sexta-feira, 18 de maio de 2018

[Versos de través] E daí que não é sábado? Serve para relaxar e falar de minha...

Vocação?

Paizote Marques

Ao ver... toda castiça,
estendida no varal....
as calçolas da noviça
o frade sentiu-se mal

Tomado não sei do quê?
Um calor libidinoso.
O futuro santo moleque,
sentiu-se pecaminoso.

Correu para o banheiro,
pra na água se purgar.
Lavando-se por inteiro,
sem aquilo ver passar.

E eis que num supetão,
aquele simples padreco,
achou novo uso pra mão,
e quase teve um treco!

Naquele exato momento
sua vocação teve fim!
Onde isto é proibido,
não há lugar para mim!
Título e Texto: Paizote Marques, 17-5-2018

Anteriores:

3 comentários:

  1. Coitado do padreco!

    que triste e infausto momento...
    Antes de pensar no SIM,
    sentiu-se o pobre inibido
    Como Adão em seu jardim

    morreu gozando na sofreguidão que imprimiu ao treco!

    Foi mal
    Aparecido Raimundo de Souza, 65 anos. De Jundiaí, São Paulo.

    ResponderExcluir
  2. Bom Paizote! O humor revigora! Porém Este “pitaco” no verso dos outros não pega bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verso dos outros???
      Perdão amigo , mas os versos são meus tenho para maios de 200, apenas limito a publicação ,pois acredito que poesias podem ser interpretadas como alienação .Me sinto como Maria Antonieta , que ofereceu brioches ao povo...povo quer pão.

      Abraços

      Paizote

      Excluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-