terça-feira, 3 de novembro de 2015

Catarina Martins deve ser PM

Vitor Cunha
Descontando a coligação Portugal à Frente, que tendo vencido as eleições está impossibilitada de governar pela alegada existência de um desejo de concretização de um eventual entendimento de um potencial acordo de qualquer forma ou tipo entre os ditos derrotados das eleições, o Partido Socialista foi o vencedor de 4 de Outubro.

Ora, na qualidade de vencedor das eleições frentistas, o Partido Socialista não pode assumir um papel unificador do frentismo popular porque, mantendo o algoritmo base, esse papel cabe, naturalmente, ao segundo classificado das forças frentistas: ao partido que tem o segundo maior número de deputados na Frente Popular e que pode garantir a maioria parlamentar contra a direita nojenta, caso o PS não alinhe com esta. Aliás, não existe melhor forma do Bloco assegurar que não é o próximo Sampaio da Nóvoa, o caracol que Costa pisa quando já não precisa de quem arraste visgo anti-cavaquista pela escadaria central.

Após um mês – mais coisa menos coisa – de tentativas de acordo goradas, é óbvio que só há uma solução governativa para Portugal escolhida pelos portugueses: a Frente Popular liderada por Catarina Martins, o segundo classificado das eleições considerando apenas os partidos legítimos pela verdadeira vontade popular. Só 38,36% dos portugueses rejeitaram nas urnas esta solução, votando na direita calceteira, ou seja, uma grande maioria de 61,64% votou, efectivamente, para que Catarina Martins lidere o processo de nos livrar da austeridade para sempre.

Catarina Martins pode negociar à sua esquerda (PS) e à sua direita (PCP) e formar um verdadeiro Bloco Central da Esquerda (BCE). Está na altura de Costa perceber que perdeu as eleições e lutar contra isso é fútil. Costa deve aceitar a pasta honorífica de vice-PM do governo liderado por Catarina Martins e participar, em verdadeira união, na construção de uma alternativa de esquerda, que o país bem precisa. 
Título e Texto: Vitor Cunha, Blasfémias, 3-11-2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!) isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-