sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Bando assalta 40 pessoas em trilha para o Cristo Redentor

Vítimas do arrastão foram mantidas reféns por quase duas horas

O Globo

Pelo menos três homens, armados com uma pistola e duas facas, fizeram nesta quinta-feira um arrastão em uma trilha entre o Parque Lage e o Cristo Redentor. Eles renderam pelo menos 40 pessoas, 20 delas estrangeiras, e as mantiveram reféns durante quase duas horas enquanto esperavam que novas vítimas passassem pela mata.

Um espanhol e um psicólogo, ambos moradores do Rio, registraram queixa na 15ª DP (Gávea), segundo o “RJ TV”, da Rede Globo. Eles contaram que resolveram subir a trilha por volta das 11h30m e que, uma hora depois, foram abordados pelos assaltantes, que passaram a atacar todos que chegavam ao local. Segundo a dupla, os ladrões faziam ameaças, mas não houve agressões.

Depois do ataque, as vítimas, que tiveram máquinas fotográficas, carteiras e celulares levados, foram liberadas para descer em direção ao Parque Lage enquanto os ladrões fugiam.

Parque Lage, foto: Marcelo Theobald/Agência O Globo
A polícia acredita que o bando seja da comunidade Cerro-Corá, no Cosme Velho. No último dia 22, uma equipe do GLOBO, que percorria os caminhos que levam ao Cristo Redentor, flagrou um assalto a uma turista na Estrada das Paineiras. Um homem a jogou no chão e saiu correndo com seus pertences. Dois dias depois, houve um tiroteio no local, quando criminosos armados, em um carro roubado, abordaram turistas argentinos. Eles roubaram dois carros usados pelos estrangeiros e chegaram a furar um bloqueio da PM.
Título e Texto: O Globo, 4-1-2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-