quarta-feira, 24 de julho de 2019

Perceba, leitor brasileiro, o ridículo a que chegaram a esquerda e a extrema-esquerda europeias

O vídeo abaixo é o telejornal da TV Libertés das 20h (hora de Paris) desta quarta-feira, 24 de julho.

A primeira matéria do telejornal aborda a patetice e manipulação da adolescente sueca Greta Thunberg.

Pouco depois dos três primeiros minutos (3’ 30”) aparece este personagem que, adivinhe, generoso leitor, culpa Bolsonaro e Trump e clama que é preciso “parar com estes políticos criminosos!”


Li há dias algures que um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro teria criticado o porta-voz da Presidência, General Otávio do Rêgo Barros – pessoa que muito admiro – pela inoportunidade do encontro do presidente com jornalistas estrangeiros, pela desnecessária exposição do presidente.

Compreendo essa crítica e compreendo a boa-fé do general Otávio em promover esse encontro.

O competente e leal general pode ter pensado que um encontro presencial entre o presidente Bolsonaro e jornalistas estrangeiros daria a oportunidade ao presidente de explicar, esclarecer, justificar.

Pois é, essa intenção só vale quando se trata de pessoas que querem ser esclarecidas para, depois, formar opinião.

Não é o caso desses ‘jornalistas’. No pouco que eu assisti, ouvi um cara do “The Guardian”, uma francesa do “Le Monde” e uma portuguesa (linda) da agência Lusa. Não por coincidência, três órgãos de imprensa de esquerda, que detestam Jair Bolsonaro.

Esses ‘jornalistas’ NÃO FORAM LÁ para perguntar, esclarecer dúvidas, não, de jeito maneira!

Foram lá, isso sim, em busca de frases, espirros e gestos de Jair Bolsonaro que, para eles, justificassem e ‘enriquecessem’ as suas opiniões contra Bolsonaro, a extrema-direita e o cacete a quatro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-