sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Como o jornalismo português de causas vai mudar o Mundo todo

José Mendonça da Cruz

Público online de hoje denuncia «o clima de intimidação, de violência e de perseguição» imposto por Bolsonaro e os terríveis 60% de eleitores que o apoiam. Celebra, também, o facto de o PT pedir a impugnação da candidatura de Bolsonaro, caso a que também dedica uma coluna de opinião. E publica ainda uma crônica de um tipo qualquer que se diz «infiltrado» num grupo de apoio a Bolsonaro, infiltração que lhe permite garantir que 99% das notícias promovidas pelo grupo são falsas.

O DN diz que Sonia Braga, Caetano Veloso e mais uns artistas exigem que o tribunal se explique sobre fake news de Bolsonaro, porque acham que andam umas empresas estrangeiras a pagá-las.

O DN titula ainda que «Haddad e Ciro vão pedir impugnação de candidatura de Bolsonaro».

E há uma semana o Expresso esclarecia-nos em chamada de primeira página: «Portugueses contra Bolsonaro». Não eram os dez milhões todos, eram só uma ou duas «personalidades, sobretudo da cultura».

O Brasil está, portanto, salvo. Foi seguramente por estarem concentrados nessa tarefa patriótica que os mesmos orgãos de «informação» se esqueceram de salvar a Venezuela da devastação homicida de Maduro (o Haddad dos venezuelanos), ao menos com uma noticiazinha.
Título e Texto: João Mendonça da Cruz, Corta-fitas, 19-10-2018

Eu diria, o jornalismo de esquerda português...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-