segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Indicador Antecedente de Emprego cresce 0,2 ponto em agosto

FGV considerou o resultado estatisticamente estável

Vitor Abdala

O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), teve um crescimento de 0,2 ponto de julho para agosto deste ano. Com a variação, o indicador chegou a 86,8 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Apesar do crescimento em números absolutos, a FGV considerou o resultado estatisticamente estável.

O Iaemp busca antecipar tendências do mercado de trabalho para os próximos meses e é medido com base em entrevistas com consumidores e com empresários dos serviços e da indústria.

O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD), que mede a avaliação dos consumidores sobre a situação atual do desemprego, cresceu 0,9 ponto, para 93,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Neste caso, o crescimento do indicador é negativo, porque significa que os consumidores consideram a situação de desemprego mais desfavorável.

Para a FGV, o consumidor ainda enxerga com cautela as melhoras no mercado de trabalho.
Título e Texto: Vitor Abdala; Edição: Valéria AguiarAgência Brasil, 9-9-2019, 10h03

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-