quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Nosso amigo Haroldo Barboza cria petição em prol do voto impresso

Desejamos transparência e segurança

Haroldo P. Barboza

A “onda” Bolsonaro acendeu um estopim cívico capaz de realizar milagres entre nossos habitantes. Diversos ratos do poder perderam seu espaço mais rapidamente ao insistirem em ataques fúteis (até pessoais) a um sujeito imbuído em nos ajudar a dar um rumo decente ao nosso país que há dezenas de anos deriva no mar do podre poder.

Não podemos perder este embalo. As forças do bem devem unir-se com fé para evitar que malfeitores de canetas (e eventualmente de pistolas e facas) arquitetem falcatruas para mudar o rumo que se descortina para nosso futuro.

Por isto, os convido a participarem deste manifesto em busca de uma ferramenta simples que o TSE há mais de quinze anos reluta em usar para dar credibilidade elevada aos pleitos que comanda: uma simples impressão de votos para posteriores conferências pontuais.

Registrem a nossa vontade de clareza neste evento que agita nossa sociedade que, lentamente vai saindo da letargia em que foi deliberadamente mergulhada por décadas pelas raposas sedentas por nossas divisas.

Alguns céticos podem afirmar que neste momento não cabe tal coleta de assinatura pelo exíguo tempo que temos até à realização do 2º turno das eleições de 2018.

Então, me permitam ilustrar três argumentos para incentivar a todos que estão ao seu redor (física ou virtualmente).

1 – Usando meus contatos (83) de WA, consegui em seis horas a adesão de trinta e quatro pessoas. Neste tempo, o total de assinaturas passou de 8.925 para 12.693 agora, 9 de outubro, 19h58). E vou editar no face para quase duzentos colegas.

2 – Usando este espaço democrático do Jim (edita até minhas emotivas ideias), navegado por milhares de lúcidos formadores de opinião, dentro de cinco dias poderemos chegar a milhões de assinaturas!

3 – Faltando três dias para a votação do primeiro turno, um candidato a Governador do Estado do Rio de Janeiro possuía menos de 2% de prováveis eleitores. Neste curto espaço de tempo ele terminou o 1º turno na liderança com mais de 40% dos votos válidos.

Portanto, não devemos subestimar nossa força. Se for bem canalizada, conduziremos a cruzada cívica voltada a extirpar as células danosas que deixam nossa nação adoentada.

Não escrevi mais para que no próximo minuto você deixe a sua assinatura no endereço citado acima. Por nossos herdeiros.
Título e Texto: Haroldo P. Barboza, 9-10-2018

Petição para voto impresso no segundo turno 2018

Para: JUÍZES FEDERAIS, TSE, STJ, STF, CÂMARA DOS DEPUTADOS, SENADO FEDERAL

Verificamos que nas urnas de todos os estados brasileiros houve fraude, como também, de fato, adulteradas.

Muitas pessoas apertaram na opção para presidente o número 1 e de imediato aparecia o número 13 referente ao partido do PT. Em contrapartida, outras urnas não tinham a possibilidade de votar para presidente, pois não havia essa opção.

A vontade da população brasileira é soberana e inquestionável perante a Constituição Federal para decidir em meios do exercício da participação direta do povo cujos instrumentos são plebiscito, referendo e iniciativa popular.

Então, peço, por gentileza, que por meio da iniciativa popular reunindo as assinaturas necessárias conforme a lei, consigamos de maneira democrática ter como Presidente da República Federativa do Brasil aquele que ganhar por maioria dos votos impressos.

Um comentário:

  1. Uma correção! Eu não criei a petição. Apenas estou apontando o link para chegar a ela (o mais rápido possível). O tempo urge.

    ResponderExcluir

Por favor, evite o anonimato! Mesmo que opte pelo botãozinho "Anônimo", escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, (Não grite!), isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
Abraços./-