sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fala sobre o rompimento da barragem em Brumadinho, MG.

11 comentários:

  1. Com relação as barragens e inúmeras outras situações, guardo comigo a mesma opinião de um grandessíssimo amigo meu, Japonês. Ele diz:
    "Todas as vezes que agimos contra a NATUREZA, criamos monstros!"

    ResponderExcluir
  2. MULTANDO O GOVERNO?
    A companhia é controlada pela holding Valepar, composta por Bradesco, a japonesa Mitsui, o BNDES e a Litel, fundos de pensão como Petros (Petrobras) e Previ (Banco do Brasil). Por meio de fundos e BNDES, o governo tem 60,5% da Valepar.
    DOU DE 13 DE NOVEMBRO DE 2015
    DECRETO Nº 8.572, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2015

    Altera o Decreto nº 5.113, de 22 de junho de 2004, que regulamenta o art. 20, inciso XVI, da Lei nº 8.036, de 11 de maio de 1990, que dispõe sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA , no uso da atribuição que lhe confere art. 84, caput , inciso IV, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 20, caput , inciso XVI, da Lei nº 8.036, de 11 de maio de 1990,

    DECRETA:

    Art. 1º O Decreto nº 5.113, de 22 de junho de 2004, passa a vigorar com as seguintes alterações:

    "Art. 2º ....................................................................................

    .........................................................................................................

    Parágrafo único. Para fins do disposto no inciso XVI do caput do art. 20 da Lei nº 8.036, de 11 de maio de 1990, considera-se também como natural o desastre decorrente do rompimento ou colapso de barragens que ocasione movimento de massa, com danos a unidades residenciais." (NR)

    Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

    Brasília, 13 de novembro de 2015; 194º da Independência e 127º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miguel Rossetto
    Gilberto Magalhães Occhi

    FAÇAM SUAS APOSTAS SOBRE INDENIZAÇÕES?
    FUI, PORQUE SOU CHATO...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por conta de uma mudança aprovada na Reforma Trabalhista, a indenização por danos morais aos trabalhadores vítimas do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG), está limitada a 50 vezes o salário que recebiam atualmente. A regra, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo ex-presidente Michel Temer, passou a valer em novembro de 2017. Antes, a indenização por dano moral poderia ser maior... -
      O artigo 223-G da lei 13.467/2017, que trata da reforma, estabeleceu que haveria uma gradação para a concessão do dano moral que levaria em conta uma série de fatores com base em uma escala de gravidade. Para danos morais gravíssimos, o teto ficou em 50 salários do último salário do trabalhador. Para quem, hipoteticamente, recebia o salário mínimo (R$ 998,00), o teto seria de R$ 49.900,00.Essa limitação é duramente criticada por sindicatos, procuradores e juízes. Em dezembro, a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade 5870 contra esse teto no Supremo Tribunal Federal. A procuradora-geral da República R... - Veja mais em http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2019/01/27/reforma-trabalhista-limita-indenizacao-a-vitima-de-brumadinho-a-50-salarios/?cmpid=copiaecola


      Excluir
    2. Sakamoto por aqui?
      Nem reparei...

      Excluir
    3. A lei citada acima trata de dano extra patrimonial , os danos materiais são alvos de ação judicial e entendidos medidos pela diferença entre valor atual do patrimônio da vítima e aquele que teria, no mesmo momento, se não houvesse a lesão.
      Direito inviolável previsto no art.5º da constituição federal.

      Excluir
  3. Uma das poucas coisas boas que a Dilma fez, foi o decreto acima ,postado pelo Vanderlei, que permite que o FGTS seja liberado aos vitimados, sem este decreto nem isto poderia!

    ResponderExcluir
  4. O que a ANTA fez numa lei de ressarcimento civil, foi inocentar as companhias num provável justiçamento criminal.
    As leis civis, criminais e penais não são extemporâneas, não podem inocentar civilmente, um provável crime na esfera penal.
    Deveria ter um segundo inciso responsabilizando as mineradoras pelo eventual subsídio.

    ResponderExcluir
  5. Vejo que a ANTA deveria ser judicialmente uma das culpadas desse episódio, assim como o de Mariana.
    A petralhada culpa Bolsonaro debochando de quando disse em Davos que éramos o país que mais investia em meio ambiente.
    Queria que provem o contrário.
    NINGUÉM INVESTE MAIS EM MEIO AMBIENTE QUE O BRASIL.
    NINGUÉM DARIA UMA RESERVA DE 14 MILHÕES DE HECTARES A ALGUNS ÍNDIOS, COM A MAIOR RESERVA DE NIÓBIO DO MUNDO

    ResponderExcluir
  6. O Brasil e obviamente alguns brasileiros são imediatistas.
    Tudo que acontece é fruto de quem cria, nunca de quem pariu.
    Quem pariu põe a culpa em quem fez sexo com ela.
    Quem fez o sexo diz que foi consensual.
    Depois de 20 anos vem a desculpa de assédio e estrupo.
    São as maracutaias jurídicas.
    O PT não elegia ninguém até a gauchada dar-lhes guarida como prefeituras, governo e deputados.
    Triste é isso.
    Nós criamos o câncer que disseminou-se país a fora.
    O tal orçamento participativo fodeu.
    Tenho asco do paulo pimenta e do paulo capim, sem falar da maria do calvário.
    Pompeo que mata, é terrível.
    Meu orgulho se fodeu.
    fui...

    ResponderExcluir
  7. Geraldo Rodrigues da Silva Junior28 de janeiro de 2019 14:42

    AOS BABACAS DE PLANTÃO E DEFENSORES DO DEPUTADO BICHONA E LULARÁPIO, E TAMBEM AOS ESQUERDISTAS EMBURRECIDOS PELO COMUNISMO PETISTA LADRÃO

    AOS ESQUERDISTAS DE MERDA E DEFENSORES DO VIADÃO DEPUTADO ABIDICANTE

    SABEMOS EM QUEM PODEMOS ACREDITAR E COM CERTEZA NÃO SERÁ EM APOIADORES DE LULA E MEMBROS DA ESQUERDA CORRUPTA PETISTA. OU COMUNISTÓIDES EMBURRECIDOS.

    OS MELHORES ANOS DO BRASIL FOI DEBAIXO DO CONTROLE MILITAR, AONDE POLITICO CORRUPTO DANÇAVA E APANHAVA, LADRÃO ANDAVA DE CABEÇA BAIXA, CRIMINOSO HEDIONDO MORRIA, E ESTRUPADOR ERA ENRABADO NAS PRISÕES.

    AONDE O OLHO POR OLHO ERA MAIS PRESENTE, CORRUPÇÃO HAVIA EM PEQUENA ESCALA, POIS QUANDO SE PEGAVA, ERA CAÇADO SEUS DIREITOS POLITICOS E RECEBEIA UM CORRETIVO À ALTURA.

    A JUSTIÇA HUMANA NÃO FAZ JUSTIÇA, FAZ VINGANÇA, E ENTÃO SOU ADEPTO DO CASTIGO CORPORAL. PRESO NÃO SE COMPORTOU, APANHA PARA APRENDER A SER EDUCADO.

    COMETEU O CRIME E NÃO QUER FALAR, PENDURA ELE QUE ELE FALA E CONTA TUDO DIREITINHO....

    ESTRUPOU UM INCAPAZ OU CRIANÇA, CASTRA ELE, CORTA TUDO DEIXA SÓ O BURAQUINHO PRA FAZER XIXI.

    SE FOI ADULTO, DEIXA OS MENINOS NA PRISÃO ENRABAR ELE QUE ELE VAI APRENDER....É ASSIM QUE SE FAZ.

    OLHO POR OLHO E DENTE POR DENTE! LEI DE TALIÃO E COPIA DO CODIGO DE HAMURABI.


    NÃO GOSTOU!!!! FODA-SE

    OS TEÓRICOS DE PLANTÃO QUE SE ACHAM ÓTIMOS CRÍTICOS POLÍTICOS AQUI NESTE GRUPO, SERVEM SOMENTE DE MOTIVO DE CHACOTA....PETISTAS LOMBROSIANOS A APOIADORES DE LADRÕES E CORRUPTOS.DEVERIAM SER EXPORTADOS PARA PAISES COMUNISTAS E FAZER UM ESTAGIO NA VENEZUELA....SÃO UNS VERDADEIROS BABACAS ARROGANTES QUE NÃO SABEM DE NADA.

    PERGUNTEM A ELES SE JÁ VIVERAM EM CUBA, NA VENEZUELA, NA COREIA DO NORTE OU OUTRA REPUBLIQUETA DITATORIAL COMUNISTA?

    AHHH, NUNCA FORAM?, ENTÃO NÃO SABEM PORRA NENHUMA, SÃO UNS VERDADEIROS BABACAS QUE PENSAM QUE SABEM!!!!!!
    Geraldo Rodrigues da Silva Junior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escoimado de um certo exagero, entendo que o Geraldo teve coragem de dizer o que a maioria dos brasileiros pensa mas prefere não externar publicamente .
      Batalha

      Excluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-