terça-feira, 13 de julho de 2010

Políticos: regra sem exceção

Depois de muito tempo escrevendo e mandando e-mails para todos os lados, lutando pelos direitos dos aposentados e futuros aposentados, ultimamente pelo reajuste de 7,72% e pelo fim do MALDITO FATOR PREVIDÊNCIÁRIO, infelizmente tenho que dizer que é difícil continuar com ânimo e motivação para continuar a luta.
Assim como vocês tenho acesso a informação, a internet, e somos uma minoria privilegiada se comparado a ignorância que impera em nosso país, lógico que isso devemos aos nossos ilustres políticos.
Como disse acima, devido ao acesso a informação e ter alguma instrução pensei que fosse mais esperto, mas hoje vejo que sou mais um ingênuo que caiu na conversa desses políticos espertalhões. Hoje tenho uma certeza, que existe somente uma regra sem exceção que é, todo político é interesseiro e espertalhão, a única coisa que importa para ele é tirar dividendos políticos de tudo, isso para não falar nos outros atributos nos quais são especialistas como, corrupção, apropriação do dinheiro público e por ai afora…
Eu acreditei que o Paulo Paim, Mario Couto, Arnoldo Faria de Sá, Fernando Coruja entre outros queriam realmente ajudar e lutar pelos direitos dos aposentados e futuros aposentados, como sou ingênuo, às vezes rio da minha própria ingenuidade.
Na verdade eles somente usam os aposentados e futuros aposentados para terem uma bandeira pela qual dizem lutar, e com isso conseguem votos fáceis de milhões de aposentados, trabalhadores e seus familiares. Essa COBAP através do seu presidente é ridícula, patética. Quando sai qualquer noticia favorável aos aposentados eles colocam em letras garrafais no site “COBAP consegue aprovação …………..” como se eles fossem os responsáveis, é ridículo demais.
Os políticos, COBAP e Centrais Sindicais que sempre disseram lutar pelos aposentados e trabalhadores, depois do dia 19/05 quando foi aprovada a MP. 475 no Senado simplesmente sumiram, não se ouviu mais falar neles, parece que se esconderam com medo que o Lula sancionasse a MP. 475 na integra e eles não tivessem mais uma bandeira para lutar, e assim não estarem mais em evidência, com certeza com medo que os aposentados e futuros aposentados fossem esquecer deles até as eleições.
Mandei centenas de e-mails para os políticos e as entidades que citei acima sugerindo que fosse feita uma caminhada simbólica, liderada pelo Paulo Paim e os outros políticos que citei acima, a COBAP e as Centrais Sindicais, que convocariam também os aposentados e trabalhadores e fossemos pessoalmente no Palácio do Planalto solicitar uma audiência com o Lula para o Paim e os outros expor ao Presidente que a Previdência é superavitária, que o reajuste poderia e deveria ser concedido aos aposentados, e o quanto o fator previdenciário prejudica quem vai se aposentar.
Como disse acima, mandei centenas de e-mails a todos, durante vários dias seguidamente, olha pessoal, eu não recebi nenhuma resposta, mas nenhuma mesmo. Até o Paulo Paim que sempre mandava resposta através de seus acessores, deixou de responder aos meus e-mails não me respondeu.
Sugeri que a COBAP organizasse uma vigília na esplanada dos ministérios, próximo a casa do Lula ou em qualquer lugar que eles achassem conveniente, que colocassem lá uma barraca para que os aposentados e trabalhadores pudessem ir se revezando, mas ficássemos lá dia e noite, para fazer pressão. Inclusive sugeri que nos últimos dias antes do prazo final para o Presidente vetar, poderíamos fazer uma greve fome, e me coloquei a disposição para fazer isso e estava disposto a ir até as últimas conseqüências, me comprometi caso eles tomassem qualquer iniciativa a sair aqui do sul onde moro e ficar lá o tempo que fosse necessário, mas nunca recebi uma resposta de ninguém.
E ninguém se engane, o Lula somente concedeu o reajuste de 7,72% aos aposentados para tirar proveito político, ou seja ganhar votos para a Dilma, agora se ela ganhar vocês vão ver se ela vai dar algum reajuste aos aposentados o ano que vem.

Em compensação no dia seguinte ao que o Lula vetou o fim do MALDITO FATOR PREVIDÊNCIÁRIO, toda essa cambada que citei acima já estava gritando com todos os pulmões “vamos derrubar o veto do Presidente ao fim do fator previdenciário” principalmente o Paulo Paim, Arnaldo Faria de Sá e a COBAP.
Vejam por exemplo a matéria publicada aqui no blog no dia 08/07, onde a FAPESP diz “Cobap, Federações e Centrais prometem mobilização total em favor dos trabalhadores da ativa e aposentados”, meu Deus, porque não fizeram isso durante os 30 dias que o Lula ficou enrolando para sancionar ou vetar a MP. 475, porque agora que o MALDITO FATOR PREVIDÊNCIÁRIO foi vetado, eles vem com essa conversa, será que eles pensam que porque as pessoas estão mais idosas, se tornaram todos idiotas e burros.
São todos uns malandros somente se utilizam de nós para tirar proveito político ou seja, votos e nada mais.
Acabar com o maldito fator previdenciário nunca mais, essa era a última chance que tínhamos e se tivesse sido feita pressão em cima do Lula, por esses safados que mencionei acima, com certeza ele teria sancionado a MP. na integra. A nossa parte nós fizemos conforme eles mesmos orientaram, que era para fazer pressão, eu mandava diariamente um ou mais e-mail para o Presidente e aos Ministros envolvidos e para todos os Senadores e Deputados.
Mas infelizmente agora para não ser roubado com o fator previdenciário somente se o trabalhador morrer antes de se aposentar, pelo menos a família recebe o benefício integral, ai eles não poderão dizer que o trabalhador tem x anos de expectativa de vida.
Somente para registrar, outra coisa que tenho que rir de minha ingenuidade é com relação à imprensa. Sempre achei que o Estadão, Folha de São Paulo, Valor Econômico, Revista Veja, e apesar de olhar com alguma reserva, também achava que as Organizações Globo eram mais serias. Eu achava que esses meios de comunicação eram comprometidos com a verdade, eram mais isentos e sérios. E o que vemos é todos eles de uns anos para cá, vendendo a idéia que os aposentados são o grande problema no Brasil, que por nossa causa não tem dinheiro para saúde, para investir em infra-estrutura, educação e tudo mais. Só falta eles fazerem uma campanha direta para que os aposentados e os que vão se aposentar sejam exterminados para não gerarem despesa.
Eu considero a imprensa tão ou mais culpada que os políticos, em relação às injustiças que são praticadas contra os aposentados. Vejam o caso do maldito fator previdenciário, pessoas esclarecidas com formação superior e bons profissionais naquilo que fazem, tem uma vaga idéia do que seja o fator previdenciário, ultimamente sempre pergunto as pessoas, instruídas ou mais humildes se eles sabem o que é o fator previdenciário, e todos dizem que tem uma vaga idéia do que seja, mas muitos já me disseram que é uma coisa boa, que viram na televisão, principalmente nos telejornais da Globo, que isso vai evitar de o trabalhador se aposentar muito cedo e evitar que a Previdência quebre, e uns dois me disseram que uma vez viram no Jornal Nacional que se o trabalhador ficasse mais algum tempo trabalhando, o fator previdenciário seria maior que 1 (um) e assim ele ainda aumentaria o valor de sua aposentadoria.
Só que esqueceram de dizer que para isso acontecer o trabalhador terá que continuar trabalhando até uns 75 anos, se é que isso vai acontecer, porque a tabela de expectativa de vida do IBGE aumenta ano após ano. Com certeza alguma coisa tem por trás disso, e para mim são os planos de previdência privada (grandes bancos) que estão financiando esse lobby.
Parabéns a todos pela coragem, ânimo e motivação, para continuar lutando essa guerra desigual com esses políticos podres e essa imprensa comprada e desonesta.

Helder Erig

Do blog "Aposentado! Solte o verbo..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-