terça-feira, 18 de agosto de 2020

Torcida vascaína se rende ao "Ramonismo"

Aposta da diretoria do Vasco após a frustrante passagem de Abel Braga, o ex-auxiliar Ramon Menezes [foto] tem dado conta do recado. Efetivado durante a paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus, o treinador mantém os 100% de aproveitamento ao vencer todos os compromissos desde que assumiu o time e já empolga o torcedor, que batizou — de maneira bem humorada — seu estilo de jogo de "Ramonismo".


Após a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, o UOL Esporte transmitiu ao treinador esta expressão que tem se tornado febre nas redes sociais e perguntou se ele já via sua cara na equipe cruz-maltina, mas o comandante preferiu enaltecer o elenco.

"Eu acho que é a cara do Vasco. Um time equilibrado, um time que vai para dentro de campo e entrega sua alma para vencer o jogo. Todo mundo que teve a oportunidade de entrar [contra o São Paulo] deu o seu melhor. Quem não entrou, do lado de fora mostrou sua vibração nos gols. Então, isso é Vasco da Gama, e fico muito feliz por estarmos conseguindo os resultados", disse à Vasco TV.

Até o momento, Ramon Menezes soma sete jogos e sete vitórias, sendo duas no Campeonato Carioca (Macaé e Madureira), duas no Campeonato Brasileiro (Sport e São Paulo) e três em amistosos preparatórios para a competição nacional (Porto Velho-RO, Macaé e Volta Redonda). São 20 gols marcados e apenas quatro sofridos.

"Estou no Vasco faz muito tempo, então, isso joga a meu favor. Conheço os jogadores e, na pandemia, comecei a falar o que pretendia. Construção leva tempo, mas eu entendo o futebol como cumprir função. E isso passa pelo entendimento do atleta. Isso é gratificante. O campeonato está apenas começando. Vão ter muitos jogos pela frente. [contra o São Paulo] Buscamos o equilíbrio, contra o Sport, também. É importante ter prazer de jogar com a bola, mas também induzir o adversário ao erro e marcá-lo", destacou.

Na próxima quinta-feira (20) o Vasco visita o Ceará, no estádio Castelão (CE), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja abaixo a repercussão do "Ramonismo" entre os torcedores do Vasco:

Um espectro ronda o Campeonato Brasileiro- o espectro do Ramonismo
 joao (@Joao_Almirante)

Imagina tu torcer pro teu time e tu vê o teu time perder uma partida. Deve ser uma sensação ruim demais. Graças a Deus o Ramonismo arrancou qualquer resquício de derrota cruzmaltina do meu coração. O Vascão não perde mais
CRVG da Decepção (@CRVGDecepcao)

O Ramonismo é real. Se você não está sentindo isso correndo e ardendo nas suas veias, voce está morto por dentro!
João Tavares (@joaotavaresrj)

EU ME RENDI AO RAMONISMO pic.twitter.com/lGPD3Sw9Ay
Cavalinho do Vasco (@cavalinhovasco)

Pessoal,vim aqui comunicar minha conversão.

Ramonismo: Religião ramônica monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos do profeta Ramon Menezes.

A fé ramônica acredita essencialmente em Ramon como o escolhido divino para guiar o sofrido povo da cruz de volta à luz.
Paulo Coelho Jr. (@PauloCoelhoJr79)

Este perfil é adepto do Ramonismo
Expresso 1898 (de ) (@expresso_1898)

Bom dia, seguidores do Ramonismo !
Pro resto apenas dia
Cassio Ribeiro (@CassioCRibeiro)

Não tem jeito, o mundo vai de curvar diante do Ramonismo.
O Almirante (@OAlmirante_)

A verdade é que esse Barça não aguenta 15 minutos de puro Ramonismo em São Januário.
PDE_Vasco (@pde_vasco) 

Fonte: UOL Esporte, via SuperVasco - Site de notícias do Club de Regatas Vasco da Gama, 18-8-2020, 8h18

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-