quarta-feira, 30 de agosto de 2017

[Versos de través] Namoro-a em silêncio; ela não sabe

Almir Papalardo

Tipo mignon, meiga e delicada
Um botãozinho em flor, uma gracinha
Muito formosa, muito bonitinha
Possui sem dúvida encantos de uma fada.

Muito jovem ainda, porém já mocinha
Possui encantos com ares de rainha
Se a conhecesse alguma princesa admirada
Ficaria por certo com raiva e despeitada.

Perto de ti fico tímido, imóvel e calado
Me quedo mudo, inerte e derrotado
Nada falo, fico estático, com a face corada.

Queria dizer que em ti tudo me encanta
Mas as palavras não saem, morrem na garganta
E minha boca fala, fala e não diz nada.

Título e Texto: Almir Papalardo, 29-8-2017

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-