terça-feira, 9 de outubro de 2018

[Foco no fosso] Positivos + negativos = esperanças

Haroldo Barboza

Os resultados do 1º turno das eleições brasileiras de 2018 oferecem farto material para diversos temas sobre o futuro cenário de nossa sociedade. Durante uns três meses, teremos dezenas de analistas políticos nos oferecendo diferentes versões para nossa análise.

Na condição de “analista” popular (palpiteiro), vou resumir minhas conclusões.

POSITIVOS
- Com advento do WhatsApp, milhares de acomodados foram despertados da letargia “global” e, de alguma forma, participaram do processo;
- diversos “caciques” de antigas quadrilhas que legislam contra nós deixaram de ser reeleitos;
- diversos meliantes perderam o foro privilegiado;

- haverá maior pulverização de lideranças no legislativo;
- muitos institutos de pesquisas passaram vergonha com suas “projeções” (3% para mais ou para menos chegaram a 50%) calcadas em antigas fórmulas. Erraram por incompetência, negligência ou conveniência?

NEGATIVOS
- processo biométrico de votação não foi bem planejado e provocou irritantes filas em diversas seções;
- bem como redução de pontos de votação (“redução” de cargos comissionados, nem pensar);
- centenas de urna-E (fora as de municípios longe do foco) tiveram problemas “pontuais”(?) ocasionados por “falhas mecânicas”(?);

- denúncias documentadas sobre situações “estranhas” das urnas-E não foram anunciadas pela mídia pesada;

- dos 39 deputados (RJ) que votaram pela soltura de Picciani, 12 foram reeleitos;

ESPERANÇAS
- dia 28 de outubro expurgaremos o candidato da quadrilha que arrebentou com a Petrobras e outras entidades;
- o governo do RJ não será entregue a quem participou da criação da dívida (“legado”) referente à Copa de 2014 e da “olim...piada” de 2016;

- os eleitores acomodados vão aprender a acompanhar mais de perto as ações dos eleitos;
- no próximo pleito as urnas-E terão recibo impresso para posterior conferência eventual;

- um candidato com menos votos não será empossado pelo “puxador” de votos de seu partido;
- pelo menos dez “partidos” serão extintos (ainda é pouco, mas é um começo);

- Juiz Moro vai julgar uns dez ou quinze que perderam o foro privilegiado! Vai conseguir recuperar parte da grana?
Título e Texto: Haroldo Barboza, 9-10-2018

Anteriores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-