terça-feira, 24 de setembro de 2019

Charada (1 040)

Dionísio foi a casa de um famoso
colecionador com o intuito de lhe
vender uma valiosa moeda antiga.
A moeda era de prata e apresentava a
esfinge do imperador Augusto
e, nas costas, a frase “Sestércio 150 a. C.”,
escrita em caracteres romanos.


Contudo, depois de analisar
cuidadosamente a moeda,
o colecionador, em vez de a comprar,
decidiu chamar a polícia.
Por quê?

2 comentários:

  1. Pela data: Antes de Cristo não se podia saber que se estava Antes de Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente!

      “A moeda era uma falsificação de um sestércio romano, pois não poderia indicar ‘Augusto 150 a. C.’. Nessa altura, ninguém sabia que Cristo iria nascer, para além de que Augusto ainda não era imperador.”

      Excluir

Não aceitamos comentários "anônimos".

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-