quinta-feira, 20 de agosto de 2020

‘Crime contra o Brasil’, diz Guedes sobre reajuste para o funcionalismo

Senado decidiu conceder aumento salarial a servidores públicos durante a pandemia de coronavírus

Cristyan Costa

O ministro da Economia, Paulo Guedes [foto], reagiu na noite da quarta-feira 19 à decisão do Senado de permitir reajuste salarial a servidores públicos durante a pandemia de coronavírus.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pegar dinheiro da saúde e permitir que se transforme em aumento de salário para o funcionalismo é um crime contra o país”, declarou Guedes em entrevista coletiva. Engessar os rendimentos da categoria até o fim de 2021 foi uma contrapartida definida pelo governo, como resultado de um acordo, para o pacote de socorro de R$ 60 bilhões a Estados e municípios, cujos cofres foram abalados financeiramente pela covid-19.

Injetamos muitos recursos na crise da saúde. E o Senado deu um sinal muito ruim permitindo que o dinheiro destinado à epidemia possa se transformar em aumento de salário. Isso é um péssimo sinal. Temos que torcer para a Câmara conseguir segurar a situação”, afirmou Guedes.

Assim sendo, o governo espera que a medida aprovada pelos senadores seja derrubada pelos deputados. Conforme o ministro, se o reajuste for ratificado, há risco de os cofres púbicos perderem R$ 120 bilhões. Na iniciativa privada, milhões de trabalhadores tiveram seus contratos suspensos e salários reduzidos.

Título e Texto: Cristyan Costa, revista Oeste, 20-8-2020, 6h40

2 comentários:

  1. Marco Polo Gerard Bondim20 de agosto de 2020 11:53

    Infelizmente, de um Senado composto de corruptos, ignorantes e politiqueiros, não se pode esperar nada diferente de atuar com o fígado, quando se percebe claramente a indicação da sociedade que mudanças estão por vir.

    Tentam segurar o máximo de possíveis eleitores, e o grupo de servidores públicos, boa parte apenas aparelhando o Estado justamente para fins eleitoreiros, é, sem dúvida, um dos seus grupos alvos.

    ResponderExcluir
  2. Mais uma demagogia irresponsável com o dinheiro alheio!

    ResponderExcluir

Não aceitamos/não publicamos comentários anônimos.

Se optar por "Anônimo", escreva o seu nome no final do comentário.

Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-