domingo, 22 de setembro de 2019

General Mourão denuncia como Lula e Dilma destruíram o Brasil e aponta desafios de Bolsonaro

Em pronunciamento para empresários realizado no evento "Money Report", o vice-presidente da República, General Mourão, assestou como as gestões petistas destroçaram as contas públicas e a economia brasileira.

"Entra o Lula em seu primeiro mandato com o Palocci como Ministro da Fazenda. Ele ainda mantém essa matriz, mas já tinha ocorrido o mensalão. A gente não pode esquecer o que foi o mensalão. Foi a compra, pura e simples, do Congresso Nacional para que aquele grupo permanecesse no poder. Naquele sangramento que foi a crise do mensalão, Lula é reeleito e, a partir daí, muda o pacote. Eles passam a impor o gasto desmedido. O governo passa a se endividar a rodo e gastar dinheiro porque isso vai fazer girar a roda da economia", asseverou.

"Subsídios são distribuídos a granel. Empréstimos feitos, recursos para o BNDES que são concedidos a juros subsidiados aos que ficaram conhecidos como campeões nacionais. Quem pagava a diferença e quem está pagando? Todos nós. Todos estamos pagando pelos desmandos que aconteceram", frisou Mourão.

"Uso da Caixa Econômica e as famosas pedaladas. E teve o impeachment de Dilma devido ao maior desastre financeiro da história de nosso país. É o sexto ano do país no vermelho. A luta titânica consiste em trazer as contas de novo para o Brasil. Para recuperar o Brasil, temos duas colunas mestras. Uma é ajustar as contas públicas. A outra é a produtividade", explanou o vice-presidente.


Título, Texto e Vídeo: Folha Política, 22-9-2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-