesso aos elevadores, entrada do restaurante, também dentro do quarto. É fácil ficar ‘alcoolizado’ no Rio de Janeiro!

    A maioria da população usa máscara.

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-