quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Tráfico de drogas

Regina Mas
A cidade do Rio de Janeiro, um dos postais do nosso Brasil e onde nasci e resido ainda, tem sido palco de tristes acontecimentos que se agravam dia após dia. Pessoas, vítimas de balas perdidas, morrem ou sofrem lesões graves. Policiais, tentando enfrentar bandidos, ou passar por determinados locais onde o perigo é evidente. Enfim, vivemos uma guerra, onde impera o medo, quando comerciantes são obrigados a fechar suas portas em virtude das ameaças de bandidos.


Todo o caos em que vivemos atualmente tem uma origem: A DROGA E O TRÁFICO DA MESMA. Tudo isso vem ocupando meus pensamentos que tenta vislumbrar uma solução para o grave problema que vivemos, ainda que eu nada possa fazer em relação a ele, a não ser escrever e manifestar minha opinião a quem me queira ler. É possível que eu esteja completamente errada ao admitir a solução que desejo apresentar a vocês, aqui e agora, como a única viável no momento.


Nunca foi de meu agrado analisar pontualmente qualquer problema, visto que eles não acontecem isolados, mas conectados a outros fatores e o primeiro deles é que, só há traficantes de drogas porque há os que as consomem. Se abrimos um negócio e tentamos vender um produto que ninguém compra, falimos – isso é óbvio!

A rede do tráfico de drogas é poderosa e não se restringe ao nosso território.
Fora a droga produzida aqui mesmo que não tem que atravessar fronteiras, há a droga vinda de fora e é quase inútil se tentar impedir essa entrada visto que o Brasil é imenso e caso ela não entre via aeroportos ou portos, entrará via florestas e rios sobre os quais é praticamente impossível manter-se uma vigilância permanente ou não.

Enfim, o que se constata é que quem quer usar droga usa, ainda que seja proibida a venda.
Isso não é mistério para ninguém. Qualquer um que queira comprar cocaína, maconha ou outra droga que seja, vai comprá-la com relativa facilidade, se tiver dinheiro.

Para cada traficante, de segundo ou terceiro escalão, que seja preso ou que morra no “cumprimento de dever”, surgem dois ou três para substituí-lo, pois a rede é poderosa, rendosa e encontra interessados em todos os níveis de nossa sociedade.
Tudo o que falo nesse texto é do conhecimento de todos. Não possuo nenhuma informação secreta.

Durante a Lei Seca, quando a bebida alcoólica teve proibida sua venda nos Estados Unidos, foi quando surgiram os grandes e legendários bandidos que se dedicavam à compra e venda ilegal de álcool. O álcool É UMA DROGA, quer queiram quer não queiram os apreciadores de bebidas alcoólicas.
Sua venda é absolutamente liberada e bebe-se à vontade embora haja um tênue e quase imperceptível alerta que recomenda moderação nas propagadas de cerveja na TV.

Divisa


"Afinal, houve ou não houve uma ordem de Dilma para que o caso Aerus fosse resolvido?"

Rubens de Freitas 

Meus amigos de sofrimento ETERNO do Aerus,
Dizem que há 80 dias a presidente Dilma deu ordem para que fosse encontrada uma solução para o caso Aerus. Será que realmente houve essa ordem? Sou obrigado a questionar. Uma ordem de uma presidente da República deve ser cumprida imediatamente. Pois bem, nesses 80 dias o que aconteceu?

Um inaceitável jogo de empurra, um passando a bola para o outro, reuniões marcadas e canceladas ou adiadas. Na minha opinião, o principal motivo de dúvida sobre um possível acordo é o quase desprezo que o caso está recebendo do ministro da AGU, Dr. Adams. Este senhor nunca encontra tempo para se dedicar ao caso. Ele tem enviado seus assistentes para participar. Para o Aerus ele nunca encontra tempo, mas só nesta última semana se reuniu com o presidente do clube Atlético Mineiro, e ontem com o presidente do Fluminense, às 14 horas, e com o advogado desse clube, às 16 horas.

Afinal, houve ou não houve uma ordem de Dilma para que o caso Aerus fosse resolvido? Se houve, sua ordem está sendo DESCUMPRIDA.

Estava marcada uma reunião para ontem com a participação de dois assistentes do Adams e de nossos advogados. Todos estavam aguardando com ENORME ansiedade, na expectativa que finalmente houvesse uma proposta do governo.
Assistindo ao chat das 20h todos ficaram MUITO decepcionados.
Em primeiro lugar não houve nenhuma proposta do governo. Em segundo lugar ficou claro, claríssimo, cristalino, que o governo vai levar nosso caso para 2014, não duvido que para depois da Copa do Mundo.

Na reunião, os assistentes da AGU disseram que AINDA vão elaborar um documento a ser enviado para a Casa Civil. Claro que nosso advogado, Dr. Lauro, ficou decepcionado com essa posição e chegou a se dispor a colaborar na preparação desse documento a fim de agilizar o processo. Ou seja, ainda vai ser feito um documento para a Casa Civil que, ao recebê-lo, com certeza, vai levar BASTANTE tempo para analisar. Depois disso, claro, que ainda vão ser envolvidos outros ministérios no processo todo.

Ontem, no chat, os nervos dos participantes estavam tão à flor da pele que Graziella Baggio, sempre atenciosa, calma e tranquila, chegou ao ponto de tirar seus óculos e dizer que não iria mais ler as perguntas e muito menos respondê-las. O clima esquentou de verdade.

Já estamos entrando em novembro. No mês que vem teremos o recesso, depois férias, carnaval e copa do mundo.

O mundo está com o saco cheio dos populistas e demagogos

Francisco Vianna
Em pleno dia de Halloween, na Venezuela, o ‘aprendiz de ditador bolivariano’ da vez, Maduro, apela para o sobrenatural para impressionar os perfeitos idiotas sul-americanos de seu país e diz que Hugo Chávez, do além, fez aparição aos trabalhadores numa escavação do metrô de Caracas. Coisas típicas hoje de países com cidadania de baixa qualidade.

Nicolás Maduro, o colombiano que ocupa a presidência da Venezuela, acompanhado de  sua  caterva,  pediu ontem  ao  MERCOSUL que veja os BRICs como "o novo poder do século XXI" e elogiou o fato do Brasil fazer parte desse  "bloco". Foto: EFE
A quem é dirigido o discurso do aprendiz de ditador da vez na Venezuela? Provavelmente ao mesmo público ao qual é dirigido o discurso do PT e sua “base alugada”, no Brasil: aos perfeitos idiotas latino-americanos!

Nicolás Maduro, o colombiano presidente da Venezuela, disse ontem que o rosto do finado caudilho Hugo Chávez, que foi prestar contas a Satanás no início deste ano, “apareceu” numa das paredes rochosas de um dos túneis escavados para a construção de uma linha do metrô de Caracas, e para “provar” o que disse, exibiu uma “foto”.
Brandindo a "foto”, disse: “Olhem para esta figura que surgiu perante os trabalhadores (como gostam de falar em nome dos trabalhadores!)... Eles podem até falar com ele... Um rosto... De quem será esse rosto? De quem é esse olhar que é o olhar de todo o país e que está em toda a parte, inclusive nos fenômenos inexplicáveis​​", numa referência a Chávez, durante uma cerimônia do governo em Caracas.

Dia Internacional do Comissário(a) de Voo!

Jonathas Filho

Chads e Richard Arnold
Hoje é um dia muito especial.  É um dia de homenagens a uma profissão cuja vocação só é encontrada em pessoas muito especiais.
Há que ser celebrado sempre e por isso vou comentar alguns aspectos da vida desses profissionais que, como disse o poeta, “vivem nas nuvens”. 

Ser Comissário(a) não é ser somente um indivíduo, numa profissão  específica, que foi gradualmente preparado e cujo aprendizado absorveu, consolidou  e o mantém;  aperfeiçoando-o a cada dia.

Ser Comissário(a) é estar sempre preparado, disposto, alerta e condicionado a qualquer acontecimento seja a bordo ou em terra firme. Aprendeu a controlar suas emoções mas, não as perdeu. Comissário(a) também sofre, sente dor, sente falta e chora como qualquer ser humano comum.
 
Ser Comissário(a) é reciclar em si mesmo, ao longo da vida, conhecimento técnico e experiência, usando sempre as alternativas mais apropriadas quando necessárias são; seja numa emergência em voo ou em terra; seja numa situação social delicada, seja no seu dia a dia comum.

Ser Comissário(a) é estar pronto a abrir mão de estar presente junto à familia, aos amigos, nas festas e solenidades, quando necessária é a sua presença em um voo. O atendimento às solicitações da Escala implica, em muitas vezes, na renúncia à vida social regular.

Suiriri-de-garganta-branca (Tyrannus albogularis)

O suiriri-de-garganta-branca é uma ave passeriformes da família Tyrannidae.
Apresenta um amarelo puro no ventre e no peito, um branco destacado na cabeça, uma máscara negra bem definida e um píleo amarelo.
Pode ser facilmente confundido com o suiriri (T. melancholicus).
Espécie localmente comum no Brasil centro-oriental em áreas semi-abertas, bordas de florestas, cerrados, caatingas, capoeiras, fazendas, parques e jardins.
Bem menos frequente e de comportamento mais discreto que o suiriri (Tyrannus melancholicus).
Wiki Aves

Foto: Carlos Timm

Happy Halloween!


Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa, é um evento tradicional e cultural, que ocorre basicamente em países de língua inglesa, mas com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como base e origem as celebrações dos antigos povos (Dos Povos Celtas sec. III).
O primeiro registro do termo "Halloween" é de cerca de 1745 anos. Derivou da contração do termo escocês "Allhallow-eve" (véspera do Dia de Todos os Santos) que era a noite das bruxas.
Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome actual da festa: Hallow Evening Hallowe'en Halloween. Rapidamente se conclui que o termo Dia das Bruxas não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa. 

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

[Venezuela] Carta abierta a los Reyes de Holanda


McLean, Virginia, Octubre 30, 2013
Majestades:
En Venezuela se admira y se quiere a Holanda, país con el cual hemos mantenido una larga y fructífera amistad. A título personal, durante mi carrera de 20 años con la empresa Shell tuve la oportunidad de vivir con mi esposa por un año en su país, en la bella La Haya, donde nos nutrimos espiritualmente visitando al Mauritshuis y gastronomicamente en los excelentes restaurantes de comida Indonesia tales como el Tempat Senang y el Garoeda. 

Hoy nuestro país vive una etapa trágica a manos de un régimen autocrático, corrupto  e inepto, en el cual la criminalidad, la lucha de clases y el caos económico se combinan con la activa incitación al odio por parte del régimen contra quienes disientan de su ideología política,  afín a la de Cuba. Cada día se presentan nuevas evidencias de persecución en contra de la disidencia política y ayer mismo, 29 de Octubre, las calles de la ciudad capital, Caracas, amanecieron llenas de afiches definiendo a tres de los líderes de la oposición como la “trilogía del mál” y exponiéndolos al escarnio público, afiches estos pagados con el dinero de la nación.

Por ello, y por razones múltiples que serían imposibles de enumerar en una breve carta, les recomiendo, con el mayor respeto, que no visiten a nuestro país en estos trágicos momentos, ya que esa visita sería utilizada por los propagandistas del  régimen para crearle una falsa ilusion de aceptación internacional.
Con mis respetuosos saludos,




Gustavo Coronel, Geólogo Petrolero y Politólogo, “Las Armas de Coronel”, 30-10-2013
Ex-Becario Shell y Ex-Empleado Shell por 20 años, en Venezuela, Indonesia y Holanda.  

Criação de empresas em Portugal aumenta 16,4% até Setembro. Encerramentos e insolvências em queda

Rui Neves
Foram constituídas 27.318 empresas até Setembro, mais 16,4% do que há um ano, o dobro da soma das dissoluções (menos 17%) e insolvências (menos 5,6%)

Foto: Paulo Duarte/Negócios
Portugal soma e segue na renovação empresarial, o que não significa mais e melhores negócios e empregos. Do ponto de vista puramente estatístico, em todos os meses de 2013 aumentou o número de empresas constituídas quando comparado com os meses homólogos do ano passado. Até Setembro, foram criadas 27.318, mais 3.859 do que há um ano, o que traduz um crescimento de 16,4%, revela o Barómetro Empresarial Informa D&B.

O relatório, que o Negócios tinha já noticiado esta manhã, mostra que analisando apenas o terceiro trimestre de 2013 registou-se um aumento de 12,2% na criação de empresas e uma descida no encerramento (-18%) e nos processos de insolvência (-6,4%) em relação ao trimestre homólogo de 2012.

O forte crescimento das constituições no acumulado do ano é acompanhado por uma redução considerável das dissoluções de empresas (menos 17,%, num acumulado de 9.733) e de insolvências (menos 5,6%, fixando-se em 4.244). Isto significa que, nos primeiros nove meses do ano, foram criados sensivelmente o dobro de negócios face aos que desapareceram ou entraram em processo de insolvência.

[Estórias da Aviação] A fé é pernambucana

Alberto José
No início dos anos 80, me apresentei no D.O. (Despacho Operacional) para fazer um vôo de B-707, GIG/REC/LIS/OPORTO, que decolava às 16h45; o avião estava atrasado com problemas de manutenção e só decolou após as 18h00. Imaginem o estado dos tripulantes e dos passageiros que tiveram que desembarcar duas vezes antes de confirmarem o ETD. (Horário Estimado de Decolagem).

O vôo foi desgastante e até os passageiros reclamavam do estresse. Ao aterrissar em Recife, fomos informados que uma seção do para-brisa havia trincado! Logo após foi detectado um problema hidráulico e defeito no sensor do "antiskid" do trem de pouso direito. Nessa altura, sem previsão de decolagem, os passageiros foram levados para a sala de trânsito.

Nós ficamos a bordo, cansados, desanimados e aborrecidos com a perda da hora noturna. Ficamos pensando como seria bom desembarcar, ir para o hotel, tomar um banho e jantar tomando "uma Brahma" na praia. Essa idéia contaminou o grupo e levou todos a imaginarem como conseguiríamos pernoitar em Recife.

Boa Viagem, Recife
Então, alguém teve a feliz idéia de formar "uma corrente" para fazer o voo parar ali. Nesse momento, o mecânico entrou a bordo e avisou que o para-brisa já estava OK e já estavam instalando o sensor do antiskid. Nossas esperanças foram abaladas. Mas a notícia do mecânico nos deu ainda mais incentivo para levar o nosso plano adiante.

A América Latina é o paraíso da lavagem de dinheiro

“A América Latina nunca produziu tanta lavagem de dinheiro como a que ocorre nos dias de hoje, com o impressionante montante de quase um bilhão de dólares por ano da região sendo desviado para todo o mundo”, garante Amado de Andrés, representante da Organização das Nações Unidas para as Drogas e o Crime (UNODC, de United Nations Organization for Drugs and Crime, na sigla em Inglês).
Francisco Vianna

O representante regional da ONU sobre Drogas e Crime (UNODC), Amado de Andrés, falando na terça-feira durante uma cerimônia na cidade de Panamá, para marcar o Dia Nacional de prevenção da lavagem de dinheiro. Foto: EFE
Desse montante, dois quintos corresponde à lavagem de dinheiro, ou seja, dinheiro roubado de cofres públicos, ganho com vendas de armas e de drogas, recebido pela exploração sexual (turismo sexual), sequestro, extorsão e os mais diversos processos de corrupção em governos e nas relações público-privadas, explicou Andrés à agência de notícias espanhola EFE.

"Trata-se de grandes somas de dinheiro que, ao invés de permanecerem em seus países de origem para melhorar seus sistemas educacionais, seus serviços de assistência médica e hospitalar, sua previdência social, sua segurança pública e transporte público, ou ainda para melhorar a sua infraestrutura de produção, terminam em operações suspeitas e fraudulentas realizada para a aquisição de uma aparência de legitimidade econômica por parte dos seus operadores corruptos e corruptores”, disse o representante da ONU após participar, no Panamá, da celebração do Dia Nacional de Prevenção à Lavagem de Dinheiro.

Disse ainda que o dinheiro sujo é "engrenagem ideal" que os criminosos – principalmente os de colarinho branco – usam para dar a aparência de legalidade e formalidade aos ativos adquiridos ilegalmente. Explicou que “atualmente, há várias economias latino-americanas que estão crescendo muito – como Panamá, Peru, Brasil, México, Equador e Chile – e, por isso, é necessário fazer funcionar uma série de iniciativas para ‘proteger essas economias, muitas em grau maior ou menor de viés socialista, que lhes permitam crescer de forma constante e sustentada”.

Vídeo de globais que flerta com black blocs tem a participação de um juiz! É aquele mesmo senhor que pendurou em sua sala gravura que traz um negro na Cruz, no lugar de Cristo, alvejado por um PM. Isso ajuda a explicar o caos

Reinaldo Azevedo
Na sociedade em que black bloc vira juiz, juiz se dá o direito de se comportar como black bloc. Vejam esta imagem.


Escrevi um post sobre um vídeo em que artistas da Globo e outras subcelebridades convocam a população do Rio para um protesto. Uma das, como direi?, depoentes, chamada Bianca Comparato (nunca tinha ouvido falar, mas parece que não só existe como tem ideias muito firmes), defende abertamente os black blocs e as depredações. Diz ela:
[órgãos de imprensa] só reportam o que é que foi quebrado, o que foi destruído. E eu também acho que tem de parar para pensar o que é que está sendo destruído. São casas de pessoas, como (sic) a polícia joga uma bomba de gás dentro de um apartamento? Não! São lugares simbólicos”.
A fala desses bacanas do miolo mole, no entanto, tem muito menos importância do que a de um homem em particular. Justamente o primeiro que fala no vídeo. Reproduzo de novo:


Muito bem. A personagem em questão é o juiz João Damasceno, da 1ª Vara de Órfãos e Sucessões, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Este:


Tento de novo: temos um juiz, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que participa de um vídeo que convoca manifestações e que acolhe as ações dos black blocs, que, afinal de contas, só depredam o que tem de ser mesmo depredado, segundo se entende….

O juiz Damasceno pertence a tal entidade “Associação Juízes para a Democracia”, como se fosse possível haver uma outra, em que juízes fossem contra a democracia. Esse grupo, declaradamentre de esquerda (e sabemos como países socialistas foram verdadeiros reinos de justiça) tem noções muito particulares de direito. Já entrei em alguns embates com eles aqui. Um de seus membros resolveu que, se me ofendesse bastante, elucidaria os absurdos escritos num documento da entidade.

PT X FHC

Almir Papalardo
Muitos cidadãos da nossa incauta e despercebida sociedade ainda não captaram a marota estratégia usada nesses três mandatos "papel carbono", dos dois presidentes do Partido dos Trabalhadores.
Lula e Dilma sempre copiaram e mantiveram quase todas as ações governamentais de FHC, até mesmo as consideradas equivocadas, nada criando de novo. Fernando Henrique, com todos os seus vacilos, queiram ou não, foi um bom governo, colocando o trem Brasil certinho nos trilhos, recuperando a estabilidade financeira do país. Mas, infelizmente, não podemos dizer a mesma coisa quando se refere à nossa categoria. Não governou para os aposentados.

Lula, com sua vasta equipe de apoiadores, malandramente e sempre desmoralizando o seu antecessor, norteou os seus dois mandatos somente em ataques pessoais a FHC, sem nada inovar em criações presidenciais, atitude que mantém até hoje, e muito bem seguido por Dilma.

A principal meta do PT em três mandatos presidenciais, sempre foi o de ataques desmoralizantes contra Fernando Henrique Cardoso e o PSDB. Com isso esqueceu de governar, jogando grande parte do povo imaturo contra os tucanos, escondendo a sua péssima administração e contando com ampla colaboração do próprio povo brasileiro, que caiu na armadilha daquele sonso e ardiloso partido. Enquanto criticam o PSDB esquecem a fraca atuação do PT, deixando-o respirar!

Nós, os aposentados, a categoria mais prejudicada nestas quase duas décadas, ainda não percebemos que estamos caindo nesta inteligente estratégia petista. Damos crédito às acusações do PT contra FHC e o PSDB, que cometeram falhas no passado, esquecendo-nos que temos que focar agora somente o presente para sairmos deste atoleiro em que nos jogaram.

Enquanto dividimos as nossas artilharias contra o PT e o PSDB, enfraquecemos o ímpeto contra o PT que é no momento o governo atuante, e que tem a obrigação e poderes para nos alforriar. Devemos nos lembrar que o PT, para chegar à presidência, prometeu-nos mundos e fundos, criticando e acusando severamente FHC de nos prejudicar. Além de não cumprir o prometido, dobrou irresponsavelmente os maus-tratos contra os aposentados que recebem mais de um salário mínimo.

E o que mais dói é vermos que muitos aposentados estão caindo na artimanha do PT, onde muitos chegam a afirmar que FHC foi o pior, dirigindo a maioria das críticas para o ex-presidente tucano, deixando Lula e Dilma muito à vontade por não ter sido eles os responsáveis diretos pelas medidas tomadas contra aposentados.

Esqueçam FHC e passem a cobrar os nossos direitos surrupiados diretamente a Dilma Rousseff, que é a atual presidente em exercício no nosso Brasil. O que passou é passado, e agora o que mais nos interessa, é o presente e, posteriormente, o futuro...
Título e Texto: Almir Papalardo, 30-10-2013

Irã na iminência de construir a Bomba A

O Irã está a duas semanas, ou menos, de conseguir enriquecer urânio suficiente para montar uma bomba atômica.
Francisco Vianna

Delegados do P5+1 reunidos com negociadores do Irã, em Genebra, no começo das conversações de dois dias sobre o programa nuclear persa, em 15 de outubro último. Foto: AP
“Teerã já atingiu o ‘ponto que não tem retorno’ e está instalando novas centrífugas o tempo todo, mas ainda há espaço para o otimismo das negociações em curso”, diz o vice-diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) da ONU.
O Irã poderá produzir urânio enriquecido no nível exigido para produzir uma arma atômica dentro de duas semanas e, "de certa forma", já atingiu “o ponto de onde não se pode retornar” no seu programa nuclear, declarou um ex-alto funcionário da AIEA, nesta segunda-feira.  "Acredito que, se certos arranjos forem feitos, isso poderia ocorrer em menos de duas semanas. Portanto, há uma série de preocupações no mundo de que o Irã possa se entender com o P5 +1, nessa nova fase e com a AIEA", explicou o vice-diretor da AIEA, Olli Heinonen, confirmando um relatório divulgado na semana passada pelo Instituto de Washington para Ciência e Segurança Internacional, que declarou que o Irã poderia reunir urânio suficiente para uma bomba, convertendo todo o seu estoque de urânio enriquecido a 20 por cento dentro de um mês a um mês e meio.

Ontem, o diretor da AIEA, Yukiya Amano se reuniu em Viena, com o vice-chanceler iraniano Abbas Araqchi, principal negociador nuclear do Irã, com a junta de fiscalização nuclear da ONU. Amano descreveu o encontro como importante para enfrentar "as questões pendentes em relação ao programa nuclear do Irã".
Falando aos jornalistas numa teleconferência organizada pelo Projeto Israel, Heinonen descreveu as conversações como importantes para que se possa tratar “dos relevantes assuntos relacionados com o programa nuclear iraniano” e se absteve de parecer otimista ou pessimista ao mesmo tempo, mantendo-se centrado em suas considerações.

Vinte anos aposentado pelo Aerus

Nelson Ribeiro
Caros companheiros(as) de infortúnio,
Fui admitido na VARIG em agosto de 1960, portanto, lá se vai mais de meio século que isto aconteceu. Apesar de ser aeroviário com muito orgulho, sempre trabalhei junto ao Grupo de Voo.
Iniciei no Despacho de Tripulantes (SDUOS), passei para  Escala de Voos (SDUOF), depois para o Departamento de Voo Simulado. Em 1990 fui convidado para assumir a Gerência da Escala de Comissários (GIGHV), onde permaneci até me aposentar, em outubro de 1993.

Nessa caminhada, de mais de 33 anos, consegui fazer inúmeros amigos, tanto tripulantes, como pessoal de terra. Na VARIG, concluí meus estudos, me formando em Administração de Empresas, com uma pequena ajuda da Fundação, através de uma bolsa que era fornecida aos funcionários.
Viajei por diversas vezes pelo Brasil e Exterior, portanto, era muito emocionante cada vez que passava por algum aeroporto, por mais distante que fosse, era ver aquelas aeronaves, azul da cor do céu,  trazendo na cauda o Ícaro, depois a Rosa dos Ventos com o prefixo iniciando com a letra V...

Quando comecei, a VARIG recém tinha absorvido a empresa AERO GERAL, e estava iniciando a Ponte Aérea RJ/SP/RJ, uma operação conjunta VARIG/CRUZEIRO DO SUL/VASP.
Nessa época, os voos da VARIG e CRUZEIRO eram operados com os Convairs 240/340/440 e os da VASP com o SCANIA.
Como foi gratificante trabalhar no SDU, perto do pessoal do abastecimento, da manutenção, do despacho, da comissaria, etc, etc... 


Pouco tempo depois veio fazer parte da nossa VARIG o Consórcio REAL/AEROVIAS/NACIONAL, com seus tripulantes, carinhosamente, chamados "calças pretas" e que rapidamente foram se transformando em "calças azuis" numa só família VARIG.
Tempos depois, veio a PANAIR, a PARAENSE, enfim, num piscar de olhos, o que mais se via era aeronaves com prefixo V... por esse mundo de Deus...

Mais tarde, foi absorvida a CRUZEIRO DO SUL, com sua frota de aeronaves iniciando com a letra C... aí então, a empresa agigantou-se mais ainda. 
Quanta gente nova, como era bom fazer parte desta população enorme que num "piscar de olhos" foi se tornando uma só "família" VARIG, com todas as aeronaves iniciando o prefixo com a letra V... Era uma satisfação, uma alegria, ver os tripulantes oriundos das outras empresas operando os aviões da VARIG, e os funcionários de terra irmanados num só propósito,  pelo engradecimento da empresa, uma força inacreditável de sucesso.

Aeroporto Internacional de Brasília, início da década de 90. Foto: Guilherme Coelho
Em 1982 nos acenaram com o  FUNDO DE PENSÃO AERUS, era tudo que eu precisava para ter uma velhice feliz, sem depender de INSS, podendo bater no peito com muito orgulho, que era um ex-VARIGUIANO, pertencente ao AERUS, que me proporcionaria tudo que eu havia sonhado.

O caos induzido?

Ilustração: Raul Gómez
Valmir Fonseca Azevedo
Aprendemos na própria pele, que a nossa sociedade é jeitosa. E assim tem sido ao longo da nossa História. Contudo, evoluímos, e de muito espertos, adquirimos novos hábitos, em especial, na tentativa de ocuparmos posições de destaque no cenário internacional.
E colhemos grandes resultados. Somos o País de mais elevados impostos, campeão em acidentes de trabalho e automobilísticos, em número de assassinatos, de estupros, de maior corrupção, de negociatas etc. Mas queremos muito mais. Quem sabe o de novo líder do comunismo no século XXI?

Deste modo, nada a estranhar quando nos últimos tempos assistimos diariamente a um tumulto generalizado nas ruas das cidades. Seja nas capitais, seja em cidades modestas, as arruaças se sucedem. E os incêndios em ônibus, em caminhões e as invasões nas lojas e a depredação de agências bancarias ocupam os jornais televisivos.
Tudo vale para a adoção dos novos e imutáveis rumos que a inteligência comuno-socialista e o Foro de São Paulo nos impõem.

As greves pipocam pelo País e duram o máximo de tempo possível. É o império do sindicalismo, que subordinado ao PT, deseja obter um quinhão maior no espólio à população e serve como estimulador das massas de manobra trabalhistas.
Soma-se à nossa estupefação, o clamor do badernaço, que as mais simples e justas reivindicações adquirem. Contudo, entendemos que muitas daquelas são injustas e sem boas intenções.

O Salvador da Europa e da Galáxia: o mais impopular dos últimos 32 anos!

O farol para António José Seguro, o exemplo para a jararaca-mor, aquele que iria salvar a Europa, etc… já bateu um recorde: é o presidente da França mais impopular dos últimos 32 anos! Vive le Socialisme!


Sondage BVA-Orange: "François Hollande devient le président le plus impopulaire depuis 32 ans"
Le dernier baromètre politique BVA pour L'Express-France Inter-Orange et la presse quotidienne régionale montre que François Hollande s'effondre dans les sondages suite à l'affaire Leonarda. Manuel Valls, lui remonte, ainsi que l'extrême droite. Décryptage avec Céline Bracq, directrice adjointe de BVA.

Relacionado:

À l'Élysée, le blues des conseillers du chef de l'État

Ambiance morose dans les couloirs du palais présidentiel, où les hommes et les femmes de l'ombre, déstabilisés par le mode de fonctionnement de François Hollande, ne cachent pas leur inquiétude.
Pierre-René Lemas
L'automne est si doux que les arbres du parc de l'Élysée résistent. À l'intérieur du palais, en revanche, l'ambiance est glacée. Les conseillers du président continuent de travailler mais ces sondages qui leur arrivent chaque jour plus mauvais les affectent. «L'ambiance est lourde, pesante», reconnaît un familier du palais.

L'état catastrophique des finances publiques et le nécessaire redressement des comptes ne laissent aucune marge de manoeuvre aux conseillers du président. Photo: Jean-Cristophe MARMARA/Le Figaro
Devant les journalistes, les collaborateurs de François Hollande continuent de défendre leur président. Pied à pied. Mais avec des élus ou des proches, ils n'hésitent plus à faire part de leur inquiétude. «Comment vas-tu? Mieux que nous, forcément!», riait jaune l'un d'eux, la semaine dernière, devant un ami. «Pardonnez mon retard, nous étions en train de régler les derniers détails de la dissolution», plaisantait, grinçant, un deuxième, en arrivant à un rendez-vous. «C'est dur, injuste», soupire un troisième. Un conseiller ministériel résume, sidéré: «Les conseillers de l'Élysée sont perdus.»

Les hommes et les femmes du président avaient rêvé de ce retour au pouvoir, après dix ans dans l'opposition. Ils avaient rejoint l'Élysée plein d'enthousiasme, avec la volonté de redresser le pays qu'avait tant «malmené Sarkozy», disaient-ils. «Nous allons réparer l'État», leur avait glissé le secrétaire général.

Un président à la fois solitaire et accessible (trop ?) qui ne sait pas dire non, entretient le flou et l'ambiguïté, jusqu'au dernier moment, au risque d'« insécuriser » toute la chaîne de commandement.

Dix-sept mois plus tard, ils en ont rabattu. L'état catastrophique des finances publiques et le nécessaire redressement des comptes ne leur laissent aucune marge de manœuvre. Certains, qui avaient applaudi le discours du Bourget, ont dû remiser leurs convictions de gauche, priés de mettre en œuvre une politique sociale-libérale. Et ils sont las des polémiques, qui occultent les réformes. «Bah, ça devrait s'apaiser entre le 24 et le 31 décembre…», ironise un conseiller.

Mais do mesmo: novo expurgo na China

NOVO DITADOR CHINÊS RECRUDESCE LINHA DURA DO REGIME SOCIALISTA E JOGA NO LIXO AS POUCAS CONQUISTAS DO POVO NAS ÚLTIMAS DÉCADAS.
Francisco Vianna

Cresce o número de prisões de ativistas pelas liberdades em novo expurgo das “perigosas ideias de democracia e empreendedorismo”...
O PCC (Partido Comunista Chinês) publicou um documento público em que condena e alerta para medidas punitivas para quem defender os “perigosos e subversivos valores ocidentais”. A medida desencadeou um forte e violento expurgo, por iniciativa do próprio novo ditador do país, Xi Jinping, conforme reportagem do jornal americano, de esquerda, “The New York Times”.

Desde que tomou posse como o novo chefe do politburo socialista de Pequim, o ditador da vez, já fez publicar nove documentos que arrocham a ditadura chinesa, num retrocesso político que surge na onda do declínio econômico do país. O último desses documentos – o de número 9 –, que são resoluções com tal poder de lei que anulam tudo o que o pobre do chinês conseguiu nas últimas décadas, enumera os sete “maiores perigos” antagônicos à ditadura comunista, a começar pela “democracia ocidental constitucional”.

Os demais “valores universais” são os direitos humanos, a liberdade de imprensa, os conceitos “neoliberais” de economia de mercado e as críticas “niilistas” à história do Partido Comunista. O documento ressalta ainda que “forças ocidentais hostis à China e dissidentes dentro do país continuam infiltrando constantemente ideias libertárias na esfera ideológica”.

Ataque islâmico: 128 mortos na Nigéria

"A islamofobia é a maior ameaça para a paz no mundo de hoje" - Kevin Barrett, "académico" norte-americano na TV estatal iraniana PressTV.

Via Jihadwatch


"Ataque islâmico: 128 mortos na Nigéria" 
por Adamu Adamu Michelle Faul da Associated Press, 29 de Outubro

A batalha de 5 horas entre extremistas islâmicos e tropas do exército na capital do estado de Yobe matou pelo menos 127 pessoas (...)

Na morgue do Hospital de Damaturu um repórter contou 31 corpos identificados como de extremistas.

Os detalhes do ataque ainda estão a chegar aos poucos, mas sabe-se que os terroristas atacaram os militares ao anoitecer de quinta-feira, num quartel a 20 quilômetros de Damaturu, onde dominaram os soldados, apreenderam um carro blindado, saquearam o arsenal e deixaram o quartel em chamas com explosivos improvisados ​​.

Os relatórios foram entregues ao Governador Ibrahim Gaidam por policiais militares, quando este visitou os locais destruídos, com uma escolta fortemente armada, na segunda-feira. Jornalistas que o acompanharam ouviram os relatos.

Os agressores tomaram a estrada principal para a cidade, onde abriram caminhocom o carro blindado, atacaram a sede da Polícia Anti-Terrorista e incendiaram mais três edifícios.

Enquanto alguns dos extremistas trocaram tiros com a Polícia, uns no carro blindado e outros em camiões todo-o-terreno, investiram sobre as forças da autoridade e atearam fogo aos escritórios da Polícia de Investigação Criminal e a outros quatro escritórios policiais espalhados pela cidade, até que chegaram à Base de Polícia Móvel, incendiaram o blindado e abandonaram o local.    
Os terroristas foram de seguida para o hospital, onde saquearam medicamentos e curativos, enquanto a equipa médica fugia, aterrorizada, de acordo com os relatos dos médicos do hospital.
(...)

Minuto do dia – 75

NÃO se esqueça de que, qualquer que seja sua posição na vida, há sempre dois níveis a observar: os que estão acima e os que estão abaixo de você.
Procure colocar-se algumas vezes na posição de seus chefes; e outras vezes na posição de seus subordinados.
Assim, você poderá compreender ao vivo os problemas que surgem dos dois lados.
E, desta forma, poderá ajudar melhor a uns e a outros.

A lavagem cerebral no Brasil... anestesia os desgraçados pela Varig/Aerus

Foto: Zeca Ribeiro
Porra, o cara, representando o Partido dos Trabalhadores, discursa, em 22 de setembro de 1988, CONTRA a Constituição atualmente vigente e ganha uma condecoração do Senado por “contribuição à Constituição”.
É do c...!

Por isso, quer dizer, por estas e por outras, não surpreende que o drama dos ex-trabalhadores da Varig, Aposentados e Pensionistas Aerus, já dure quase OITO anos!

Se o Senado Federal condecora o maior boçal da História do Brasil (que eles, do Partido dos Trabalhadores, teimam em reescrever, e vão conseguir!), você acha, francamente, que sindicatos petistas e cutistas queiram PEITAR, CONFRONTAR o governo deles? Imagina!
Se falarem grosso, arriscam perder algumas benesses, as conhecidas e as desconhecidas. E arriscam ser riscados do Quadro de Carreira partidário!
Fui claro? 

Que os ex-trabalhadores da Varig recordem de TODOS os recorrentes conselhos do Sindicato Nacional dos Aeronautas e do blogue oficioso, de "cautela e caldo de galinha" ou... nada fazer para... não atrapalhar!
É o único exemplo no planeta em que um sindicato tem pavor de manifestações, e critica e desqualifica, a não ser as que ele organiza e manipula! E dessas, poucas, mais com objetivo midiático do que idealista, querem torná-las únicas, cuspindo, sem pejo, nas manifestações que, felizmente, alguns ex-trabalhadores da Varig, Aposentados e Pensionistas do Aerus, LIVRES e INDEPENDENTES, teimam em fazer.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

[Estórias da Aviação] Pendurado pede ajuda a Jesus

Alberto José

Eu fui escalado para fazer um vôo GIG/JFK, (Galeão/Nova Iorque) no B-747, que estava atrasado por manutenção.
A primeira classe, no deque inferior, estava lotada (naqueles tempos era assim). Finalmente, quando foi dado o aviso para fechar as portas, eu tentei fechar a porta 1 direita. A porta estava presa e não saía do lugar. Após algumas tentativas, avisei ao M/V (Mecânico de Voo) o que estava ocorrendo. Em poucos minutos chegou o pessoal da manutenção que tambem não conseguiu destravar o equipamento. Então, resolveram tentar consertar pelo lado de fora. Colocaram uma pequena escada e o mecânico se apoiou na porta para soltar a trava que a mantinha em posição. Quando ele estava segurando a trava, repentinamente a porta soltou e, tentando se equilibrar, ele pisou em falso e a escada caiu na pista.

Pendurado na porta aberta, o mecânico gritou duas vezes para o seu colega "Jesus, me ajuda que eu estou pendurado na porta!".

Os seus gritos pedindo ajuda foram ouvidos pelos passageiros mais próximos que levantaram do assento,  pegaram a bagagem de mão e se dirigiram para a saída, que já estava fechada. Eu pedi que voltassem para os assentos e eles responderam que "o avião nem havia decolado e já estavam gritando, pedindo ajuda a Jesus"!

Passei algum tempo explicando o que, de fato, havia acontecido pois o mecânico havia chamado o seu colega que, por acaso, se chamava Jesus.
Texto: Alberto José Cavalcanti, Imortal da ABM do B, 29-10-2013

Relacionado:

Clérigo Muçulmano destrói estátua de Maria

I. B.
 

Qual será a explicação dos eternos branqueadores da Religião da Paz para mais este feito?
Os infiéis que se atrevam apenas a desenhar o profeta Maomé, são decapitados. Mas este clérigo parte a estátua de Maria, a Mãe de Jesus em pedaços e não se fala disso na Imprensa.  Quando o pastor norte-americano queima o Alcorão, é um rumor global.

O título do vídeo diz que o clérigo Omar Gharba afirma: "Nós não vamos aceitar outra coisa que não o Wahhabismo na Síria", mas não é isso  que ele diz. O que ele realmente diz é: "Só Allah vai ser adorado na terra de al-Sham [Síria], e só alei de Allah será estabelecida .... Nós não vamos aceitar outra coisa que não a religião de Allah, e a Sunnah do profeta de Allah, Muhammad ibn Abdullah".
Eretz Zen, 28 de Outubro.

Os Wahhabis apresentam-se não como os adeptos de alguma seita, mas como a encarnação autêntica do verdadeiro Islão. É assim que eles recrutam outros muçulmanos. A forma como este vídeo é intitulado obscurece esse facto,deliberadamente ou não.

Este caso não é isolado. Na Síria, no Egipto, e um pouco por todo o mundo onde há muçulmanos, os cristãos são perseguidos, raptados, assassinados, as mulheres violadas, os templos destruidos. Para ter uma ideia da perseguição global dos islamistas aos cristãos (judeus já quase não têm para perseguir, pois trataram de os eliminar quase todos), consulte o site Rescue Christians, do ex-terrorista «palestino» Walid Shoebat:



A Imprensa Ocidental não publica quase nada sobre este genocídio, sob o pretexto de "não incentivar o ódio aos muçulmanos".
Título e Texto: I.B., no blogue “Amigo de Israel”, 29-10-2013

Saddam Hussein não conseguiu o que tanto queria e pedia...

video